Velocidade De Perda De Peso E Comparações Com Os Amigos

Morissa – FACETHUMB

Neste post vamos responder o e-mail que a gente recebeu da nossa leitora Morissa.

A Morissa traz uma dúvida muito comum – especialmente entre as pessoas que iniciam uma dieta low-carb.

A dúvida da Morissa diz respeito a velocidade de perda de peso e comparações com outras pessoas.

Nós aproveitamos essa dúvida para gravar um vídeo especial com a resposta. Mas, se você prefere ler, tudo o que dissemos no vídeo está escrito abaixo.

(Porém, se prefere vídeos, aproveite para se inscrever no nosso canal ;) )

A Dúvida da Morissa

Morissa 1

A Morissa nos mandou um email, no qual ela dizia o seguinte:

Boa tarde, meu nome é Morissa e eu tenho uma dúvida.

Na primeira semana que comecei a dieta, eu eliminei 3 quilos.

Mas na segunda semana fiz do mesmo jeito e não eliminei nada.

Sendo que uma amiga fez a dieta, e falou que eliminou 13 quilos em 20 dias.

O que devo fazer?

De maneira resumida, a Morissa está insatisfeita por dois motivos principais.

O primeiro motivo da insatisfação da Morissa é que ela aparentemente não perdeu peso na segunda semana de dieta low-carb.

E o segundo motivo é que a amiga dela perdeu mais peso do que ela.

Para responder esta questão, nós vamos abordar 5 pontos que julgamos mais importantes.

Ponto #1: A Perda De Peso Não É Linear

Morissa 2

A taxa de emagrecimento dificilmente vai ficar constante ao longo de toda a sua jornada.

Por isso, é normal que, ao longo das semanas, você alterne momentos em que perde mais peso com momentos em que sua perda de peso praticamente não acontece.

Sendo assim, é como se a jornada para o emagrecimento fosse uma sequência de dois tipos de momentos:

Em um, parece que você está em algum tipo de platô de peso.

E, no outro, parece incrível olhar no espelho, vestir as roupas, e exclamar “uau, quanto peso eu perdi essa semana!”

Então, entender esse processo faz parte da sua caminhada até o emagrecimento.

Especialmente porque sempre defendemos que o foco tem que ser em saúde e em atingir um peso que seja possível manter a longo prazo.

Entretanto, platôs realmente existem.

E, se você estiver em um platô há muitas semanas, sem conseguir nenhum tipo de evolução, existem 4 dicas que podem te ajudar.

A gente falou sobre elas em um outro texto. Clique aqui para ler o texto ou assistir ao vídeo.

Ponto #2: A Taxa De Emagrecimento Vai Diminuir

Morissa 3

A tendência natural é perder mais peso na primeira semana do que em qualquer outra.

Ao se iniciar uma alimentação low-carb, como a dieta cetogênica ou mesmo a dieta paleo low-carb, restringindo os carboidratos, é normal que você elimine bastantes líquidos – e até mesmo glicogênio dos seus músculos – durante os primeiros dias da restrição de carboidratos.

É devido a isso que, na primeira semana de dieta, a tendência é que você perca mais peso do que nas semanas seguintes.

Desse modo, não é realista esperar que você perca, por exemplo, 3 quilos na primeira semana, e que essa taxa de emagrecimento se mantenha constante até você atingir seu peso ideal.

Na verdade, o esperado é que ocorra uma perda de peso maior nesse início de dieta.

Sendo que há uma diminuição natural dessa taxa de perda de peso com o passar das semanas – conforme você se aproxima do peso que seu corpo considera ideal.

Ponto #3: Utilize A Fita Métrica

dieta low-carb: cardápio, dicas, receitas e tudo o que você precisa para começar a emagrecer e ter saúde ainda hoje!

O peso não pode ser o único parâmetro para avaliar a evolução do seu corpo.

É absolutamente normal e esperado que nosso peso varie ao longo de um mesmo dia.

Por isso, recomendamos não usar apenas a balança para avaliar o progresso rumo aos seus objetivos.

É importante também usar outras métricas para acompanhar seus resultados.

Mesmo que seja algo simples, como tirar as medidas do seu corpo com uma fita métrica.

Se você não sabe como fazer isso, a gente ensina como fazer em um outro post sobre medidas corporais e perda de peso.

Até porque, muitas vezes, a evolução é mais percebida com uma perda de medidas do que com a perda de peso propriamente dita.

Ponto #4: Você Não É Sua Amiga

Morissa 4

O progresso da sua amiga não tem nada a ver com o seu progresso.

A quantidade de peso perdida e o tempo que isso leva para acontecer varia muito de pessoa para pessoa devido a diversos fatores, como sexo, nível de atividade física, metabolismo, idade…

São inúmeros fatores envolvidos.

O fato é: você não pode usar o progresso dos outros como um parâmetro para o seu progresso.

Eles devem servir apenas como incentivo e motivação para você.

Ponto #5: Não Existem Resultados Milagrosos

Morissa 5

É normal que os resultados venham com o tempo.

E também que eles aconteçam mais rapidamente para algumas pessoas, e mais lentamente para outras.

Mas no final eles tendem a aparecer (de uma forma ou de outra) para todos que confiam no processo e seguem firmes até o final.

E considere o seguinte: dado que você está comendo melhor, que você não está passando fome, que você está se sentindo melhor, com mais disposição, com mais energia…

Não faz sentido nenhum reclamar que, em uma semana específica, você não perdeu peso.  

Até porque você não ganhou peso da noite para o dia.

Isto é: você não acordou um dia e estava 30 quilos mais pesada.

O ganho de peso provavelmente foi um processo que aconteceu ao longo de meses – ou mesmo ao longo de alguns anos.

Então é normal que o processo de eliminar esse peso também leve de semanas a meses para ser revertido.

E, apenas a título de ilustração: Imagine, por um minuto, que você perca apenas 1 kg por semana – ou mesmo 0,5 kg por semana.

Em um ano, isso vai ser muito peso! Dá praticamente 25 quilos por ano.

Então, por que desistir na segunda semana?

Talvez seja melhor confiar no processo e pensar a longo prazo.

Conclusão e Palavras Finais

Morissa 6

Nesse texto a gente respondeu, com 5 bons motivos, por que você não tem que se preocupar se você não perder peso igualmente em todas as semanas – e ainda mostramos que você não tem que comparar o seu progresso com o do seu amigo.

Esperamos que essas dicas sejam muito úteis para você – especialmente para aqueles momentos de dúvida e agonia – na sua caminhada rumo ao corpo dos seus sonhos.

Pretendemos fazer mais textos nesse formato – nos quais vamos responder as maiores dúvidas de quem começa uma dieta low-carb.

Por isso, se você tem uma dúvida, pode se sentir à vontade para deixá-la num comentário aqui embaixo.

E, para ser informada de quando respondermos a sua dúvida, coloque seu email na caixa abaixo.