6 Benefícios Indiscutíveis Das Dietas Low-carb Para Sua Saúde E Bem-estar

6 Beneficios – FACETHUMB

Se você acompanha nosso trabalho há algum tempo, já deve ter visto que temos diversos textos, vídeos, receitas e muito mais conteúdo sobre o universo da dieta low-carb — isto é, de baixa ingestão de carboidratos.

Porém, até gravarmos o vídeo no qual esse texto foi baseado, nunca havíamos falado antes sobre os benefícios da dieta low-carb.

Ou seja, aqueles motivos pelos quais você poderia querer seguir uma dieta low-carb estruturada.

Se você prefere ver vídeos a ler textos, então basta dar o play abaixo.

Mas se prefere o conteúdo por escrito, então continue lendo — porque você está no lugar certo.

E lendo este texto até o final você vai descobrir quais os 6 motivos principais pelos quais você deveria começar a fazer uma dieta low-carb ainda hoje.

Inclusive umas das motivações em fazer esse conteúdo era a seguinte.

A de que você pudesse mostrar esse texto para aquelas pessoas que são céticas com relação a uma alimentação com menos carboidratos refinados…

E que ainda por cima dizem que “comer muita gordura vai te matar”.

Até porque esses benefícios que vamos apresentar a partir de agora são totalmente respaldados pela ciência.

(Tanto que deixamos alguns estudos científicos indicados ao final deste artigo, caso você se interesse por eles.)

Mas você não precisa ler nenhum estudo para perceber na prática o benefício #1 (um dos nossos favoritos).

Benefício Da Dieta Low-carb #1: Redução Da Fome — O Pior Inimigo De Qualquer Dieta

JI 3

Muitas pessoas quando veem a palavra “dieta” geralmente já pensam em “passar fome”.

E associam com aquela coisa maçante de:

  • contar calorias,
  • sair da refeição sempre com um pouquinho de fome,
  • e até mesmo comer a cada 3 horas.

Sendo que especialmente esta última acontece tanto porque as pessoas acreditam que “você precisa comer a cada 3 horas para acelerar seu metabolismo” — o que é balela…

Quanto porque elas realmente vão ficar com fome: isto é, você realmente vai ficar com fome com bastante frequência se você se alimentar de uma maneira incorreta.

No entanto, a dieta low-carb resolve este problema.

Na verdade, a dieta low-carb é baseada principalmente em:

Sendo que esses são os 3 componentes de uma dieta de alta saciedade.

Isto é, comendo estes tipos de alimentos e baseando sua dieta nesses 3 macronutrientes, é mais difícil que você sinta fome a cada pequeno intervalo de tempo.

Porque os tipos de alimentos que você vai consumir vão te deixar saciado e satisfeito por mais tempo após ingeri-los.

Ou seja: na low-carb, o foco deixa de ser tanto na quantidade dos alimentos — e passa a ser mais em sua qualidade.

Com isso, fica muito mais fácil seguir essa dieta até o final, e mesmo adotá-la como um estilo de vida.

Afinal, a fome é um dos maiores inimigo de qualquer dieta.

Pois muita gente começa as dietas com muita força de vontade e determinação.

Mas sejamos sinceros: ninguém aguenta ficar a vida inteira passando fome!

Então, em uma dieta low-carb, em que você não passa fome e pode comer comida de verdade, nutritiva e gostosa, à vontade, fica muito mais fácil ter resultados duradouros.

Até porque, como a gente sempre gosta de dizer: “a dieta perfeita é aquela dieta que você consegue seguir.”

E a dieta low-carb pode ser essa dieta pra você.

Benefício Da Dieta Low-carb #2: Maior Perda De Peso

dieta low-carb: conceitos e vertentes

Diversos estudos controlados e bem conduzidos já mostraram que uma dieta baixa em carboidratos, quando comparada a uma dieta baixa em gorduras, leva a uma maior perda de peso, em um período de tempo similar.

Além disso, conforme falamos acima, essa perda de peso tende a se manter — justamente por você conseguir aderir essa dieta a longo prazo.

Para a maioria das pessoas, acaba sendo fácil transformar a low-carb em um estilo de vida.

(Diferentemente do que acontece quando você tem de ficar controlando artificialmente as calorias de uma maneira insustentável.)

Dessa forma, fica muito mais fácil não só perder mais peso, mas também manter o peso perdido.

Um outro ponto positivo relacionado à perda de peso é que as dietas low-carb tendem a proporcionar uma maior manutenção da massa muscular durante o emagrecimento.

Isto é, mesmo que num dado período de tempo a perda de peso seja bem similar entre alguém em low-carb e alguém em low-fat, provavelmente a pessoa em low-carb perderá mais gordura e menos músculos do que aquela em low-fat.

Ou seja, mais um ponto a favor das dietas low-carb.

Benefício Da Dieta Low-carb #3: Redução Da Pressão Sanguínea

6 Beneficios 1

Diversos estudos mostram que uma dieta low-carb tende a, comparativamente, levar a uma diminuição da pressão sanguínea naquelas pessoas que têm esse marcador elevado.

E a pressão sanguínea pode não parecer um marcador tão importante para quem ainda é jovem e não tem nenhum problema de saúde.

Mas ela está fortemente associada a doenças como ataques cardíacos, derrames e até mesmo falência renal.

Sendo assim, reduzir esse marcador apenas mudando a sua alimentação é certamente algo muito positivo para a sua saúde e longevidade, e um ótimo benefício extra das dieta low-carb.

Benefício Da Dieta Low-carb #4: Diminuição Dos Triglicerídeos No Seu Sangue

Descubra por que a Dieta Cetogênica Pode Ser a Solução para menos mortes com Diabetes e Gordura no Fígado

Os triglicerídeos são moléculas que naturalmente circulam em nossa corrente sanguínea.

Porém, erroneamente e infelizmente, muitas pessoas acreditam que sua quantidade cresce além do desejado quando você ingere muita gordura.

Entretanto, os triglicerídeos são justamente formados por açúcares associados a ácidos graxos.

(O Hilton do Paleodiário inclusive mencionou isso na entrevista que concedeu para nós.)

E quando você reduz a sua ingestão de carboidratos (ou seja, de açúcares) e perde peso, esse marcador sanguíneo tende a diminuir drasticamente.

Voltando assim aos níveis normais e ótimos para a sua saúde — o que pode ser verificado com um exame de sangue laboratorial simples.

Por isso, uma dieta low-carb que pode ajudar a reduzir os triglicerídeos com facilidade é uma mudança alimentar bastante positiva para quem tem um problema de elevação desse marcador.

Conforme já falamos em um outro texto, no qual desmentimos aquela balela de que o carboidrato seria o combustível preferido do nosso corpo, os carboidratos e os açúcares são, na verdade, mais tóxicos para o nosso organismo.

Por isso eles são queimados com prioridade em nosso corpo e, quando existe um excesso de glicose na corrente sanguínea, essa glicose é convertida justamente em triglicerídeos.

Ou seja, quanto maior a taxa de açúcar no sangue, provavelmente a taxa de triglicerídeos vai ser maior também — porque o seu corpo vai preferir fazer essa transformação dos açúcares em triglicerídeos.

Benefício Da Dieta Low-carb #5: Redução Da Glicemia E Dos Níveis De Insulina No Sangue

6 Beneficios 2

As dietas low-carb são o tratamento não-invasivo mais eficiente conhecido atualmente contra diabetes e síndrome metabólica.

E isso acontece Justamente por reduzirem a elevação constante dos níveis de açúcar e de insulina no sangue, que é causada por picos de ingestão de carboidratos.

Por isso, as pessoas podem muitas vezes se beneficiar de uma dieta low-carb ou very low-carb para tratar problemas como resistência a insulina e glicemia cronicamente elevada (que são a base dos problemas conhecidos como diabetes e síndrome metabólica).

Afinal, uma dieta low-carb é eficiente para reverter esses quadros crônicos.

Uma analogia simples é a seguinte.

A de que, assim como alguém que tem intolerância à lactose deve ter uma alimentação que reduza a ingestão desse nutriente, quem tem diabetes tem intolerância aos açúcares.

Portanto uma dieta low-carb, ou seja, com menos açúcares, vai ser mais eficiente para esse tipo de pessoa.

Mas é fundamental que você sempre se consulte com o seu médico, principalmente se você estiver tomando medicamentos para diabetes, antes de fazer qualquer mudança alimentar.

Inclusive, ao se fazer esse tipo de mudança alimentar, pode ser que você precise diminuir a dosagem desses medicamentos e talvez depois de um tempo até mesmo removê-los.

Por isso, é muito importante que você tenha acompanhamento médico durante todo esse processo para não acontecer nenhum tipo de adversidade.

E mais um fator positivo para o uso da dieta low-carb no combate à síndrome metabólica é o fato de que uma dieta cetogênica pode reverter quadros de esteatose hepática não alcoólica — isto é, gordura no fígado.

Benefício Da Dieta Low-carb #6: Melhora Do Perfil De Colesterol

medidas - o IMC pode ser usado em contextos científicos específicos - mas não sempre

Muita gente acha que uma maior ingestão de gorduras, principalmente saturadas (como por vezes pode acontecer no caso das dietas low-carb), vai levar a um aumento do colesterol.

E isso é verdade.

No entanto, essa elevação não é necessariamente ruim como é alardeado com frequência na mídia.

Quando você ingere mais dessas gorduras, o que acontece é que você vai aumentar o seu colesterol HDL, que é o chamado “colesterol bom”.

E, para a maioria das pessoas, não existe nenhum problema com relação a isso.

Afinal, o HDL é um agente protetor da saúde cardíaca.

Além de alterar o HDL, a dieta low-carb também pode mudar o seu LDL.

LDL é a lipoproteína chamada popularmente de “colesterol ruim”.

Embora ela não seja tão ruim assim (afinal, é estranho chamar de ruim uma substância que seu próprio corpo produz e necessita para sobreviver).

E uma dieta low-carb tende a fazer com que o LDL fique com um perfil ainda melhor.

Isso porque o LDL é composto por 2 tipos de partículas, um que é mais amigável para o seu corpo e um que é um pouco menos.

E isso depende do tamanho dessas partículas.

Pois as pessoas que têm predominantemente partículas pequenas têm um alto risco de doença cardíaca, e pessoas que têm majoritariamente partículas grandes têm um risco menor.

Fazendo uma dieta low-carb, a tendência é aumentar a quantidade do tipo mais amigável de LDL (as partículas grandes) e diminuir a quantidade do tipo menos amigável (as partículas pequenas).

O que resulta em uma proporção mais favorável entre esses dois tipos.

Mesmo assim, o que pode acontecer em algumas pessoas é um aumento do total de colesterol.

Mas é importante lembrar que não existe uma correlação direta entre o total do seu colesterol e suas chances de doenças cardíacas.

(Além do mais, para algumas pessoas o LDL pode até mesmo diminuir!)

E retomando o que dissemos acima (com o LDL diminuindo ou não), o total do HDL tende a aumentar — e esse tipo de lipoproteína tem um efeito protetivo para o coração.

Sendo muito importante notar que existem outros marcadores de saúde cardíaca mais importantes do que o colesterol total, como:

  • a proporção entre o HDL e o colesterol total,
  • a proporção entre os triglicerídeos e o HDL,
  • o tamanho da circunferência abdominal,

dentre diversos outros marcadores que não vêm facilmente identificáveis nos exames de sangue.

Então, fique atento.

Porque uma dieta low-carb pode sim mudar o seu perfil lipídico — mas, para a maior parte das pessoas, essa mudança tende a ser para melhor.

Em todos os casos, você vai querer fazer exames de sangue com frequência, e acompanhar a evolução da sua saúde com um profissional de sua confiança.

Conclusão E Palavras Finais

6 Beneficios 3

Neste artigo, mostramos 6 benefícios de uma dieta low-carb que podem impactar positivamente a sua saúde e bem-estar.

Sendo que podem existir ainda outros benefícios associados a uma alimentação com menos carboidratos (por exemplo, algumas pessoas reportam maior clareza mental quando em cetose).

E estes benefícios da low-carb que mostramos hoje podem ser altamente relevantes para você viver mais e melhor.

Mas é importante lembrar que você deve se consultar com seu médico ao fazer a transição para uma low-carb.

Principalmente no caso de você já ter alguma condição de saúde pré-existente, como por exemplo diabetes.

Porque a ideia aqui é informar você, e não prescrever nada — nós queremos te armar com as melhores informações, para que você possa fazer escolhas cada vez mais acertadas.

Em prol da sua saúde, nos despedimos.

Forte abraço,

– Guilherme e Roney.

Referências

Low-carb e fome

  1. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/17228046
  2. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2892194/

Low-Carb e perda de peso

  1. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/12430970
  2. http://ajprenal.physiology.org/content/293/4/F974
  3. http://www.nejm.org/doi/full/10.1056/NEJMoa022637
  4. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/19439458
  5. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/12761365

Low-carb e pressão sanguínea

  1. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/17341711
  2. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/16409560

Low-carb e triglicérides

  1. http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0022347602402065
  2. http://jn.nutrition.org/content/131/10/2772S.short

Low-carb e insulina / síndrome metabólica

  1. https://nutritionandmetabolism.biomedcentral.com/articles/10.1186/1743-7075-2-34
  2. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2633336/
  3. https://nutritionandmetabolism.biomedcentral.com/articles/10.1186/1743-7075-5-10
  4. https://nutritionandmetabolism.biomedcentral.com/articles/10.1186/1743-7075-2-31
  5. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/18370662

Low-carb e colesterol

  1. http://jamanetwork.com/journals/jamainternalmedicine/fullarticle/217514
  2. http://circ.ahajournals.org/content/111/5/e89.full
  3. http://circ.ahajournals.org/content/79/1/8.short
  4. http://europepmc.org/abstract/MED/11374850/reload=0;jsessionid=3xh9AgWu71C5wgBypxTn.0
  5. http://jn.nutrition.org/content/136/2/384.long
  • Boa noite Rafael!

    Na verdade a dieta Low Carb não é a ideal para quem deseja APENAS aumento da massa muscular. Nesses casos uma ingestão um pouco mais alta de carboidratos é recomendada sim

    Mas isso não significa que ela não ajude no ganho de massa magra. Esse texto que a nossa amiga Carla Basílio escreveu para nós fala exatamente sobre isso: http://www.senhortanquinho.com/perder-gordura-ganhar-massa-magra/

    Esperamos que goste e ficamos a disposição caso tenha qualquer dúvida

    Abraços