Você Tem Problemas Na Tireoide? 10 Sinais E Sintomas Comuns De Hipotireoidismo

Tradução, adaptação e finalização por Guilherme Torres e Roney Fernandes. O texto original é do Dr. Matthew Thorpe e está aqui.

10 Sinais Hipotireoidismo – FACETHUMB

No nosso mundo atual, problemas de tireoide são comuns.

Na verdade, aproximadamente 12% das pessoas irá sofrer de algum tipo de função anormal da tireoide em algum momento da vida.

Sendo que mulheres são oito vezes mais propensas a desenvolver um distúrbio na tireoide do que homens.

Além disso, problemas de tireoide aumentam com a idade, e podem afetar os adultos de maneira diferente do que afetam as crianças.

No nível mais básico, os hormônios da tireoide são responsáveis por coordenar a energia, o crescimento e o metabolismo do seu corpo.

Por isso, diversos tipos de problemas podem ocorrer quando os níveis desses hormônios ficam desregulados – sejam eles muito altos ou muito baixos.

O hipotireoidismo, que se caracteriza por baixos níveis de hormônio da tireoide, diminui o metabolismo e atrapalha o crescimento e o funcionamento correto de muitas partes do corpo.

O Que É O Hipotireoidismo?

10 Sinais Hipotireoidismo 1

A tireoide é uma glândula pequena, em forma de borboleta que fica na parte dianteira de sua traqueia.

Se você colocar os dedos nas laterais de seu pomo de Adão e engolir, você sentirá a sua glândula tireoide deslizar sob os seus dedos.

Ela libera os hormônios da tireoide (T3 e T4), que controlam o crescimento e o metabolismo de praticamente todo o seu corpo.

A hipófise, uma pequena glândula no meio da cabeça, monitora sua fisiologia e libera o hormônio estimulante da tireoide (TSH).

Sendo assim, o TSH é como um sinal enviado para a glândula tireoide, para que ela libere seus hormônios.

Às vezes, os níveis de TSH aumentam, mas a glândula tireoide não consegue liberar mais hormônio da tireoide em resposta.

Isso é conhecido como hipotireoidismo primário, já que o problema começa no nível da glândula tireoide.

Outras vezes, os níveis de TSH diminuem e a tireoide não recebe o sinal para aumentar os níveis de hormônio.

Isso é chamado de hipotireoidismo secundário.

Sendo que, em ambos os casos, o hipotireoidismo (ou “baixo hormônio da tireoide”) pode causar diversos sinais e sintomas.

Este artigo irá lhe ajudar a reconhecer e entender esses efeitos.

Sendo assim, aqui estão 10 sinais e sintomas comuns do hipotireoidismo.

Sintoma De Hipotireoidismo #1: Cansaço

10 Sinais Hipotireoidismo 2

Um dos sintomas mais comuns de hipotireoidismo é sentir-se cansado.

O hormônio da tireoide controla seus níveis de energia e influencia sua disposição geral: isto é, se você se sente pronto para tudo, ou pronto para tirar uma soneca.

(Um exemplo disso na natureza são os baixos níveis de hormônio da tireoide que acontecem logo antes da hibernação de alguns animais.)

O hormônio da tireoide recebe sinais do cérebro e coordena células do corpo para que elas alterem seu funcionamento (dependendo do que mais estiver acontecendo em seu corpo.)

As pessoas que apresentam altos níveis de hormônio tireoidiano sentem-se nervosas e agitadas.

Por outro lado, pessoas com baixos níveis de hormônios da tireoide tendem a se sentir cansadas e com moleza.

Em um estudo, 138 adultos com hipotireoidismo sentiram cansaço físico, além de relatarem baixa motivação e cansaço mental.

Indivíduos com baixo hormônio da tireoide sentem-se cansados, mesmo que eles estejam dormindo mais.

Em outro estudo, 50% das pessoas com hipotireoidismo sentiam-se constantemente cansadas, enquanto 42% das pessoas com baixo hormônio tireoidiano disseram que dormiam mais do que costumavam.

Sentir-se com mais sono do que o habitual sem uma boa explicação para isso pode ser um sinal de hipotireoidismo.

Resumindo: O hormônio da tireoide é o acelerador da energia e do metabolismo. Níveis baixos de hormônio tireoidiano podem fazer você se sentir esgotado.

Sintoma De Hipotireoidismo #2: Ganho de Peso

Gordura Teimosa 1.1

Ganho de peso inesperado é outro sintoma comum de hipotireoidismo.

Os indivíduos com hipotireoidismo tendem a se movimentar menos (até por se sentirem cansados mais constantemente).

Mas, além disso, o organismo dessas pessoas também envia sinais para seu fígado, para os seus músculos e para o seu tecido adiposo de que eles devem poupar calorias.

Isso porque o metabolismo muda completamente quando os níveis de hormônio da tireoide estão baixos.

Pois o corpo passa a preferir armazenar as calorias ingeridas na forma de gordura.

Isso faz com que sua taxa de metabolismo basal (a quantidade de energia que você usa quando está em repouso) diminua.

Por causa disso, baixos níveis de hormônio da tireoide podem causar ganho de peso, mesmo se você não estiver comendo mais.

Na verdade, em um estudo, pessoas recém-diagnosticadas com hipotireoidismo tinham em média engordado de 7 a 14 kg por ano desde seus diagnósticos.

Mas antes de culpar a tireoide pelo seu ganho de peso, primeiro considere se outras mudanças no seu estilo de vida não podem ser a causa dele.

Como por exemplo:

Se você parecer estar ganhando peso apesar de uma boa dieta e de um bom plano de exercícios, converse com o seu médico.

Porque isso pode ser o indício de que alguma coisa está acontecendo com sua tireoide.

Resumindo: Hipotireoidismo faz com que seu corpo queira comer mais calorias, e queimar menos – uma combinação que pode levar ao ganho de peso.

Sintoma De Hipotireoidismo #3: Sentir-se Com Frio

10 Sinais Hipotireoidismo 3

O calor é um subproduto da queima de calorias.

Na verdade, seu corpo queima calorias para gerar energia o tempo todo – mesmo quando você sentado ou dormindo.

No entanto, em casos de hipotireoidismo, sua taxa de metabolismo basal diminui, reduzindo a quantidade de calor que você gera, e de calorias que você queima.

Além disso, níveis mais altos de hormônios da tireoide aumentam o seu “termostato interno” por meio da gordura marrom, um tipo de gordura especializado em gerar calor.

A gordura marrom é importante para manter o corpo quente em climas mais frios.

No entanto, num cenário de hipotireoidismo, ela fica impedida de realizar essa função.

É por isso que os baixos níveis de hormônio da tireoide fazem você se sentir com mais frio do que as outras pessoas ao seu redor.

Apesar de existirem variações individuais da sensibilidade ao frio, ficar muito mais sensível ao frio do que o usual ocorre em cerca de 40% dos indivíduos com hipotireoidismo.

Então, se você desde sempre foi mais “friorento”, preferindo ambientes um pouco mais quentes do que as outras pessoas com quem você vive e trabalha, este pode ser apenas um jeito seu.

Mas se você notou estar sentindo mais frio do que o normal ultimamente, isso pode ser um sinal de hipotireoidismo.

Resumindo: Baixo hormônio tireoidiano retarda a produção normal de calor do seu corpo, deixando você com frio.

Sintoma De Hipotireoidismo #4: Fraqueza E Dores Nos Músculos E Articulações

10 Sinais Hipotireoidismo 4.1

Baixos níveis do hormônio da tireoide podem levar seu organismo a entrar em um estado metabólico conhecido por catabolismo.

Nesse estado, seu corpo passa a quebrar tecido muscular para obter energia.

Durante esse processo, há uma diminuição da força (afinal você estará perdendo músculos), o que leva a uma sensação de fraqueza e até mesmo de dor.

É normal que todo mundo se sinta um pouco sem energia, ou mesmo fraco, de vez em quando.

No entanto, cerca de 40% das pessoas com hipotireoidismo relatam se sentirem mais fracas que o usual, contra apenas 20% das pessoas sem essa condição.

Além disso, 34% dos indivíduos com hipotireoidismo apresentam cãibras musculares na ausência de atividade física recente.

Um estudo com 35 indivíduos com hipotireoidismo mostrou que fazer reposição do hormônio da tireoide sinteticamente (com um hormônio chamado levotiroxina) levou a melhora na força muscular e a diminuição de dores e desconfortos.

(Esses resultados, é claro, são relativos à comparação com aquelas pessoas que não receberam nenhum tipo de tratamento.)

Outro estudo mostrou uma melhoria de 25% no bem-estar físico entre os pacientes que receberam o mesmo hormônio sintético.

Por outro lado, é claro que sentir fraqueza e mesmo dor muscular pode ser normal após uma atividade física intensa.

Porém, uma dor ou fraqueza nova, contínua e crescente pode ser um bom indicador de hipotireoidistmo – e um bom motivo para marcar uma consulta com um médico de sua confiança.

Resumindo: Os baixos níveis de hormônio tireoidiano diminuem o seu metabolismo e podem levar a fraqueza, quebra muscular e dores.

Sintoma De Hipotireoidismo #5: Queda De Cabelo

10 Sinais Hipotireoidismo 5

Assim como acontece com a maioria das células do nosso corpo, os folículos capilares (ou folículos pilosos) são regulados pelo hormônio tireoidiano.

Como os folículos pilosos têm células-tronco que têm uma vida curta e rápida, eles são mais sensíveis aos níveis baixos de tireoide do que outros tecidos.

Um baixo nível de hormônio tireoidiano faz com que os folículos pilosos parem de se regenerar, o que resulta em perda de cabelo.

(Algo que mencionamos pela primeira vez em um post que escrevemos como convidados para o blog da Tânagra.)

Isso normalmente melhora quando o problema da tireoide é tratado.

Em um estudo, cerca de 25 a 30% dos pacientes que consultaram um especialista em queda de cabelo descobriram ter baixo nível de hormônio tireoidiano.

E esse número chegava a 40% em indivíduos acima de 40 anos de idade.

Além disso, um outro estudo mostrou que o hipotireoidismo pode causar o engrossamento do cabelo em até 10% dos indivíduos com baixo hormônio tireoidiano.

Por isso, se você tiver mudanças inesperadas na taxa de perda de cabelos, ou se o seu cabelo de repente se tornar desigual ou mais grosso, o hipotireoidismo pode ser algo a se considerar.

No entanto, outros problemas hormonais também podem causar perda de cabelo inesperada.

Devido a essas diversas possíveis causas, vale a pena conversar com seu médico para descobrir se a sua perda de cabelo é ou não é algo com que você deve se preocupar.

Resumindo: Baixo hormônio da tireoide afeta células de rápido crescimento, como é o caso dos folículos pilosos. Isso pode causar perda e engrossamento do cabelo.

Sintoma De Hipotireoidismo #6: Pele Seca E Coceira

10 Sinais Hipotireoidismo 6

Assim como os folículos pilosos, as células da pele são caracterizadas pelo seu “ritmo acelerado” – e por isso também são sensíveis a variações nos níveis do seus hormônios tireoidianos.

O que pode acontecer nesse caso é a quebra do ciclo normal de renovação da pele.

Nesse cenário, a pele pode levar mais tempo para crescer, se renovar, ou mesmo se regenerar.

Isto significa que a camada externa da pele acaba durando mais tempo (ou seja, sendo danificada por mais tempo), e assim ela acaba acumulando mais danos do que o normal.

Significa também que a pele morta pode levar mais tempo para se renovar, levando a uma pele seca e escamosa.

Um estudo mostrou que 74% dos indivíduos com hipotireoidismo relatam ter a pele seca.

No entanto, 50% dos pacientes com funcionamento normal da tireoide também relataram pele seca devido a outras causas – o que torna difícil saber se a pele seca foi causada por problemas de tireoide.

Além disso, esse mesmo estudo constatou que 50% das pessoas com hipotireoidismo relataram uma piora na qualidade da sua pele (isso quando em comparação com o ano anterior).

Alterações na pele que não foram causadas por alergias como rinite ou novos produtos podem ser um forte e prático indicador de problemas de tireoide.

Por fim, o hipotireoidismo também pode ser causado algumas vezes por doenças autoimunes.

Isso pode afetar a pele, causando inchaço e vermelhidão (uma condição conhecida como mixedema) – e ele é relativamente comum quando existe algum problema na tireoide como o hipotireoidismo.

Resumindo: O hipotireoidismo comumente provoca pele seca. No entanto, a maioria das pessoas com pele seca não tem hipotireoidismo. Quando a pele seca vem acompanhada por mixedema (uma erupção vermelha e inchada), esse é um indício forte de que podem existir problemas de tireoide.

Sintoma De Hipotireoidismo #7: Depressão Ou Tristeza

gluten-12

O hipotireoidismo está ligado à depressão.

As razões para isso não são claras, mas pode ser uma manifestação psicológica de uma diminuição geral da energia e da saúde.

64% das mulheres e 57% dos homens com hipotireoidismo relatam sentimentos de depressão, e mais ou menos a mesma porcentagem de homens e mulheres também sentem ansiedade.

Em um estudo, a reposição de hormônio tireoidiano melhorou a depressão em pacientes com hipotireoidismo leve, em comparação com um placebo.

Outro estudo com jovens mulheres com hipotireoidismo mostrou aumento nos sentimentos de depressão, que também estavam ligados à diminuição da satisfação com suas vidas sexuais.

Além disso, flutuações hormonais pós-parto são uma causa comum de hipotireoidismo, potencialmente contribuindo para a depressão pós-parto.

Sentir-se deprimido é uma boa razão para falar com um médico ou terapeuta.

Eles podem lhe ajudar a lidar com o problema, independentemente se a depressão é causada por problemas na tireoide ou outros fatores.

Resumindo: O hipotireoidismo pode causar depressão e ansiedade. Quando problemas na tireoide estão envolvidos nessas condições, elas parecem melhorar com a reposição de hormônio tireoidiano.

Sintoma De Hipotireoidismo #8: Dificuldade De Concentrar-se Ou Falha Na Memória

10 Sinais Hipotireoidismo 7

Muitos pacientes com hipotireoidismo queixam-se de ficarem “aéreos” e terem dificuldade de concentração.

Mas a maneira como este sintoma se apresenta varia de pessoa a pessoa. Por exemplo, em um estudo:

  • 22% dos indivíduos com baixos níveis de hormônio da tireoide descreveram uma maior dificuldade em lidar com números no dia a dia,
  • 36% relataram pensar mais lentamente do que o habitual, e
  • 39% mencionaram ter uma piora na memória.

As causas para essa piora da memória ainda não são totalmente compreendidas, mas elas tendem a melhorar bastante, ou mesmo desaparecer, com o tratamento adequado para baixo nível de hormônio da tireoide.

É claro que todo mundo pode ter dificuldades de memória ou de concentração de vez em quando, mas quando estes problemas são súbitos ou severos eles podem representar um sinal de hipotireoidismo.

Resumindo: O hipotireoidismo pode causar um estado mental aéreo e dificuldade de concentração. Ele também pode prejudicar determinados tipos de memória.

Sintoma De Hipotireoidismo #9: Prisão De Ventre

Cardápio Low-carb 3

Ter níveis baixos de hormônio da tireoide pode causar prisão de ventre.

De acordo com um estudo, a prisão de ventre afeta 17% das pessoas com baixo hormônio tireoidiano, em comparação com 10% das pessoas com níveis normais de hormônio da tireoide.

Em um estudo, 20% das pessoas com hipotireoidismo disseram que sua prisão de ventre foi piorando, comparado com apenas 6% dos indivíduos normais.

Enquanto a prisão de ventre é uma queixa comum em pacientes com hipotireoidismo, é incomum que ela seja o único ou mais grave sintoma.

Se você tiver prisão de ventre mas estiver se sentindo bem no geral, pode ser interessante ingerir estes 15 alimentos naturais que soltam o intestino antes de se preocupar com sua tireoide.

Se nenhum deles funcionar e seu intestino preso piorar, ficando vários dias sem ir ao banheiro ou começando a ter dor de estômago ou vômitos, procure ajuda médica.

Resumindo: A maioria das pessoas com prisão de ventre não tem hipotireoidismo. No entanto, se ela for acompanhada por outros sinais, sua tireoide pode ser a causa.

Sintoma De Hipotireoidismo #10: Menstruação Forte Ou Irregular

10 Sinais Hipotireoidismo 8

No caso das mulheres, sangramentos irregulares ou fortes durante a menstruação também podem estar ligados ao hipotireoidismo.

Um estudo revelou que cerca de 40% das mulheres com baixo hormônio tireoidiano apresentam um aumento na irregularidade menstrual ou sangramento mais forte ao longo do ano, em comparação com 26% das mulheres com níveis normais de hormônios da tireoide.

Em outro estudo, 30% das mulheres com hipotireoidismo tinham menstruações irregulares e fortes.

Mais tarde, essas mesmas mulheres foram diagnosticadas com hipotireoidismo depois que outros sintomas as fizeram buscar um médico.

O hormônio tireoidiano interage com outros hormônios que controlam o ciclo menstrual, e níveis anormais dele podem atrapalhar os sinais que ele envia.

Além disso, o hormônio da tireoide afeta diretamente os ovários e o útero.

No entanto, lembre-se que existem diversos problemas além de hipotireoidismo que podem causar menstruação irregular ou forte.

E, se você tiver uma menstruação que atrapalha o seu estilo de vida, considere conversar com seu ginecologista antes de se preocupar com sua tireoide.

Resumindo: Menstruações ou ciclos irregulares que são piores do que o habitual podem ser causadas por um problema de saúde, incluindo o hipotireoidismo. É melhor falar com seu ginecologista sobre isso.

Conclusão E Palavras Finais

Keto Para Todos 3

Hipotireoidismo ou baixo hormônio da tireoide é um distúrbio comum.

Ele pode causar diversos sintomas, como fadiga, ganho de peso e sensação de frio.

Ele também pode resultar em problemas com o seu cabelo, pele, músculos, memória e mesmo humor.

No entanto, é importante notar que nenhum destes problemas é associado exclusivamente ao hipotireoidismo.

Ainda assim, se

  • você está tendo vários destes sintomas,
  • ou se eles são novos,
  • ou se eles estão piorando,
  • ou se afetam muito sua qualidade de vida

consulte seu médico para decidir se você precisa fazer um exame para o hipotireoidismo.

Felizmente, o hipotireoidismo é geralmente tratável com medicamentos de baixo custo.

Então, se seus níveis de hormônio da tireoide estão baixos, um simples tratamento pode melhorar significativamente sua qualidade de vida.

Referências

Para deixar a leitura mais fluida, separamos algumas das referências citadas no texto original e as agrupamos aqui:

  1. https://www.hindawi.com/journals/jtr/2012/590648/
  2. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC1497160/
  3. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3169862/
  4. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3219173/
  5. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3746235/
  6. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4017747/
  7. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4454174/
  8. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC58535/
  9. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/10468932
  10. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/12186506
  11. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/15654804
  12. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/15832536
  13. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/16861154
  14. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/16982586
  15. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/20075403
  16. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/20230273
  17. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/20656620
  18. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/22584566
  19. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23181531
  20. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/25263255
  21. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/9473364
  22. http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/cen.12956/abstract
  23. http://www.eje-online.org/content/150/1/1.long
  24. http://www.eje-online.org/content/167/6/809.long
  25. http://www.eje-online.org/content/171/4/R137.long