Dieta Cetogênica: As Únicas 5 Dicas Que Você Precisa Para Ter Sucesso

“Dieta cetogênica emagrece.

É saudável.

E pode te fazer se sentir bem disposto, feliz e energizado, enquanto mantém a melhor forma da sua vida.”

Tudo isso é verdade.

Porém… não para todo mundo.

Por quê?

Porque existem erros comuns que muitos iniciantes cometem.

E que os impedem de atingir os verdadeiros benefícios da dieta cetogênica.

Por isso, neste artigo, eu vou te dar 5 dicas essenciais para o seu sucesso com essa estratégia alimentar.

E ainda uma dica bônus: que pode ser justamente a diferença entre o sucesso e o fracasso da sua dieta cetogênica.

Sendo assim, ligue sua atenção completa neste momento.

Porque, ao terminar a leitura deste texto, você terá todas as dicas necessárias para fazer uma dieta cetogênica da maneira certa.

Que te ajuda a atingir os objetivos que você deseja: seja de começar sua jornada de perda de peso, seja de eliminar os últimos quilos.

Passando por todo um espectro de benefícios de saúde que você pode colher.

Vamos ver agora quais são essas cinco dicas.

Dica #1 Para Ter Sucesso Na Dieta Cetogênica: Começar Agora

É muito comum surgirem dúvidas sobre a dieta cetogênica quando se está começando.

Afinal de contas, existem vários pontos sutis a considerar como o consumo de:

e muito mais.

Porém, as bases da dieta cetogênica são bem claras.

Tanto é que você pode começar já na próxima refeição.

Pois basta você colocar no seu prato:

E você já estará no caminho certo para começar essa estratégia.

Depois você vai lendo os outros artigos aqui do site para encontrar as respostas para suas perguntas.

E ajusta o que for necessário.

Mas as bases da dieta você já pode começar hoje.

Então não precisa ficar esperando os planetas se alinharem…

Ou o dia certo chegar…

Porque o dia certo simplesmente não existe.

O dia certo de começar a cuidar da sua saúde é hoje —  e o momento certo é agora.

Resumindo: Aprender sobre a dieta cetogênica é uma jornada.

Mas começar a comer comida de verdade, pobre em carboidratos, é uma ação simples que já te coloca no rumo certo.

Preparamos uma lista de compras para te auxiliar nesse começo. Clique aqui para ler e baixar grátis.

Dica #2 Para Ter Sucesso Na Dieta Cetogênica: Não Temer O Sal

Se você for seguir a dica #1 e começar agora, você vai comer comida de verdade.

E você provavelmente não precisa ficar contando os carboidratos nesse primeiro momento.

Mas mais ainda: você também não precisa ficar contando os miligramas de sódio que ingere.

Muito menos pesando o sal para colocar na sua comida.

Porque você não precisa ter medo do sal.

Pois a verdade é que, se você é um adulto saudável, você não precisa controlar artificialmente o consumo de sal.

(É claro que se você tem hipertensão, diabetes ou alguma outra enfermidade, fale com o seu médico antes.)

Aliás, fale sempre com o seu médico — mesmo se você for saudável.

Até porque eu aposto que ele vai adorar saber que você está começando um novo estilo alimentar, em que você:

  • consome vários vegetais,
  • come comida não processada,
  • evita o açúcar,
  • evita os óleos vegetais refinados,
  • evita as gorduras trans.

E não fica deficiente em nenhum nutriente.

Então fale com ele: porque ele vai te dar os parabéns pela atitude!

(E, quando ver seus exames, vai te dar mais parabéns ainda.)

Mas, voltando ao tópico do sal: ele é especialmente importante na dieta cetogênica.

Especialmente nos primeiros dias.

Pois é quando você vai desinchar bastante, eliminando a retenção de líquido.

Isso é bom — esse desinchaço inicial anima muitas pessoas.

Porém, junto com a água retida, vão embora também alguns sais minerais.

E, se você repor apenas a água, e não os sais minerais, você pode ter alguns sintomas bem ruins — a chamada gripe low-carb.

Nela, você pode sentir fraqueza, cansaço, dor de cabeça… e pode até mesmo desistir da dieta.

Não queremos que isso aconteça.

Até porque tudo seria solucionado de maneira muito simples: ingerindo um pouco mais de sal.

Sendo assim, não tenha medo do sal.

Pois ele vai te ajudar a passar pelos primeiros dias de maneira muito mais prazerosa e agradável.

Resumindo: Não tenha medo do sal — ele pode ser seu aliado, especialmente nos primeiros dias de dieta.

Saiba mais sobre o sal lendo esta entrevista com o nutri João Gabriel.

Dica #3 Para Ter Sucesso Na Dieta Cetogênica: Evitar Ter Porcarias Em Casa

Essa dica pode parecer fácil à primeira vista.

Mas pode ser bem difícil de ser seguida — especialmente se você mora com outras pessoas, ou se tem crianças em casa.

Porém, tenha sempre em mente o seguinte.

O fato de que você provavelmente vai ter vontade de comer doces (e outras coisas “proibidas” na dieta) uma hora ou outra.

Porém, você tem muito menos chance de devorar uma barra de chocolate depois do jantar se você:

  • estiver de pijama, e tiver que se vestir,
  • pegar o carro,
  • ir até o mercado e comprar a barra de chocolate,
  • voltar para a casa e aí então comer seu chocolate.

Em comparação com o cenário de você já ter essa barra de chocolate guardada em casa.

Isso é uma simples realidade, baseada na nossa psicologia — uma questão de esforço e recompensa.

Porque nós temos muito menos bloqueio mental em realizar as tarefas que estão mais a nosso alcance.

Ou seja, se você guardar em casa um monte de “porcarias”, e comidas ricas em carboidratos refinados e hiper palatáveis…

É bem mais provável que você acabe saindo da dieta quando bater aquela vontade de carboidratos à noite.

Porém, se você em chegar em casa e tiver apenas bons alimentos para sua saúde…

Como uma refeição low-carb já pronta…

Ou então uma diversidade de apenas alimentos cetogênicos fáceis de preparar…

De acordo com o seu cardápio cetogênico

Vai ser muito mais fácil se manter no plano.

Então, tenha na sua geladeira apenas comida de verdade, alinhada com seu objetivo.

E transforme a sua casa em um ambiente que facilite seu sucesso.

Resumindo: Tire da sua casa as comidas ruins para sua dieta.

Se você não sabe quais são bons alimentos para manter em casa, esta lista de alimentos proibidos e permitidos vai te ajudar.

E lembre-se sempre: uma dieta de sucesso começa na hora de fazer o mercado.

Pois é lá que você efetivamente escolhe sobre o que vai ter para comer dentro da sua casa.

Dica #4 Para Ter Sucesso Na Dieta Cetogênica: Comer Até A Saciedade

Em uma dieta cetogênica bem feita, você não precisa passar fome para emagrecer.

Na verdade, você tem bem mais chances de sucesso se NÃO estiver faminto o tempo todo.

Sendo que uma restrição artificial das suas calorias — como acontece em muitas dietas tradicionais para perda de peso — pode ter um “efeito rebote” negativo.

Porque ao fazer isso, a tendência é que você fique com fome o tempo todo.

Sempre pensando em comida e esperando a próxima oportunidade de comer.

O que pode gerar até mesmo um certo grau de “compulsão” — o que aumenta cada vez mais suas chances de sair da dieta.

E o que acontece nesses casos é o seguinte.

Como você não contava com um “plano para emergências”, aumentam as chances de uma exceção desencadear uma sucessão de “jacadas”.

E você ainda vai acabar se sentindo mal por estar comendo tantas coisas ruins para você.

Então evite ao máximo passar fome.

Dessa forma, é provável que você acabe reparando que sua vontade de doces — e mesmo de carboidratos no geral — diminui com o tempo.

Resumindo: A dieta cetogênica não consiste em se matar de fome pouco a pouco.

Provavelmente, se isso está acontecendo, você está tentando colocar restrições demais, ou escolhendo alimentos e refeições que trazem consigo pouca saciedade.

Mas agora é hora de fazer duas observações importantes.

Observação #1 — Não precisa nadar na gordura

Se, por um lado, você não deve passar fome na dieta cetogênica…

Por outro lado, você também não precisa exagerar na comida.

Isso é: você não deve comer até “sair rolando” a cada refeição.

O ideal é que você aprenda a ouvir os sinais do seu corpo — e entenda quando já está saciado e é hora de parar.

Porque o seu corpo quer te ajudar a chegar a um peso saudável.

Então ajude-o: coma até a saciedade, mas não precisa se forçar a comer em excesso.

Alguns alimentos que aumentam as chances de comer em excesso incluem cafés gordurosos (como o café à prova de balas), queijos e oleaginosas.

Observação #2 — Sobre calorias e o set point natural do corpo

Seu corpo quer emagrecer e ser saudável — assim como você.

Mas, infelizmente, ele só quer emagrecer até certo ponto.

Um ponto em que ele fica com peso estável, e você fica com um físico que seria considerado normal e saudável.

Para quem está começando, e tem muitos quilos a perder, essa proposta parece um sonho, não é mesmo?

No entanto, é válido notar o seguinte.

O de que esse ponto normalmente não chega a ser tão “definido” quanto aqueles físicos tipo “corpo de modelo” ou “capa de revista”.

Isso porque, durante nossa evolução, desenvolvemos mecanismos para garantir nossa sobrevivência mesmo na ausência de comida.

E adivinha qual é um desses mecanismos?

Armazenar energia na forma de gordura.

E ter um pouco a mais de gordura do que o necessário (não dezenas de kg a mais, mas um pouco a mais) tinha várias funções durante a nossa evolução.

Pois o tecido adiposo pode insular contra o frio, ajudar a absorver choques mecânicos, e prover energia caso você fique longos períodos sem comida.

Ou seja: o seu corpo quer que você esteja saudável.

Desde que possa contar com algumas reservas energéticas para momentos de dificuldade.

Portanto, se você já estiver em um peso que seu corpo considera saudável, ele dificilmente vai querer que você emagreça mais.

(Esse ponto é o chamado set point. E depende de vários fatores — como sua genética, sua resistência à leptina, e muito mais.)

Quando chegar a esse ponto, você vai precisar fazer um esforço extra se quiser emagrecer mais.

Para exemplificar, vamos usar o caso do Guilherme, cofundador aqui do site.

Atualmente, quando eu como comida de verdade até a saciedade, não ganho e nem perco peso — eu o mantenho.”

Isso acontece porque o corpo do Guilherme julga que seu peso atual é um peso saudável.

E o Guilherme está ouvindo os sinais do corpo, e comendo só até a saciedade.

“Porém, eu me lembro de quando comecei a dieta — há mais de 6 anos.

Eu estava bem acima do peso. E foi muito fácil emagrecer comendo até a saciedade.

Era como se eu fosse um boneco de neve em uma sauna, e a gordura fosse derretendo — o peso simplesmente ia embora!

E eu nem acreditava que poderia comer tanto e ainda assim emagrecer.”

E por que isso acontecia?

Porque, antes da dieta, o Guilherme comia muita comida processada, muitos carboidratos refinados, pouquíssimas gorduras boas, pouca fibra, pouca proteína

E, assim, seu corpo nunca sabia o que era saciedade de verdade.

Porém, assim que ele adotou uma dieta low-carb, comendo alimentos de verdade, ele reaprendeu a ouvir os sinais do corpo.

E aí acabou sendo até fácil emagrecer.

Até um certo ponto.

“Hoje em dia, se eu quiser emagrecer mais, se eu quiser queimar ainda mais gordura, e ficar ainda mais definido, eu preciso de um esforço consciente — como o de contar calorias.”

Resumindo: se você tem bastante peso a perder, e acha que seu corpo não está com o peso que deveria estar…  então provavelmente seu corpo acha isso também.

Portanto, aprenda a escutar e obedecer os sinais do seu corpo e ajude-o a eliminar o peso.

Evite ficar com muita fome, e procure comer sempre até a saciedade.

Sem exagerar para o outro lado e comer até sair rolando.

(Isso fica mais fácil de ser feito se você souber fazer boas escolhas no seu cardápio cetogênico diário.)

Sendo assim, aprenda a ouvir os sinais do seu corpo — ele quer ser saudável tanto quanto você.

Se quiser objetivos além de um corpo saudável, você vai precisar adotar técnicas mais avançadas para eliminar as últimas gorduras teimosas.

Mas, enquanto não chegamos lá, você provavelmente você não precisa passar fome.

Pois a dieta cetogênica tem tudo para te manter saciado 100% do tempo enquanto você emagrece.

Dica #5 Para Ter Sucesso Na Dieta Cetogênica: Experimentar Novos Alimentos

Vamos começar essa quinta dica falando algumas verdades:

  1. nós sabemos que você provavelmente gosta de batata frita;
  2. nós sabemos que você provavelmente gosta de cerveja;
  3. nós sabemos que você gosta de tomar leite com achocolatado pela manhã;
  4. devorar um balde de pipoca quando vê um filme; e
  5. comer uma bela sobremesa após o jantar.

Mas nós também sabemos que você precisa parar com esses hábitos se quiser emagrecer e ter mais saúde.

Porque parte da responsabilidade de qualquer pessoa adulta é justamente fazer não só aquilo que você quer.

Mas também o que é importante para você — principalmente se você quiser ter algum resultado.

Então nossa dica é que você ouse experimentar alimentos novos.

E até mesmo dar uma nova chance para alimentos que você já experimentou no passado mas não gostou.

Assim você encontra, dentre os alimentos permitidos na cetogênica, aqueles que você gosta mais — e pode aumentar o consumo deles.

E pode ficar tranquilo(a): porque tem muita coisa boa nessa dieta.

De modo que não vai parecer uma restrição e nem tem de ser algo sofrido.

Pois, além de bifes bem feitos, omeletes de forno, bacon e torresmo…

Existem muitas outras receitas low-carb e cetogênicas que podem te ajudar.

Desde pizza e pastel… até quindim e brigadeiro.

Então, não precisa ter medo.

Até porque sua percepção de sabor evoluir.

E mudar ao longo do tempo.

Você vai evoluir

O seu paladar vai se acostumar com sua nova alimentação.

Por exemplo, você pode começar a dieta gostando de algumas sobremesas bem doces…

Mas, depois de um tempo, pode perceber que não gosta mais tanto assim desse dulçor exagerado.

Ou pode começar a dieta odiando café sem açúcar…

Mas ir se acostumando ao gosto forte e amargo do café (para isso, você pode inclusive seguir estas dicas para facilitar o processo).

Enfim, é muito interessante ver como o nosso paladar se adapta à nutrição que ele recebe.

Por fim, vale lembrar que você não vai precisar largar determinados alimentos que tanto gosta para todo o sempre.

Ainda haverão oportunidades nas quais você vai poder tomar sua cerveja — ou comer seu pão na chapa, ou degustar aquela sobremesa de que você é fã.

Porque todas essas exceções podem se encaixar perfeitamente no contexto de um dia ou refeição livre.

Afinal, este é um estilo de vida. E o que você fizer durante 90% do tempo é que vai ditar seus resultados.

E não os 10% de exceções.

Resumindo: Para ter resultados com a dieta cetogênica, você vai ter que mudar os alimentos que consome na maior parte do tempo.

Veja a infinidade de alimentos permitidos, escolha os que mais gosta… e não tenha medo de experimentar coisas novas.

Agora eu quero te dar uma dica bônus.

Eu falei que eram só cinco, mas eu vou dar uma sexta dica — de graça!

E vou fazer isso porque ela é muito importante para fazer as outras cinco dicas funcionarem de maneira ainda mais poderosa.

Dica Bônus Para Ter Sucesso Na Dieta Cetogênica: Não Desistir, Mesmo Se Falhar

Essa dica é baseada em uma frase que nós gostamos muito, do famoso boxeador americano Mike Tyson.

E ela diz o seguinte.

Todo mundo tem um plano até levar um soco na cara.”

Ao nosso ver, essa frase faz muito sentido (principalmente se a adotarmos como metáfora).

Porque nós adoramos planejar e imaginar como vai ser o nosso dia a dia na dieta.

Como vamos ser impecáveis nas nossas refeições.

Como vamos ser dedicados na nossa rotina de treinos.

E como a gordura corporal vai indo embora conforme você faz isso repetidas vezes.

E vou confessar: às vezes até imaginamos a trilha sonora do Rocky tocando ao fundo enquanto sonhamos com nossos resultados.

Legenda: adoramos imaginar a nossa transformação assim.

No entanto, na vida real… imprevistos acontecem.

E, uma hora ou outra, pode ter certeza: você vai acabar deixando seu plano alimentar cetogênico de lado.

Sendo que o problema não é isso acontecer — pois, conforme já falamos, o que você faz em 90% do tempo é que vai ditar seus resultados.

Uma única exceção não vai levar à perda de todos os seus resultados com a dieta.

E é claro que você não está aqui pensando em desistir.

Eu já sei de antemão que você é uma pessoa determinada, só por lido até aqui — sendo que 95% das pessoas tem preguiça até de ler o suficiente para aprender sobre como melhorar sua saúde.

Porém, por melhores que sejam as nossas intenções…

Se você está nessa pensando em ser saudável e em forma no longo prazo, adotando uma mudança de estilo de vida…

Saiba que uma hora ou outra vai acontecer algo que vai te tirar do eixo.

Pode ser algum tipo de estresse emocional…

Ou algum imprevisto que quebra sua rotina…

Ou alguma obrigação com o trabalho.

Não importa o que seja: é bem provável que, em algum momento, você saia da dieta ou perca um treino na academia.

Mas é importante que você não perca muito tempo se culpando por isso — e que volte as fazer o que você sabe que é certo o quanto antes.

Porque ficar triste e se lamentar não vai levar a lugar nenhum.

Pior ainda: tem gente que fica tão chateada com esse tipo de situação…

Que acaba desanimando e não conseguindo mais retornar ao plano inicial.

E não é isso que a gente quer para você.

O que queremos que você entenda é o seguinte: não deixe que isso te impeça de continuar.

Porque mesmo se essas exceções e imprevistos acontecerem, elas não vão te impedir de ter sucesso no longo prazo.

E é claro que, se você comer um monte de pão e tomar copos e mais copos de cerveja hoje, amanhã você vai acordar um pouco mais pesado, e se sentindo meio mal.

Mas, se você fizer isso apenas uma vez por mês, e seguir a sua alimentação correta normal nos outros 29 dias, nada de mal vai acontecer.

Você vai ver o peso baixando na balança ao longo das semanas e meses.

Vai ver as roupas ficando mais folgadas.

E a sua silhueta se afinando no espelho.

Os resultados vão aparecer — e você vai ter mais definição muscular, mais energia e mais disposição.

View this post on Instagram

Tem uma frase famosa que diz que “insanidade é fazer a mesma coisa todos os dias e esperar um resultado diferente” . Eu complementaria dizendo que “insanidade é deixar sua autoestima ser determinada pelo número que aparece na balança” . Isso porque a balança não necessariamente reflete a sua saúde . Isso talvez você já saiba . O que você talvez não saiba é o seguinte . Que ela não reflete de maneira direta nem mesmo o seu emagrecimento . Por isso, quando numa dada semana o peso não abaixar… . Tente focar nas outras vitórias . Afinal de contas… a gente está buscando um estilo de vida saudável . E não uma vida de ansiedade . (Nem de insanidade.) . Qual dessas vitórias é a que você mais percebe em você? comenta aqui embaixo! . #keto #cetogenica #dieta #lowcarb #lchf #emagrecer #saude #comidadeverdade #senhortanquinho

A post shared by Guilherme e Roney (@senhortanquinho) on

Legenda: os resultados não se limitam à balança.

Porém, esses resultados fantásticos só aparecem se você conseguir se manter na dieta por um tempo razoável — mesmo que cometa algumas exceções no meio do caminho.

A ideia não é forçar exceções.

Mas sim, quando elas acontecerem, saber aceitar e voltar para a rotina o mais rápido possível.

Resumindo: Infelizmente, em algum momento as coisas não vão sair como planejado.

Pode ser que você saia da dieta ou fure um treino na academia…

O mais importante é você entender que essas coisas acontecem, e não se deixar abater.

Quando elas acontecerem, volte o quanto antes para sua rotina de sucesso.

Lembre-se: seus resultados são fruto daquilo que você faz durante 95% do tempo.

Dicas Para Ter Sucesso Na Dieta Cetogênica — Conclusão E Palavras Finais

Neste texto, te mostrei 5 dicas fundamentais para ter sucesso na dieta cetogênica.

O foco foi mostrar que você não está entrando nesse estilo alimentar como uma dieta restritiva.

Que a ideia não é te dar um monte de regras e sofrimentos, para seguir por um período de tempo predeterminado.

E sim entender que você está entrando em um novo estilo de vida!

E em um estilo de vida não tem regras fechadas — e não pode ser tratado como uma prisão.

O que existem são escolhas mais ou menos inteligentes.

E, com essas 5 dicas (mais uma bônus), você tem mais chances de ter sucesso.

Agora, tenho dois avisos rápidos para você.

O primeiro aviso é que postamos essas dicas pela primeira vez no nosso canal do YouTube.

Se você gosta de vídeos informativos para viver melhor, inscreva-se no canal.

Porque postamos um vídeo novo por semana (na quarta-feira, às 20h00). E tentamos responder todos os comentários lá.

Já o segundo aviso é para você que está começando a cetogênica e gostaria de contar com um  apoio extra.

Nós temos um curso em vídeo especificamente voltado para pessoas que desejam saber mais sobre a dieta cetogênica, e ter resultados com esse estilo de vida.

Ele se chama Guia Dieta Cetogênica.

É o nosso curso mais querido, e mais bem avaliado pelos participantes.

Então, se você quiser conhecer e saber um pouco mais sobre ele clique neste link.

As vagas estão abertas neste momento, e será um prazer te receber lá.

De toda forma, além do curso completo, temos diversos recursos e materiais grátis para te ajudar.

(Deixamos os links para eles ao longo do texto — você chegou a ver?)

Dentre eles, temos:

  • listas de compras exemplo,
  • cardápio exemplo de sete dias,
  • lista de alimentos permitidos,
  • tabela com a quantidade de carboidratos dos alimentos,

E muito, muito mais.

E é claro que todos eles — e mais vários bônus exclusivos — estão incluídos no curso completo.

Esperamos que este artigo tenha te ajudado na sua evolução com a Dieta Cetogênica.

Pois sabemos que este estilo de vida tem o potencial de transformar muitas vidas — assim como transformou a nossa também.

Qualquer dúvida ou comentário, pode deixar aqui embaixo ou nos mandar um email, combinado?

Um forte abraço,
— Guilherme e Roney, do Senhor Tanquinho.