Café Sem Açúcar — 5 Passos Simples Para Tomar Café Sem Adoçar

Você gosta de café? Será que gosta mesmo?”

Se você gosta, vai adorar o artigo de hoje.

Porque nele vamos te dar 5 dicas para tomar café sem açúcar.

Sendo que você pode pensar nessas 5 dicas como um sistema simples de 5 passos.

Que vai te encontrar em “só consigo tomar café adoçado” e te levar a “tomo café sem adoçar — e adoro!”.

E, mesmo se você já toma café sem açúcar, vale a pena ler o artigo até o final.

Porque você pode ter boas ideias para ajudar aquela sua amiga que coloca tanto açúcar no café a ponto de a colher parar em pé.

Então pegue seu café quentinho e vamos para as dicas.

Relacionado: conheça os 7 benefícios da low-carb que estão mudando a vida das pessoas.

Café Sem Açúcar — Dica #1: Trocar O Açúcar Por Adoçante

Esta é a dica mais simples de todas, mas nem por isso deve ser jogada fora.

Afinal de contas, se você:

  • gosta do seu café docinho, e
  • não quer sofrer com os malefícios do açúcar (que você já deve saber que não faz bem para você, certo?),

então você pode simplesmente começar trocando o açúcar por adoçante.

Mas Senhor Tanquinho, eu sempre ouço falar que adoçantes fazem mal.”

É verdade — alguns deles fazem mesmo.

Por isso, não incentivamos a ninguém que consuma diariamente grandes doses de adoçantes como:

  • aspartame,
  • acessulfame de potássio, e
  • outras substâncias com nomes difíceis de pronunciar.

No entanto, existem 3 adoçantes que podem ser usados sem tanto receio.

Pois são adoçantes naturais, que não elevam sua glicemia, e com poucas calorias.

Os 3 adoçantes naturais que podem ser boas escolhas são:

  • xilitol,
  • eritritol, e
  • stevia

Além disso, esses adoçantes são interessantes porque podem ser empregados mesmo por quem faz dietas low-carb visando emagrecer.

Pois o xilitol tem bem poucos carboidratos (cerca de 60% da quantidade de carboidratos do açúcar).

E o eritritol e o stevia praticamente não têm carboidratos digeríveis.

E, só de retirar o açúcar (e substituir por algum desses 3 adoçantes), você já vai:

  • evitar picos de glicemia sanguínea,
  • evitar desenvolver resistência à insulina,
  • evitar problemas com cáries, e
  • evitar quantidades significativas de calorias.

Sendo assim, o primeiro passo é fazer essa troca inteligente de açúcar por adoçantes naturais.

Resumindo: Troque o açúcar por xilitol, eritritol ou stevia (aqui está uma comparação entre os três).

Ao adotar essa simples medida, você já vai melhorar sua saúde.

No entanto, você não precisa parar por aí.

Café Sem Açúcar — Dica #2 : Diminuir A Quantidade De Adoçante Utilizada

Só com a dica #1 (de trocar o açúcar por um adoçante natural low-carb) você já vai melhorar sua saúde.

Mas o fato é que você ainda estará tomando café adoçado.

Sendo assim, o próximo passo é diminuir a quantidade de adoçante utilizada.

E isso é muito simples de ser feito: basta você diminuir a quantidade de adoçante utilizada semana a semana.

Vamos ver como ficaria esse exemplo.

Se você, por exemplo, usava um sachê de 5g de açúcar na xícara de café espresso.

Em um primeiro momento, você pode simplesmente passar a usar 5 gotas de Stevia para a mesma quantidade de café.

Aí, na semana seguinte você diminui um pouco a quantidade, e passa a usar 4 gotas de stevia. E na outra semana, 3 gotas.

E assim por diante — até conseguir usar exatos ZERO gramas de adoçante.

Aqui demos o exemplo com o stevia, mas é claro que isso funciona com qualquer adoçante que você utilizar.

Sendo que a diminuição é feita de maneira semanal — porque isso dá tempo para você se acostumar com o novo gosto do café.

Isto é: a primeira vez que você toma com 4 gotas em vez de 5 pode ser um pouco desconfortável.

Mas, depois de 7 dias, você já está se acostumando com o novo sabor. E está pronto(a) para reduzir um pouco mais.

Chegando cada vez mais perto do objetivo final de tomar café sem adoçar.

Algumas pessoas acham que essa redução de uma gota por semana é muito lenta, e querem fazê-la mais rapidamente.

E tudo bem: você pode experimentar e ver como se adapta com uma transição mais rápida.

Você pode até mesmo experimentar parar de um dia para o outro.

Possivelmente vai sofrer um pouquinho por uns 5 ou 6 dias.

Mas depois estará livre do café com açúcar para sempre.

No entanto, pela nossa experiência, muita gente que tenta essa abordagem mais “direta” acaba achando o sabor bem ruim — e desistindo logo no primeiro dia.

Na nossa vida pessoal, nós preferimos metas fáceis de cumprir.

Elas podem até levar um tempinho a mais — mas são certeiras.

(Por exemplo, preferimos seguir um estilo de vida low-carb do que testar técnicas radicais para perder peso rápido.)

Pois, no nosso exemplo, você levaria 5 semanas até tomar café sem açúcar. Pode parecer “muito tempo”.

Mas pense que, após essas 5 semanas, vai poder tomar café sem adoçar pelo resto da sua vida.

Vale muito a pena fazer essa transição.

Resumindo: Muita gente testa ir direto para o café sem adoçar, e isso pode funcionar também. Mas, pela nossa experiência, a abordagem “devagar e sempre” tende a funcionar melhor.

Independentemente de qual delas você escolher testar, estamos certos de que você consegue.

Sendo que existe um “macete” importante que vai facilitar sua transição para o café sem açúcar, que vamos falar agora, na dica #3.

Café Sem Açúcar — Dica #3: Tomar Bons Cafés

A verdade é que um café de má qualidade vai ser ruim de tomar sem adoçar.

Mas colocar mais açúcar também não vai resolver o problema.

Então você precisa de um café que você ache gostoso.

Porque assim existe uma maior chance de você querer tomá-lo puro, para sentir todos os seus aromas e sabores.

Sendo que vários fatores influenciam o sabor final do seu café, como a quantidade de água utilizada, e o pó (ou grão) que você escolhe.

Por isso, nossa recomendação pessoal é que você teste diferentes quantidades de água e de pó para preparar seu café.

(Usar cerca de 7 a 10g de pó para cada 100ml de água é uma medida que tende a funcionar bem para a maioria dos cafés.)

Também pode valer a pena investir em um pó de boa qualidade.

Você pode acabar descobrindo que o mundo dos cafés vai além da “marca branca” do mercado.

Além disso, existem alguns pós que têm um retrogosto menos amargo e mais adocicado (isso quer dizer que deixam menos amargor na boca após ingeridos).

E eles podem ser uma boa alternativa para você começar a fazer bons cafés na sua casa.

E assim se acostumar com o inigualável sabor de um bom café.

Sendo que o método que você usa para fazer o café também pode influenciar, e muito, em seu sabor.

Falamos um pouco sobre isso no vídeo abaixo.

No vídeo, mostramos 5 formas de preparar o café.

E saiba que todas podem ficar bem saborosas — e nenhuma delas requer a adição de açúcar.

Resumindo: Se o seu café for horrível, você sempre vai querer adoçá-lo para disfarçar o sabor.

Vale a pena investir num bom pó de café para conseguir tomar café sem açúcar.

E mesmo experimentar diferentes tipos de torra ou de grãos para encontrar algum tipo de café que você goste mais.

Café Sem Açúcar — Dica #4: Pensar Sinceramente

A dica #4 é uma reflexão que vale a pena ser feita.

Pergunte a si mesmo, com sinceridade:

Será que eu realmente gosto de café?”

Isso porque o café tem o seu sabor particular — e esse sabor não é doce.

Então, se você toma café com açúcar somente por conta do sabor doce… talvez você não goste realmente de café.

E na verdade tem muita gente que não gosta de café, e usa essa bebida apenas como mais um veículo para ingerir açúcar.

Ou toma café simplesmente por hábito — um cafezinho depois do almoço ou uma pausa no meio da tarde podem ser rituais arraigados.

Sendo que sentir o sabor do café em si não é a prioridade nesses casos.

E sim o ritual, o momento de pausa, ou a confraternização com pessoas queridas.

Então, vale a pena você refletir se realmente gosta de café.

Se você chegar a conclusão de que não gosta do sabor dessa bebida, não tem problema.

Afinal, você não é obrigado a tomar café.

E pode trocá-lo por uma outra bebida de seu agrado.

Por exemplo, um chá.

Um chimarrão ou tereré.

Ou mesmo uma água saborizada — conforme ensinamos a fazer aqui.

As opções são inúmeras.

O que não vale é ficar se obrigando a tomar uma bebida ruim, aguada, de má qualidade — e tentar compensar com quilos de açúcar.

Resumindo: O café tem o seu sabor natural — e ele não é doce.

Sendo que existem existem opções mais saudáveis do que o açúcar para você adicionar.

Café Sem Açúcar — Dica #5: Adicionar Sabores Ao Seu Café

Uma forma de começar a tomar café sem adoçar é adicionando alguns ingredientes especiais a ele.

De modo a tornar a bebida mais rica em termos de sabores.

Sem com isso adicionar calorias e carboidratos desprovidos de valor nutricional.

Pessoalmente, nossa adição favorita é um pouco de canela em pó.

Ela combina muito bem com o café, e “quebra” um pouco do amargor residual de alguns pós.

Mas existem diversas outras opções válidas, como:

  • cravo,
  • cardamomo,
  • cacau em pó,
  • essências (amêndoas, baunilha, coco, laranja, etc.),
  • dentre outras especiarias.

Além disso, existe também a opção do famoso café à prova de balas, que é a mistura de café com algum tipo de gordura, como o creme de leite ou óleo de coco.

(Embora este em específico seja bem rico em calorias e gorduras — por isso, vale a pena considerar se ele se encaixa em seu plano alimentar para emagrecer.)

É claro que, ao adicionar canela ou outras especiarias, você ainda estará “mascarando” o sabor do café.

Porém acreditamos que essas são opções válidas para variar o sabor do café de vez quando.

Sem falar que são muito mais saudáveis que o açúcar.

E podem ser especialmente úteis enquanto você faz a transição para o café sem adoçar

Resumindo: Adicionar canela em pó (ou outros “temperos”) pode facilitar sua transição para o café sem açúcar.

Café Sem Açúcar — Por Que Tomá-lo?

Agora, você já possui uma sólida estratégia para parar de tomar café com açúcar dentro de poucas semanas.

Então vamos ver os exatos benefícios que você vai começar a colher quando parar de adoçar o seu café.

O primeiro benefícios é bastante óbvio: diminuir sua ingestão de açúcar.

Dependendo de quantas vezes por dia você toma café (e quanto açúcar adiciona a ele), você pode deixar de lado uma quantidade considerável de carboidratos e de calorias.

O que pode fazer alguma diferença até mesmo na balança: te ajudando a emagrecer mais sem ter de reduzir a quantidade de comida que você come.

Além disso (se o resto da sua dieta já estiver mais ou menos ajustado), você pode colher alguns dos benefícios que costumam estar associados a uma dieta low-carb.

Como melhor regulação de insulina, menos picos de glicemia, dentre outros.

É claro que uma pessoa que toma 10 cafés adoçados por dia vai perceber mais benefícios do que quem toma apenas um.

Mas te garanto que retirar esse açúcar adicionado não vai fazer mal a ninguém.

A segunda vantagem diz respeito a retirar o sabor doce.

Isto é: ela só existe se você parar de adoçar o café.

(Não só com açúcar, mas mesmo com adoçantes.)

Isso porque algumas pesquisas mostram que mesmo os adoçantes não calóricos (como a stevia e o eritritol que mencionamos no passo #1) causam uma resposta chamada de fase cefálica.

De maneira resumida, ela diz respeito às reações que acontecem no nosso corpo mesmo antes de a comida ser digerida.

Sendo que especula-se que temos receptores de sabor doce ao longo do nosso trato gastrointestinal (e não só na boca).

Esses receptores podem perceber o sabor doce, e isso pode causar elevação na insulina sanguínea.

Por isso, pode não ser inteligente sentir o gosto doce todos os dias, diversas vezes ao dia (como no café adoçado).

Pois isso vai causar frequentes picos de insulina — sem a menor necessidade.

Isto é: não é como se você estivesse comendo um saboroso brigadeiro ou bolo de cenoura.

Que pode ser feito numa ocasião especial, e saboreado com prazer a cada mordida.

Em vez disso, é apenas um café — que você adoça simplesmente por não ter se acostumado ao sabor natural dessa bebida.

Para ilustrar este ponto, podemos citar um curioso estudo.

Em que as pessoas provaram uma solução de água com adoçante (sacarina).

Elas mantiveram essa solução na boca por 45 segundos.

E isso já causou elevação nos níveis de insulina — sendo que elas nem sequer chegaram a engolir o adoçante.

(Quando testaram a solução com o açúcar em vez do adoçante, aconteceu o mesmo.)

Sendo assim, só o ato de provar o sabor doce o tempo todo já é fisiologicamente pior do que tomar o café puro.

E ainda temos outros benefícios menores que você pode colher.

Por exemplo, o fato de você reeducar seu paladar.

Ao parar de adicionar açúcar em tudo, você se acostuma com o real sabor dos alimentos, e consegue aproveitar muito mais as refeições que faz no seu dia a dia.

Além disso, café não-adoçado não quebra o jejum intermitente.

O jejum intermitente faz parte da rotina de muita gente — da nossa também — e tomar café sem adoçar não remove os benefícios do jejum.

Resumindo: Você pode se surpreender com as diversas vantagens que vai vivenciar quando parar de adoçar seu café.

Café Sem Açúcar — Conclusão E Palavras Finais

Neste artigo, você viu exatamente como pode parar de adoçar o seu café.

Pois ensinamos o processo de 5 passos que já ajudou milhares de pessoas a tomar café sem açúcar.

Sendo que já havíamos mencionado esse processo em um vídeo, que você pode ver abaixo.

(Se você quiser ver mais dicas e aprendizados antes de serem publicados aqui no site, inscreva-se em nosso canal do YouTube.)

Além disso, você também viu algumas surpreendentes vantagens de parar de adoçar seu café.

E agora eu quero saber de você.

Você tem o costume de adoçar o café? O que você usa para adoçar?

Se toma puro, como você fez essa transição?

Conte para a gente qual é a sua rotina com o café.

Vamos adorar conversar mais com você sobre isso na área de comentários abaixo.

Te esperamos lá!

Forte abraço,
— Guilherme e Roney, do Senhor Tanquinho

Referências

  1. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/18556090
  2. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/20961295
  3. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5348013/