3 Dicas Para Lidar Com A Vontade De Doces Na Low-Carb

Hoje vamos responder a uma pergunta muito comum que recebemos.

Ela é a respeito de como lidar com a vontade de doces na dieta Low-Carb (principalmente à noite).

Nós aproveitamos a pergunta para gravar um vídeo com a resposta.

Mas, se você prefere ler, tudo o que dissemos no vídeo está escrito abaixo.

(E, se prefere vídeos, aproveite para se inscrever no nosso canal.)

Como dissemos, hoje a gente vai responder uma pergunta muito comum que recebemos de alguns leitores nossos.

É a respeito da questão da compulsão por doces, principalmente no início das dietas low-carb.

É verdade que a compulsão alimentar é um problema bem sério, que muitas vezes tem de ser tratado com ajuda profissional, inclusive de psicólogos, coaches e outros profissionais qualificados.

Por isso, aqui a nossa ideia não é diagnosticar nem tratar ninguém.

A gente só vai passar as dicas que a gente achou úteis para lidar com aquela vontade de doce fora de hora, que todo mundo sente – às vezes, até a gente mesmo.

E o que pudemos perceber lendo os e-mails que recebemos, ou mesmo vendo comentários nas mídias sociais, é que essa vontade de doces se manifesta ao longo do dia todo – mas que ela é mais comum após o jantar.

Então, vamos ver algumas dicas que nós mesmos utilizamos para lidar com esse problema.

Dica para lidar com vontade de doces #1: Sobremesas low-carb

dieta low-carb: cardápio, dicas, receitas e tudo o que você precisa para começar a emagrecer e ter saúde ainda hoje!

A dica número 1 diz respeito a substituir as sobremesas tradicionais por sobremesas low-carb.

Isto é, ela consiste em trocar aqueles pratos que seriam cheios de açúcar, às vezes também de farinha e outros alimentos e nutrientes que não estão alinhados com sua dieta de baixo carboidrato por uma alternativa melhor.

Você pode utilizar adoçantes naturais no lugar do açúcar, como por exemplo Stevia ou Xilitol, e fazer um delicioso brigadeiro em versão low-carb (falamos mais sobre ele daqui a pouco).

Ou mesmo não usar adoçante nenhum e utilizar comidas mais próximas de comida de verdade e baixo carboidrato, como coco ralado e chocolate 85% cacau para fazer uma barrinha de prestígio, por exemplo.

Uma coisa legal dessas receitas é que elas muitas vezes são fáceis de fazer, como bolinhos, brigadeiros, barrinhas.

São todas simples e ao mesmo tempo elas ficam com o sabor muito parecido dos seus equivalentes tradicionais.

É importante ressaltar que o sabor e a textura nunca vão ficar 100% iguais, mas isso não precisa ser um problema.

Até porque muita gente inclusive prefere as novas versões – por exemplo, nós mesmos achamos mais saboroso o brigadeiro low-carb (que ensinamos a fazer aqui nesse vídeo) do que o brigadeiro tradicional.

Outras pessoas talvez com um paladar não tão acostumado não vão gostar tanto assim no começo da dieta low-carb – porque na alimentação ocidental tradicional estamos acostumados a um excesso de açúcar e do gosto doce em nossos quitutes.

Mas é importante ressaltar que não é corretor você basear sua dieta low-carb em uma sucessão de doces low-carb.

Porque, obviamente, isso não é ideal.

Em vez disso, é interessante sim utilizar esses doces como uma ferramenta para te ajudar nesse processo de transição entre a alimentação que você estava acostumada (isto é, uma alimentação com esses ingredientes processados e refinados), para uma alimentação sem eles: uma alimentação baseada realmente em comida de verdade.

E é nisso que acreditamos quando fazemos as receitas: em fornecer essas opções que possam te ajudar nessa caminhada, ainda mais nesse momento de transição.

Dica para lidar com vontade de doces #2: Bebidas Low-Carb Saborosas

vinho low carb, vinho rose, vinho branco, vinho tinto, dieta, emagrecer, saude, melhores vinhos

Já a segunda dica é muito simples.

Ela consiste em utilizar uma bebida de que você gosta – e que seja low-carb –  como maneira de substituir o doce.

(Como nosso famoso Smoothie Maravilha, por exemplo.)

A gente já falou em um outro texto sobre como a gente às vezes utiliza uma taça de vinho tinto seco para substituir aquela vontade de doce.

Até porque muitas vezes apenas o ritual de parar e apreciar alguma coisa após o jantar já ajuda a passar os sentimentos de ansiedade, compulsão e vontade de alguma coisa doce que não está alinhada com a sua dieta.

Mas é claro que, além do vinho, também existem outras bebidas saborosas que você pode usar para fazer essa substituição.

Mesmo porque muita gente não é fã de vinho – ou também não vai ficar querendo ingerir bebidas alcoólicas todas as noites… afinal, a última coisa que você quer é trocar um vício pelo outro né?

Você não vai querer trocar o vício por doce pelo vício por álcool ;)

Sendo assim, uma outra alternativa que não contém álcool – e, claro, nem carboidratos – é o chá.

Sendo que existem diversos sabores de chá que são muito gostosos – alguns naturalmente bem docinhos – e todos totalmente saudáveis, com virtualmente nenhuma caloria.

Essa dica é excelente para depois do jantar: nós inclusive temos o hábito de tomar uma xícara de chá enquanto vai ler algum livro para relaxar após o jantar e se preparar para uma boa noite de sono.

No entanto, se a vontade de doce bater no meio da tarde, nossa opcão favorita se torna tomar um cafezinho tipo espresso.

Às vezes adicionamos creme de leite fresco ao café, às vezes não… mas o que conta é que ele tem a intenção de ajudar a passar a vontade de doce e, pelo menos para nós, realmente funciona.

Dica para lidar com vontade de doces #3: Escovar os Dentes

Por fim, uma alternativa que pode parecer até “boba” de tão simples.

(Mas por que uma coisa simples não poderia ser igualmente boa?)

E essa alternativa é simplesmente, logo após o jantar, ir escovar os dentes.

Isso porque, muitas vezes, a própria sensação de refrescância que temos depois de escovar os dentes já tira um pouco a vontade de doce…

E, além disso, ela joga a favor da sua psicologia – porque, seja por hábito ou por preguiça de escovar os dentes novamente depois, você já se compromete mentalmente a não comer um doce após executar esse ritual.

Por isso, repetimos: pode parecer bobo… mas funciona.

[Relacionado] Como Fazer Os Desejos Por Doces Desaparecerem (dica #2)

Conclusões e Palavras Finais

dia do lixo,dieta,emagrecer,saúde,slow carb,gala,dukan

Hoje passamos 3 das nossas medidas favoritas para lidar com a vontade de doces.

Nós esperamos que você tenha gostado dessas dicas que, embora simples, já nos ajudaram muito nessa caminhada – e que, por isso, podem ser úteis para outras pessoas também.

E uma coisa é certa: conforme você tiver progresso na dieta low-carb, você provavelmente observará que, após esse período de transição (que com certeza é o mais difícil), essa vontade/compulsão intensa por doces tende a ir diminuindo com o tempo.

Por isso que é comum ouvir dizer que o mais difícil na dieta low-carb é o início dela.

E certamente, apesar desses pequenos sacrifícios ao se iniciar a dieta, essa mudança positiva de alimentação vale muito à pena.

Porque é ela que te leva a uma vida com mais saúde, mais disposição e mais liberdade.

Então, esperamos que as dicas de hoje tenham sido úteis para você.

Se foram, sinta-se à vontade para comentar aqui embaixo e contar a sua história.

E compartilhe este texto com alguém que você sabe que deseja viver uma vida mais saudável, mas que está lutando contra a vontade de doces.

Porque um pequeno gesto da sua parte pode fazer uma grande diferença para essa pessoa :)

Um forte abraço,

– Senhor Tanquinho.

  • Inês Costa

    Show

  • Esperamos que elas sejam úteis pra você!

  • Ola Zó!

    Se as frutas estiverem no seu plano alimentar, sem problemas. Se não tiverem, talvez seja uma boa tentar usar as dicas para evita-las :)

  • Ola Zó!

    Realmente qualquer tipo de whey ou proteína processada não estão muito de acordo com o conceito Paleo.

    Porém, principalmente no caso da proteína isolada, não acho ela vá trazer impactos negativos, muito pelo contrário, se o objetivo for o ganho de massa magra o whey é uma ótima opção.

    Claro que o ideal na filosofia paleo seria obter essa quantidade de macronutrientes por meios naturais, porém o whey é uma boa opção no dia a dia corrido.

  • Oi Patricia! Ficamos felizes que tenha gostado

    Isso varia de pessoa para pessoa. Por experiência própria eu diria que em cerca de 5 a 7 dias a vontade por doces já é bem menor do que no começo da dieta… Mas vai de cada um

    Abraços

  • Angélica goulart

    Obgada meninos…❤e parabéns por responder as nossas duvidas..pois muitos so querem os joinhas e nao da atencao a nos seguidores..parabéns pela humildade vcs vao longe 👍👍👍👍👍👍👍👍👍

    • Oi Angélica!

      Nós que agradecemos. Muito bom ter leitores assim interessados no assunto

      Abraços!

  • Olá Dirce! É um prazer tê-la por aqui novamente

    Obrigado pelo relato, com certeza irá inspirar mais pessoas a comerem comida de verdade.

    Comentários assim mostram que é totalmente possível viver longe de doces sem sentir vontade deles, além de mostrar também que isso não significa obrigatoriamente ficar sem eles para sempre

    Abraços!