Dieta Paleolítica: Regras, Cardápio, Receitas e Variações Da Dieta Paleo Low Carb

paleo, dieta, paleolítica, emagrecer, saúde, low-carb

A Dieta Paleo ou Dieta Paleolítica é o tema deste artigo completo.

Sua proposta, como você irá descobrir lendo este texto, consiste em comer alimentos minimamente processados – sendo assim uma dieta mais próxima àquela com que o ser humano evoluiu.

Por isso, leia este artigo até o final, porque assim você vai descobrir:

  • quais são os alimentos permitidos e proibidos da dieta paleo,
  • qual é o melhor cardápio para se iniciar a dieta paleo,
  • ideias das mais simples e deliciosas receitas paleo, e
  • respostas verdadeiras às dúvidas mais comuns sobre a dieta paleolítica.

Ainda neste artigo vamos explorar a dieta paleolítica no contexto de baixa ingestão de carboidratos (low-carb).

De toda forma, se não é seu desejo limitar sua ingestão de carbodiratos, também não precisa parar de lê-lo agora, porque vamos explicar que ela não necessariamente precisa ser restrita em carboidratos.

Por isso, fique tranquilo(a): neste texto está tudo o que você precisa saber sobre a dieta Paleo – que não é apenas uma dieta, mas um verdadeiro estilo de vida.

O Conceito Da Dieta Paleolítica

paleo, dieta, paleolítica, emagrecer, saúde, low-carb

Imagine-se vivendo na Era Paleolítica, sem nenhuma máquina para agricultura, sem a indústria alimentícia e nem instrumentos para culinária… apenas comendo o necessário para ficar vivo.

Bom, você certamente não conseguiria comer grãos ou leguminosas, uma vez que não poderia cozinhá-los.

Não poderia degustar massas e outros alimentos que levam farinhas e açúcares refinados, já que seria impossível processar os grãos e a cana de açúcar…

E com certeza não teria acesso aos produtos industrializados de hoje em dia.

Na verdade, durante o período Paleolítico, nossa alimentação era limitada ao que conseguíamos caçar ou colher.

E esse é o espiríto da dieta: você basicamente pode comer o que nossos antepassados comiam antes do advento da agricultura.

Obviamente que com algumas adaptações – afinal quase ninguém vai sair comendo insetos ou caçando com as próprias mãos.

Se chegamos até onde chegamos comendo dessa maneira, é fácil perceber que provavelmente este tipo de alimentação tem seus benefícios.

Na verdade, o ser humano (gênero Homo) existe há cerca de 2,5 milhões de anos – e a agricultura há cerca de 10 mil anos.

Ou seja, a dieta paleolítica defende que nos alimentemos da maneira que evoluímos comendo. Isto é, com os alimentos que estavam disponíveis durante 99% do tempo de nossa existência neste planeta.

E vamos falar quais são os alimentos permitidos nesse estilo alimentar logo abaixo.

O Que Comer: Os Alimentos Permitidos E Os Proibidos Na Dieta Paleolítica

Podemos condensar a dieta Paleolítica em basicamente 4 regras principais:

  • Corte o açúcar;
  • Elimine os grãos e seus derivados, como farinhas e óleos;
  • Não consuma alimentos processados;
  • Evite laticínios – a seguir falaremos quais são tolerados e quais não são.

A essas 4 regras principais e básicas da dieta, podemos adicionar 2 mandamentos:

  • Coma “comida de verdade”;
  • A gordura natural dos alimentos é sua amiga, não precisa temê-la.

Na realidade, você pode comer tudo aquilo que não é processado.

Tudo aquilo que você pode simplesmente “pegar na natureza e comer diretamente”, ou no máximo transformar de maneira natural.

Como por exemplo o leite de coco: basta você descascar o coco seco, batê-lo com água morna, e pronto: você tem o leite de coco caseiro 100% natural em suas mãos.

Mas é claro que você pode e deve cozinhar e temperar – pois o foco é em alimentos pouco processados, e não em comida sem graça.

Por outro lado, se o alimento tem de passar por mil processos industriais, adição de componentes químicos, conservantes, e muito mais, pode esquecer: ele não se encaixa nessa filosofia alimentar.

Cardápio Da Dieta Paleolítica

Cardápio Completo + Lista de Alimentos Permitidos Dieta PaleolíticaQue você deve comer “comida de verdade” e que a gordura natural dos alimentos é sua amiga, você já sabe.

Então agora vamos dar uma lista mais detalhada dos alimentos permitidos na dieta Paleolítica.

Neste link, oferecemos uma lista abrangente de alimentos permitidos.

E aqui você encontra um cardápio semanal completo para a Dieta Paleolítica.

Alimentos Permitidos Na Dieta Paleo

paleo, dieta, paleolítica, emagrecer, saúde, low-carb

1. Carnes:

  • Bovina
  • Aves
  • Suína
  • De caça
  • Etc

Todas as carnes são permitidas e suas gorduras não precisam ser retiradas.

Pois nós evoluímos comendo carnes gordas, e a gordura não faz mal para a saúde do ser humano.

2. Frutos do mar:

  • Peixes
  • Ostras
  • Mariscos
  • Camarões
  • Todos os outros tipos de frutos do mar

3. Ovos:

Ovos são um alimento completo, e altamente recomendado. Todas as formas estão permitidas.

(Mas também não é para comer apenas ovos.)

4. Verduras e Legumes:

Todos podem ser comidos sem restrições – e ainda são ótima fonte de fibras e nutrientes para sua dieta.

5. Gordura natural:

Todos esses alimentos são permitidos. Além disso dão sensação de saciedade por mais tempo, o que ajuda no processo de emagrecimento.

Lembrando que é bom ficar longe de gorduras “não-naturais”, como margarinas, gordura vegetal hidrogenada, e óleos com origem em sementes e grãos.

6. Oleaginosas:

  • Castanha do Pará
  • Castanha de Caju
  • Avelã
  • Noz pecan
  • Pistache
  • Nozes
  • Macadâmia
  • Amêndoas

7. Frutas com baixo teor de açúcar:

  • Abacate
  • Morango
  • Limão
  • Maracujá
  • Kiwi
  • Goiaba

dentre outras frutas com poucos carboidratos líquidos.

Alimentos Que Devem Ser Consumidos Com Moderação Na Dieta Paleo

paleo, dieta, paleolítica, emagrecer, saúde, low-carb

1. Raízes:

  • Mandioca
  • Batata doce
  • Mandioquinha
  • Batata inglesa
  • entre outras

2. Frutas:

  • Banana
  • Maçã
  • Caqui
  • Laranja
  • entre outras

O consumo destes itens depende do seu objetivo na dieta.

Lembra que dissemos que a dieta não necessariamente era uma dieta low-carb e que não necessariamente era praticada por quem quer emagrecer?

Pois bem, foi justamente por isso:

  • Se você quer emagrecer, então restrinja o consumo de frutas e raízes e torne a dieta restrita em carboidratos;
  • Agora se emagrecer não é seu objetivo e você apenas quer hábitos alimentares mais saudáveis, então pode ingerir estes alimentos conforme sua vontade.

Menção especial às frutas vermelhas, como morango e cereja, que apresentam menor quantidade de açúcar e podem ser consumidas com mais liberdade, inclusive por quem quer emagrecer.

De toda forma, qualquer tipo de suco de fruta deve ser evitado (salvo suco de limão e de maracujá), principalmente se você quiser emagrecer.

Outros itens que podem ser inseridos na dieta, desde que com moderação, são os seguintes.

Bebidas Alcoólicas E Dieta Paleo

O álcool por si só não eleva a insulina, e não se converte em gordura – descubra a verdade sobre o consumo de álcool aqui.

Por outro lado, o álcool contém calorias, e pode sim dificultar o emagrecimento se consumido em grandes quantidades.

No caso da dieta paleolítica, a opção é por bebidas com poucos carboidratos, como vinhos ou espumantes secos.

Passe longe da cerveja, e evite misturas com açúcar (como vodka acompanhada de sucos, energéticos ou refrigerantes).

Laticínios E Dieta Paleo

A dieta paleolítica, conforme idealizada por Loren Cordain, não contém laticínios.

Afinal de contas, no período Paleolítico não contávamos com animais domesticados para nos fornecer leite.

Entretanto, algumas releituras da dieta paleo (como o Estilo de Vida Primal) adotam os laticínios gordos e baixos em carboidratos.

Relacionado: Descubra a diferença entre Primal e Paleo.

Isso se refere a produtos lácteos, como queijo, coalhada, iogurte natural com gordura, manteiga e ghee.

Nesse contexto, tanto o kefir de água quanto o de leite também têm seu espaço na dieta Paleo (veja algumas receitas com kefir aqui).

Em todo o caso, o leite não é bem aceito.

Porque ele apresenta lactose (um tipo de açúcar) e também eleva a insulina – além de não ser tolerado por muitas pessoas.

Além disso, muitos derivados do leite recebem mais açúcar (como vários iogurtes, bebidas lácteas, etc.) ou outros aditivos químicos em suas composições, sendo por isso melhor evitá-los e sempre prestar atenção no que você está consumindo.

E se você quer uma lista de compras para a dieta paleo / low-carb, leia este post.

Alimentos Proibidos Na Dieta Paleo

paleo, dieta, paleolítica, emagrecer, saúde, low-carb

  • Açúcar: todos os alimentos que contêm açúcar devem ser cortados da dieta, como refrigerantes, doces, sucos de fruta, bolos, tortas, sorvetes, cereais matinais… a lista é enorme!
  • Amido: principalmente todos os derivados dos grãos (milho, trigo, aveia, arroz, etc) e as leguminosas (feijão, lentilha, grão de bico, soja, etc.).

Elimine da sua dieta massas e farinhas à base de trigo (um alimento que pode causar muitos prejuízos à saúde), principalmente para pessoas com doença celíaca.

Neste ponto vale ressaltar novamente que é importante eliminar os óleos processados a partir de grãos e sementes, como os óleos de girassol e soja.

  • Produtos industrializados e com aditivos químicos: talvez não seja certo generalizar, mas a seguinte regra prática é quase sempre válida:
  • se o produto é industrializado, passe longe dele;
  • se o produto contém “ingredientes” com “nomes estranhos”, passe longe dele.
  • Margarina: margarina poderia estar incluída no item acima.

No entanto, resolvemos separá-la por um simples motivo: o de que muita gente ainda acha que margarina e manteiga são quase a mesma coisa – ou pior, acham que a margarina é mais saudável.

E esse é um conceito totalmente errado: a margarina é prejudicial para sua saúde e não deve ser consumida nunca.

“Mas Senhor Tanquinho, por que posso comer azeite de oliva e não posso comer óleos provenientes de sementes e grãos?”

Simples, meu caro leitor. Para se obter azeite de oliva basta pegar uma azeitona e espremê-la. Pronto, você tem o azeite de oliva extra virgem.

Agora, para se obter óleos a partir de grãos e sementes o processo é muito mais complexo – e pode ter certeza: eles não são produtos naturais e muito menos alimentos que eram consumidos a milhares de anos atrás.

Além disso, óleos vegetais estão associados a desequilíbrios nas proporções de ômega-3 e ômega-6, além da ingestão de gorduras trans artificiais.

Sendo que esses dois fatores estão associados a quadros de esteatose hepática não-alcoólica.

Alimentos Permitidos, Tolerados e Proibidos na Dieta Paleolítica Low-Carb

A partir de agora vamos apresentar uma lista de alimentos, separados em permitidos, moderados e proibidos para a dieta paleo em sua vertente low-carb e primal.

Para baixá-la em pdf, clique aqui.

Alimentos permitidos na dieta paleo low-carb:

Açúcares e adoçantes Eritritol
Stevia
Sucralose
Xilitol
Leite e Derivados Manteiga
Creme de leite
Ovos Avestruz
Codorna
Galinha
PatoCozido
Frito
Mexido
Omelete
Poché
Carnes Bovina (todas)
Suína (todas)
de Aves (todas)
de Peixes (todas)
Outras carnes em geral
Farinhas e Pós Canela
Frutas Abacate
Acerola
Azeitona
Coco
Limão
Maracujá
Morango
Tomate
Frutos do mar Camarão
Caranguejo
Lagosta
Lula
Ostra
Polvo
Marisco
Mexilhões
Oleaginosas e
sementes
Chia
Linhaça
Óleos e gorduras Azeite de oliva
Banha animal
Manteiga
Maionese caseira
Óleo de coco
Óleo de peixe
Coco e derivados Creme de coco
Leite de coco
Manteiga de coco
Óleo de coco
Verduras e saladas
(folhas e legumes)
Abóbora
Abobrinha
Acelga
Aipo
Alface
Alho
Berinjela
Beterraba
Brócolis
Cebola
Cenoura
Couve
Couve-flor
Chuchu
Escarola
Espinafre
Gengibre
Nabo
Pepino
Pimentão
Quiabo
Rabanete
Repolho
Rúcula
Vagem
Temperos e molhos Açafrão da terra (cúrcuma)
Alecrim
Canela
Cebolinha
Coentro
Coloral
Manjericão
Pimenta do reino
Orégano
Sal
Outras manteigas e cremes Manteiga de oleaginosas em geral

Baixe uma versão em pdf da lista de alimentos paleo low-carb acima – clique aqui.

Alimentos tolerados (permitidos com moderação) na dieta paleo low-carb

Açúcares e adoçantes Outros adoçantes artificiais
Mel
Leite e Derivados Iogurte integral
Queijos e variações Azul
Brie
Catupiry
Cheddar
Coalho
Cottage
Cream Cheese
Feta
Gorgonzola
Gouda
Minas
Muçarela
Parmesão
Prato
Provolone
Requeijão
Ricota
Rochefort
Suíço
Carnes Linguiça
Peito de peru (embutido)
Peito de frango (embutido)
Presunto
Salame
Outros embutidos
Farinhas e Pós Whey protein
Amêndoas
Castanhas
Cacau em pó (sem açúcar)
Coco
Farinha de linhaça
Frutas Todos as outras frutas, como:

Abacaxi
Banana
Goiaba
Laranja
Maçã
Manga
Melancia
Pêra
Pêssego

Oleaginosas e
sementes
Amêndoa
Avelã
Castanha
Castanha de caju
Coco
Macadâmia
Nozes
Pistache
Verduras e saladas
(folhas e legumes)
Araruta
Batata
Batata doce
Cará
Inhame
Mandioca (aipim, macaxeira)
Mandioquinha
Yacon
Coco e derivados Água de coco
Temperos e molhos Pimentas em geral
Outras manteigas e cremes Pasta de amendoim

Alimentos proibidos na dieta paleo low-carb

Açúcares e adoçantes Açúcar refinado
Açúcar fit
Açúcar de coco
Açúcar cristal
Açúcar demerara
Açúcar mascavo
Maple Syrup
Leite e Derivados Leite
Iogurtes em geral
Leite fermentado
Queijos e variações Queijos processados:
Polenghi
Tofu
Carnes Mortadela
Salsicha
Farinhas e Pós Aveia (em qualquer formato)
Achocolatados
Chocolate em pó
Fubá
Mandioca
Milho
Polvilho
Rosca
Tapioca
Trigo
Frutas Todas frutas secas e cristalizadas e sucos de frutas.
Óleos e gorduras Margarina
Óleo de canola
Óleo de girassol
Óleo de milho
Óleo de soja
Coco e derivados Açúcar de coco
Temperos e molhos Molhos prontos vendidos no mercado muitas vezes contém muitos carboidratos por porção, fique atento.
Leguminosas Feijão (todos os tipos)
Grão de bico
Lentilha
Soja
Grãos Todos os grãos, em qualquer forma, integral ou não, como:

Amaranto
Arroz
Aveia
Centeio
Cevada
Granola
Milho
Quinoa
Trigo

Para baixar uma versão em pdf da lista de alimentos paleo low-carb acima – clique aqui.

Receitas Para A Dieta Paleolítica

ratatouille low-carb do senhor tanquinho

Se você já entendeu o espírito da dieta paleo, então vai ser fácil para você juntar ingredientes e preparar verdadeiras iguarias para sua alimentação paleo / primal.

De toda forma, você provavelmente vai querer ver algumas receitas low-carb para se inpirar, por isso separamos algumas delas aqui – basta clicar em seus nomes para a receita completa.

Também separamos muitas outras receitas e ebooks grátis de receitas low-carb em pdf aqui.

Por fim, se estiver procurando um material mais profissional, então vai gostar deste recurso aqui:
Receitas + Cardápio Completo para 91 Dias de Alimentação Paleolítica

Quanto E Quando Comer Na Dieta Paleo

Você pode comer o quanto quiser dos alimentos permitidos.

A regra é comer sempre até estar satisfeito, de modo a não passar fome.

Desde que esteja dentro do que a dieta permite, você pode comer à vontade!

E vale lembrar que você não precisa comer de 3 em 3 horas como dizem por aí, na verdade você apenas deve comer quando estiver com fome.

Inclusive, você pode fazer jejum intermitente se assim desejar, seguindo algum desses protocolos de JI.

Variações Da Dieta Paleo

Uma das vantagens da dieta Paleo é que ela é adaptável a você e seus objetivos, conforme já falamos lá no início do texto.

Se quer emagrecer, diminua a ingestão de frutas e raízes – lembre-se de não passar fome e comer até ficar saciado. Sempre comendo alimentos ricos em proteínas e/ou gorduras.

Se for vegetariano, foque em comer muitas verduras, legumes, frutas – principalmente as frutas gordurosas como coco e abacate, além de castanhas, nozes, ovos e laticínios. E fique atento para evitar esses erros comuns. (Você também pode tirar proveito dessas 15 dicas para vegetarianos e veganos.)

Se tem problemas de autoimunidade, remova completamente de sua dieta laticínios, ovos e tudo que contiver glúten. (Entenda mais sobre autoimunidade e doenças autoimunes aqui.)

Como você pode perceber, essa é uma filosofia alimentar que pode ser ajustada para diversas situações.

Claro, todas as dietas têm restrições, e se você realmente deseja atingir um objetivo, pode ser interessante mudar seu estilo de vida para alcançá-lo.

Agora vamos responder algumas perguntas mais comuns sobre a dieta paleo.

F.A.Q. Paleo: As Perguntas Mais Frequentes Sobre A Dieta Paleolítica

paleo, dieta, paleolítica, emagrecer, saúde, low-carb

01) Posso fazer dia do lixo na dieta paleo?

Existem várias abordagens para a dieta Paleo, sendo que as mais estritas não aconselham o consumo de alimentos industrializados nem mesmo em momentos de Dia do Lixo.

Todavia, nós acreditamos que, se você deseja emagrecer e ser mais saudável, sem tantas restrições alimentares, um dia do lixo pode sim ser incluído – e ainda por cima ser benéfico.

Conforme explicamos no texto sobre o dia do lixo, ele ajuda a evitar a estagnação da sua perda de peso.

Sendo assim, acreditamos que ele pode ser inserido desde a primeira semana, mas não há prejuízos de se esperar um pouco mais (como um mês, por exemplo) para realizá-lo pela primeira vez.

Lembrando que, por mais óbvia que pareça essa frase, sua saúde mental também é importante, e ela pode ser grandemente beneficiada por essa adição na sua dieta.

Por outro lado, você pode fazer um dia do lixo focando apenas em comida de verdade, ou seja, sem deixar de ser paleo.

Dessa forma você ingeriria carboidratos de fontes boas como raízes, frutas, mel, etc…

Falamos mais sobre o dia do lixo num contexto de dieta paleo aqui.

Resumindo: se for para tornar sua vida mais agradável, pode fazer uma refeição livre ou dia livre da dieta. A saúde é um processo que visa ao longo prazo, e não só um foco em “perda de peso agora”.

02) Posso usar adoçante na dieta paleo?

De preferência, não use. Tomar café ou chá sem adoçar, por exemplo, é apenas questão de costume. Conforme explicar no vídeo abaixo:

Porém, se for consumir, sugiramos que dê preferência para os adoçantes naturais, como a estévia, e alguns açúcares de álcool, como o xilitol e o eritritol.

Para sanar todas as suas dúvidas sobre adoçantes e saber quais os mais saudáveis e benéficos para seu emagrecimento, recomendamos que leia este texto completo sobre o assunto.

03) Posso comer frios nesta dieta?

A dieta paleolítica não aconselha o consumo de alimentos industrializados, dentre os quais os embutidos estão incluídos.

Porém, analisando-se somente em relação aos carboidratos, podemos dizer que embutidos em geral são low-carb, pois apresentam pouco ou nenhum carboidrato em sua composição.

Além disso, queijos costumam ser liberados. Nesse caso, priorize os queijos amarelos, com bastante gordura, e baixos em carboidratos.

Para mais detalhes sobre os queijos, confira a pergunta #25 abaixo.

04) Onde posso encontrar mais receitas para a dieta paleolítica?

Você pode encontrar diversas receitas paleo low-carb gratuitas aqui nesta página: http://www.senhortanquinho.com/receitas

Além disso, preparamos um material completo com mais de 20 Deliciosas Receitas Naturais juntamente com um cardápio para 91 dias de dieta paleo que podem ser encontrados aqui:
http://landing.www.senhortanquinho.com/cardapio-feroz-destrua-gordura-em-91-dias-paleo

05) Quantas refeições devo fazer durante o dia?

Quantas você quiser.

Com a introdução de um estilo alimentar com menos comida processada, e portanto mais rica em proteínas, fibras, e gorduras boas, é natural que seu apetite, aos poucos, diminua.

Faça quantas refeições desejar, sinta-se sempre saciado, lembrando que o mais importante é não ficar com fome a ponto de “beliscar” bobagens entre as refeições.

Mas principalmente: não precisa se preocupar com intervalos – esqueça a mentira sobre “comer de 3 em 3 horas”.

Inclusive você pode praticar jejum intermitente, se assim quiser.

Se tiver qualquer dúvida com relação ao jejum intermitente, então recomendamos a leitura deste artigo: Jejum Intermitente: 11 Principais Dúvidas Sobre JI Respondidas

06) Sou vegetariana(o), posso fazer a dieta paleolítica também? Como devo proceder?

Pode sim.

Imaginamos que você seja um vegetariano querendo seguir uma linha de alimentação Paleo porque se preocupa com sua saúde.

Nesse caso, de modo a atingir uma ingestão saudável de proteínas e gorduras, ovos e queijos podem te ajudar.

Caso você seja vegano, e não consuma esses alimentos, provavelmente será necessário fazer uso de suplementação para obter um estado ótimo de saúde.

Em todo caso, considere suplementar vitamina B12, pois é uma deficiência bastante comum em pessoas que se abstêm de consumir carne.

Mas de toda forma consumir menos alimentos processados, como é a proposta da dieta paleo, só vai te fazer bem.

07) Preciso ficar atento com a quantidade de gordura ingerida?

Não, afinal dificilmente você vai ingerir “gordura demais” comendo apenas a gordura natural dos alimentos – uma vez que isso já gera bastante saciedade.

Por outro lado, não achamos nem um pouco necessário sair acrescentando manteiga e óleo de coco em tudo que você vê pela frente.

Inclusive tanto o excesso de gordura quanto a falta dela caracterizam erros comuns cometidos pelos iniciantes em low-carb.

O que queremos dizer é o seguinte: a gordura natural dos alimentos não precisa ser temida.

Isso inclui:

  • gema de ovo
  • abacate
  • azeite
  • bacon
  • frango com pele
  • oleaginosas
  • peixes gordos
  • carnes de todos os tipos
  • e até mesmo queijos gordurosos.

Só não precisa adicionar gordura loucamente em seu café, por exemplo, como se isso fosse fazer mágica com seus resultados.

Afinal de contas, o déficit calórico ainda é importante para que o emagrecimento aconteça.

Relacionado: Nutri Polyana Rossi explica mais sobre a questão das quantidades.

08) “O que posso comer no café da manhã?”

Receitas Low-Carb de Café da Manhã para Emagrecer Feliz: Clique Aqui!Esta é uma excelente pergunta, porque o café da manhã na dieta Paleo é uma dificuldade para muitas pessoas.

Claro, você pode comer ovos e bacon – mas muita gente não consegue comer apenas isso todos os dias.

Por isso fizemos questão de escrever um texto completo no qual apresentamos diversas opções para café da manhã paleo/low-carb, por exemplo:

  • bebidas low-carb, como café, água saborizada e chás;
  • ovos, com bacon, queijo, cebola, presunto, etc;
  • frutas low-carb, como abacate, frutas vermelhas e coco;
  • receitinhas low-carb, como panini, queijadinha, bolinhos de canecas.

E foi pensando nisso também que preparamos uma coletânea de livros de receita de café da manhã low carb – e que é perfeito para a Dieta Paleo Low-Carb.

09) Suplementos alimentares podem ser associados a dieta paleo?

Poder ou não poder na dieta Paleo acaba sendo meio relativo. Como dissemos em outros comentários e no próprio texto, existem várias vertentes e variantes distintas, algumas mais abertas outras mais restritas.

No caso dos suplementos, por serem alimentos processados (algo não muito bem visto na maioria das vertentes paleo), podemos dizer que, na maioria das vezes, não seriam permitidos.

Porém, se seu objetivo é a hipertrofia, inserir whey, albumina, BCAA ou mesmo creatina em sua dieta não irá prejudicar seus resultados, pelo contrário.

Já para quem visa o emagrecimento, whey protein e albumina seriam boas opções de lanches paleo/low-carb no lugar outras porcarias que poderiam vir a sua cabeça em momentos de fome entre almoço e jantar, por exemplo.

Conheça também Os 4 Melhores Suplementos Paleo (Aprovados pelo Mark Sisson).

10) Se leite é um produto natural, por que ele e seus derivados são restritos na dieta?

Quanto ao leite, algumas linhas de Paleo o aceitam, e outras não. Um dos motivos é que não é muito “natural” tomar um alimento destinado a bebês de outra espécie, não é mesmo? ;)

Mas o principal é que o leite é um dos maiores causadores de alergias alimentares, não sendo bem tolerado pela maioria das pessoas.

Por outro lado, algumas outras vertentes de Paleo, como o estilo de vida Primal, gostam de alguns derivados do leite: especialmente manteiga, alguns fermentados (como iogurte), e até mesmo whey protein.

Particularmente, nós preferimos sugerir que a adaptação seja feita com base na sua preferência: por isso, uma ideia ficar 30 dias sem lactose / caseína e ver como se sente.

Caso se sinta melhor, pode ser uma boa ideia eliminá-la da sua dieta.

11) A dieta paleo low-carb também diminui a massa magra ou só gordura?

Na maioria das dietas é praticamente impossível perder apenas gordura – isto é, o mais comum é que um pouco de massa muscular, glicogênio e água também sejam perdidas.

Dito isso, existem medidas para minimizar a perda de massa magra numa dieta.

Por exemplo, você pode praticar um esporte como a musculação, que auxilia a preservar massa magra, e também manter bons níveis de ingestão de proteína.

Além disso, existem pessoas (com bastante peso para perder e que são iniciantes no esporte) que podem até mesmo perder gordura e ganhar massa muscular ao mesmo tempo.

Sendo assim, o ponto não é “encontrar uma dieta na qual só se perde gordura” – mas sim minimizar a perda de massa magra enquanto se queima gordura.

12) Sempre achei que frutas andavam juntas a todas as dietas, mas devo cortá-las para emagrecer com a dieta paleo?

paleo, dieta, paleolítica, emagrecer, saúde, low-carb

As frutas, por si só, não são ruins, o grande problema delas está relacionado à quantidade de carboidratos que a maioria das frutas possuem.

Conforme dissemos, as frutas são considerados alimentos Paleo – porém, se você deseja emagrecer, pode ser interessante retirá-las da dieta por um tempo, especialmente para melhorar a sensibilidade à insulina.

Outra dieta para emagrecer que também restringe as frutas com sucesso é a dieta Slow Carb.

13) Farelo de aveia é recomendado na dieta Dukan, então também pode ser usada na paleo low-carb?

Existem diversas vertentes da dieta Paleolítica, e a maioria delas não recomenda o consumo de aveia.

Porém, caso queira muito consumi-la, não será uma pequena porção dela por dia que trará prejuízos irremediáveis a sua dieta.

14) E farelos de linhaça, trigo, amaranto, quinua…?

Na maioria das vertentes da dieta Paleo, a linhaça é sim permitida – embora ela não vá fazer milagres pelo seu emagrecimento e sua saúde.

Já os outros farelos geralmente são restritos.

Isso porque eles, assim como quaisquer grãos, podem ser eliminados da dieta sem nenhum prejuízo para a saúde.

Resumidamente, podemos dizer que a melhor dieta é aquela que você consegue seguir.

Mas, via de regra, a dieta paleo não incentiva o consumo desses farelos.

Por outro lado, se você leu tudo até aqui e ainda estava com essa dúvida, então possivelmente você ainda não entendeu completamente do que se trata a dieta paleo.

E tudo bem: realmente deve ser um mundo novo para você, cheio de conceitos diferentes daqueles que você estava acostumado a escutar por aí.

Por isso, recomendamos que você acesse nossa lista de alimentos e nosso cardápio gratuitos para a dieta paleolítica.

E, por fim, se quiser se aprofundar e entender ainda mais como é o dia a dia desse estilo de vida, convidamos você para conhecer nosso material premium clicando aqui.

15) Café e chá são permitidos?

Sim, são muito bem-vindos, desde que não sejam adoçados.

Tanto o café quanto o chá são ótimos aliados das dietas, isso porque servem para hidratar e ainda ajudam a lidar com a fome e a vontade de doces.

Inclusive o café apresenta diversos benefícios para sua saúde, então não precisa ter medo dele.

16) Não tenho certeza sobre o que comer a cada dia, em cada refeição, o que devo fazer?

paleo, dieta, paleolítica, emagrecer, saúde, low-carbNeste, você vai gostar de saber que preparamos um cardápio exclusivo para 147 dias de dieta paleo.

Mais informações sobre ele podem ser encontradas aqui.

(Junto com ele estamos oferecendo diversos bônus, como livros de receitas, infográficos explicativos e muito, muito mais – clique aqui para saber mais.)

17) Feijão, lentilha e leguminosas em geral estão liberadas?

Na dieta Paleo mais restrita, não são consumidas leguminosas como feijão, lentilha, grão de bico, dentre outras.

O motivo principal está associado com a presença de antinutrientes nesses alimentos, que impediriam a absorção adequada de outros nutrientes importantes presentes na sua dieta.

Por outro lado, o Mark Sisson, idealizador da dieta Primal, prega que você até pode consumir leguminosas desde que não tenha nenhum tipo de intolerância a elas e as deixe de molho por pelo menos 24h antes de cozinhá-las.

Nós também falamos mais sobre esse assunto no vídeo abaixo:

18) Atingi um determinado peso e não consigo sair dele, como devo proceder?

Se você faz a dieta Paleo e não consegue mais emagrecer, uma primeira tentativa para sair do platô seria reduzir a quantidade de carboidratos ingerida, restringindo o consumo de frutas e raízes.

Mas existem muitas outras alternativas para sair deste problema.

Escrevemos um artigo completo com nossas 15 dicas pessoais para sair do platô de perda de peso – clique para ler.

19) Barrinhas de cereal, pães e biscoitos integrais, cereais matinais, goma de tapioca, podem ser inseridos nessa dieta?

paleo, dieta, paleolítica, emagrecer, saúde, low-carb

Conforme ressaltado, existem diversas vertentes nessa dieta.

De todo modo, via de regra para emagrecer, você vai preferir evitar esses alimentos, e mesmo tubérculos e leguminosas, optando por vegetais, ovos e proteínas pelo menos até atingir o peso desejado.

Além do mais, barrinhas e biscoitos integrais estão longe de ser alimentos considerados Paleo.

Você já experimentou ler os ingredientes desses alimentos?

Além de uma infinidade de ingredientes nada saudáveis, ainda são ricos em carboidratos da pior qualidade.

Certamente você vai preferir ficar longe deles não só durante o período de emagrecimento, mas durante o resto da sua vida.

20) A dieta Paleo Low-Carb e a dieta Slow Carb são a mesma coisa?

Não, não são.

A vertente low-carb da dieta paleolítica visa o consumo apenas de uma pequena quantidade de carboidratos por dia independentemente da fonte, restringindo leruminosas, frutas e raízes.

Já a dieta Slow Carb, de Tim Ferriss, permite o consumo de carboidratos de determinadas fontes como as leguminosas.

Ou seja, não necessariamente a dieta Slow Carb precisa ter pequeno consumo de carboidrato, basta que as fontes desse macronutriente sejam de baixo índice glicêmico.

(Slow significa devagar em inglês e tem relação com o fato dos carboidratos serem de baixo índice glicêmico, ou seja, absorvidos de maneira mais lenta.

Low Carb é o nome dado a um grupo de dietas, que se baseiam na redução de carboidratos – low significa baixo em inglês e as dietas desse grupo são baixas em carboidrato – veja aqui os benefícios da low-carb.)

Falamos mais sobre as dietas low-carb e Slow Carb em outro artigo: Dieta Low-Carb: O que É, e Qual A Melhor Opção Para Você

21) Posso fazer a dieta paleolítica mesmo se eu não quiser emagrecer, mas apenas manter meu peso?

Pode sim.

Inclusive, muitas pessoas baseiam sua alimentação em comida de verdade, ou seja, comem de “maneira paleolítica” mas sem restringir tantos os carboidratos.

Ou seja, elas são mais permissivas com relação às frutas e raízes na dieta.

Dessa forma elas levam uma vida mais saudável e com mais disposição, simplesmente por estarem evitando principalmente os alimentos industrializados.

E ao mesmo tempo não emagrecem mais por não estarem restringindo tanto os carboidratos e as calorias que ingerem diariamente.

22) Devo praticar exercícios físicos para emagrecer durante esta dieta?

Não, exercícios físicos não são essenciais para o emagrecimento e você conseguirá emagrecer perfeitamente apenas se alimentando de acordo com os preceitos da dieta Paleo Low-Carb.

Mas, é claro que atividades física são sempre muito bem-vindas, elas podem não só acelerar seus resultados, como também te deixar com mais disposição e energia durante todo seu dia.

Portanto, se gosta de praticar exercícios de qualquer natureza, pratique-os à vontade.

Neste artigo falamos sobre os três melhores tipos de exercícios físicos para se praticar durante uma dieta paleo, todos visando otimizar a queima gordura corporal.

23) Pratico musculação e viso a hipertrofia (ou outro treino de alta intensidade, como crossfit), posso fazer a dieta Paleo? Como devo me alimentar?

Pode sim, você pode atingir ótimos resultados com essa combinação de paleo com academia.

Uma dica é aumentar a quantidade de carboidratos complexos ingerida de fontes como frutas e raízes nos dias de treino.

Nos dias sem treino, pode maneirar nos carbs e focar mais nas gorduras.

E sempre, em todos os dias, coma muitas proteínas.

24) E com relação às bebidas alcoólicas, posso consumir nesta dieta?

paleo, dieta, paleolítica, emagrecer, saúde, low-carb

Falamos bastante sobre o metabolismo do álcool (e mostramos opções de consumo) nesses dois artigos:

#1- A Verdade Sobre o Álcool, o Emagrecimento e a Hipertrofia

#2 – Vinhos Tintos, Brancos, Bebidas E Drinks Para Quem Está De Dieta: Um Rápido E Abrangente Guia Low-Carb

25) Queijo é paleo? Quais são melhores laticínios para consumir na dieta paleolítica?

Em primeiro lugar é importante ressaltar que a dieta paleo tem diversas vertentes, sendo que algumas delas abolem os queijos completamente, enquanto que outras (como a Primal de Mark Sisson – saiba a diferença entre elas) são mais permissivas.

Nesse caso, o ideal seria preferir queijos com maior quantidade de gordura e menos lactose.

Queijos mais mais antigos / envelhecidos tendem a ter menos lactose, ou seja, deveriam ser sua primeira opção.

Algumas pessoas ainda apresentam reações alérgicas à caseína, embora seja menos comum que a intolerância à lactose.

Sendo assim, não é regra tirar os queijos definitivamente.

Porém pode ser interessante experimentar viver sem queijos por um tempo e, sentindo-se melhor sem eles, então talvez seja melhor moderar seu consumo.

Neste artigo completo sobre queijos na dieta low-carb falamos quais são os tipos de queijos mais recomendados.

26) Quem tem problemas na tireoide como hipertireoidismo, hipotireoidismo ou autoimunidade pode fazer a dieta paleo?

hipertireoidismo, hipotireoidismo, autoimunidade e dieta paleoSim, a dieta paleo, com algumas alterações que variam caso a caso, pode ser uma boa opção para quem apresenta algum problema desse tipo.

Afinal de contas, comer comida de verdade, excluindo farinhas e açúcares de sua alimentação, dificilmente irá fazer mal para alguém, não é mesmo?

Porém, lembre-se de que este texto não substituí uma consulta médica.

No entanto você pode aprender mais sobre o assunto lendo os seguintes artigos:

Além disso, o Dr José Carlos Souto falou sobre a questão do hipotireoidismo no nosso podcast – clique aqui para ver.

27) A falta de doce é o maior empecilho para meu emagrecimento. É possível comer doces na dieta paleo/low-carb?

Sim, é possível incluir algumas iguarias doces em sua dieta paleo.

Existem diversas receitas que são feitas com comida de verdade e que ainda são baixas em carboidratos, que podem tranquilamente fazer parte da dieta paleolítica.

Por isso, agora você não tem mais a desculpa da vontade de doces em sua dieta para deixar de segui-la.

Alguns exemplos de receitas paleo-low-carb são os seguintes:

E se quiser ainda mais receitas de doces e sobremesas low-carb, então você tem que conhecer nossa Coletânia de Receitas de Sobremesas Low-Carb para emagrecer com Prazer – são mais de 59 receitas low-carb para te ajudar a não fugir da dieta nem na hora da sobremesa.

Você pode conferir 4 receitas gratuitas aqui neste link.

28) Sigo a dieta Paleo à risca, porém ainda tenho problemas intestinais, o que pode estar acontecendo?

Você pode estar tendo problemas com os chamados FODMAPs.

Algumas pessoas – mesmo seguindo quase que religiosamente as diretrizes da dieta Paleo – ainda assim sofrem de gases, distensão abdominal, constipação ou diarreia.

Nesse caso, há grandes chances de que os FODMAPs possam ser os culpados.

Os FODMAPs são uma lista de vários tipos de carboidratos que, para muitas pessoas, podem ser difíceis de serem digeridos corretamente.

Falamos mais sobre FODMAPs e sobre como eles podem estar afetando a saúde do seu intestino em um artigo inteiramente dedicado ao assunto.

29) Para finalizar, o que dizer sobre dieta paleo e jejum intermitente?

O jejum intermitente pode ser sim uma adição inteligente a uma dieta Paleo, rica em alimentos de verdade e altamente saciantes.

E nós mesmos o praticamos já há alguns anos (clique aqui para descobrir como fazemos nosso jejum).

Isso porque o jejum intermitente tem diversos benefícios para a saúde – e pode ser mais uma ferramenta para te ajudar a emagrecer, se sentir bem, e viver mais e melhor.

Se você tem dúvidas sobre como conciliar o jejum intermitente com uma dieta paleo / low-carb, este texto foi feito para você.

E, se você tem outras dúvidas sobre o assunto, aqui estão as respostas para 11 maiores dúvidas mais frequentes sobre jejum intermitente.


Mas, caso tenha qualquer outra dúvida, não hesite em deixar seu comentário!

Save

Save

Save

Save

Save

Save

142 Comentários


  1. Aurindo, boa tarde! Obrigado pela participação

    Na verdade sua pergunta é muito específica e sinceramente nós não sabemos responder – nem entendemos também o que você quis dizer com “faz bem a saúde”. Em qual sentido?

    De todo modo acreditamos que não existem alimentos milagrosos e nem “pílulas mágicas”. Saúde vem a partir de uma boa alimentação e prática regulares de exercícios físicos.

    Por isso, a dieta paleo pode ser ótima opção pra você!

    Pedimos desculpas por não responder a sua dúvida

    Forte abraço

    Responder

  2. Boa noite Marisa!

    Em primeiro lugar, é normal o corpo estranhar; afinal você está retirando as fontes de energia favoritas dele (o carboidrato de rápida absorção) e substituindo por gordura, proteínas e carboidratos de lenta digestão. É uma questão de tempo a adaptação (para algumas pessoas esse tempo é menor, para outras, é maior).

    Alternativas para diminuir os sintomas são o aumento da ingestão de calorias (por meio da gordura natural dos alimentos), maior ingestão de água e de sal.

    Além disso o leite (principalmente o desnatado) não traz benefício algum, é praticamente água com açúcar, e provavelmente vai atrasar o processo de adaptação.

    Espero ter ajudado e espero por novidades!

    Responder

  3. Boa noite Pamella!

    Pode usar requeijão sim :)

    De modo geral, as frutas são permitidas. Mas se seu objetivo é o emagrecimento, então é melhor preferir as mais baixas em açúcares, como: abacate, coco, limão, frutas vermelhas e maracujá.

    Tomate seco é uma boa opção; já o amendoim teoricamente não entra na dieta por ser uma leguminosa. Na prática, caso você não tenha alergia, um pouco não fará mal algum

    Espero ter ajudado

    Responder

  4. Boa noite Cecília!

    Cortar os ovos pode ser sim uma opção para melhorar o problema. Ao retirar eles da alimentação é importante que você fique atenta se há uma melhora no quadro do hipotireodismo, e também é importante que você faça esse acompanhamento por meio de exames e junto a um profissional.

    profissionaislowcarb.blogspot.com

    Responder

  5. Boa tarde Júnior!

    Uma alimentação focada em comida de verdade sempre será melhor que uma alimentação com carboidratos refinados, mas o ideal mesmo é buscar um profissional da área alinhado com a filosofia paleo: profissionaislowcarb.blogspot.com

    Em relação ao açúcar de coco, se você não estiver querendo emagrecer, pode usar um pouco sim. Já se estiver buscando a perda de peso, eu aconselho que evite – o comportamento dele dentro do organismo é muito parecido com o do açúcar comum.

    Espero ter ajudado e continuo a disposição

    Abraços!

    Responder

  6. Boa tarde Lidio!

    Teoricamente, ele não entra na dieta. Não é um alimento que foi consumido por nossos ancestrais

    Mas na prática eu acredito que uma quantidade mediana de amendoim não fará mal – é relativamente baixo em carboidratos possui boas gorduras

    Vai de você escolher, mas nó particularmente gosta de um amendoim de vez em quando rsrs

    Responder

  7. Ola Valter!

    Pra falar a verdade a quantidade de carboidratos no longo prazo nada está relacionada a quantidade de energia. Claro que se você acostumar o corpo a alta doses de carboidratos diárias, ficar sem ele terá algum efeito colateral; mas manter-se low carb tambem da muita energia no longo prazo, e o melhor: sem depender de pequenos lanchinhos ao longo do dia.

    Mas mesmo assim, se quiser manter a dose diária de carboidratos, opções muito mais nutritivas que farinhas e açucar (pao e achocolatado) são as raízes. Batata doce, mandioca, batata, cará, etc.

    Espero ter ajudado

    Responder

  8. Eu acho esta dieta fantástica. Em quatro meses fui de 86 para 73 kg….parece absurdo né? Mas nao é. E o melhor! Sem passar fome, comendo comida de verdade e respeitando meu relógio biológico. Atualmente não me imagino comendo como fazia anteriomente. E a comida de verdade é muito mais barata, tanto que no supermercado nao encontro mais nada para consumir praticamente. Eu fiz um hemograma para ver como estavam meus niveis de gordura no sangue e tudo ok. Muito bom.

    Responder

    1. Ola Erick!

      Parabens pelos resultados! Realmente uma dieta baseada em comidade de verdade é o mais saudável a se fazer; e o melhor: cabe no bolso.

      Ficamos muito feliz com seus resultados, e se caso queira usa-lo para motivar mais pessoas, é só mandar fotos/breve depoimento para [email protected] . Ficaríamos muito felizes :)

      Responder

  9. Ola Vânia!

    O farelo de aveia não é um alimento low carb. Boas opções de farinhas são: de amêndoas, de coco, de berinjela, de castanha de caju, etc.

    Espero ter ajudado!

    Responder

  10. Ola Sirlene

    A resposta passa por diversos mecanismos – desde alergias até proteínas específicas.

    No caso dos ovos, um dos principais fatores é a lisozima, que pode transportar algumas outras proteínas (essas sim inflamatórias) através da parede do intestino.

    Essa proteína está presente na clara dos ovos – embora recomende-se experimentar ficar pelo menos 30 dias sem ovos, para depois tentar reintroduzir as gemas.

    De toda forma, o ovo é um alimento com bastante tendência a causar problemas para quem tem doença autoimune

    Responder

  11. Ola Kleber!

    Na verdade o custo benefício é muito alto. Alimentos como carne moída, peito de frango, ovos e vegetais costumam ser bem baratos e formam a base desta dieta – vale a pena tentar!

    Já o preparo você pode fazer em um dia da semana (domingo por exemplo) e fazer marmitas para a semana.

    Boa sorte!

    Responder

  12. Ola Cristiane!

    Farinha vindas de raízes, como as que citou (tapioca e inhame), são permitidas na dieta caso você queira ganhar massa magra.

    Acredito que se fizer a dieta paleo usando estes alimentos, atingirá ótimos resultados!

    Responder

  13. Olá,
    Estou pensando em fazer a dieta, mais para manter meu peso e ganhar massa magra.
    Gostaria de saber se pode usar na dieta a farinha de mandioca, a goma da mandioca (tapioca), a farinha de inhame, ou outras farinhas que venham de alimentos naturais.
    Obrigada,
    Cristiane

    Responder

  14. Oi boa tarde!!
    Faço a Dieta a alguns dias. Não tive diminuição de peso. Mas tive um desinchasso, gostaria de saber com quantos dias, começa a ter resultados de perda de peso com essa dieta?

    Responder

    1. Ola Aryane! Isso varia de pessoa para pessoa, nao tem como eu lhe dar um prazo. Mas tenho certeza que mantendo-se firme na dieta, os resultados não tardarão!

      Além disso, faça medidas do seu corpo. Muitas vezes a balança não muda, mas como você mesmo disso, ocorre desinchasso, ganho de massa magra, etc. Essas coisas podem acabar fazendo com que resultados não sejam mostrados na balança, mas ocorram no corpo.

      Responder

  15. Olá Rosiane,

    Não tem problema nenhum em trocar alimentos refinados (como pão) por opções mais próximas ao que evoluímos para comer – como batatas :)

    Essa é a proposta da alimentação paleolítica – optar por alimentos minimamente processados.

    Em termos de outras alterações de dieta é sempre válido conversar com seu obstetra / pediatra.

    Abraços

    Responder

  16. Olá, Yohan,

    Quem é diabético deveria restringir ainda mais os carboidratos, justamente por serem esses os principais responsáveis pela elevação da insulina.

    Por isso acreditamos que a dieta cetogênica seja a melhor alternativa para esses casos conforme explicado aqui: http://www.senhortanquinho.com/dieta-cetogenica-cura-diabetes-esteatose-hepatica/

    Lembrando que é sempre válido consultar um profissional alinhado à filosofia low-carb de sua confiança, como os que aparecem nessa lista aqui: http://profissionaislowcarb.blogspot.com.br/

    Esperamos ter ajudado,
    Forte abraço!

    Responder

  17. Olá, Dany,

    Muito obrigado por seu comentário e por seus elogios. Ficamos muito felizes ao ler seu comentário. :)

    Desejamos muito sucesso na dieta e estamos à disposição para o que precisar,
    Forte abraço!

    Responder

  18. Post MARAVILHOSO e extremamente esclarecedor !!! Eu não sabia nada sobre essa dieta e depois de ler seu post estou passando a entender como isso tudo funciona ! Muito Obrigada :)

    Responder

  19. Olá, Michele,

    Obrigado por seu comentário. :)

    Acreditamos sim que a dieta paleo com uma abordagem mais low-carb (ou seja, evitando um pouco as frutas e raízes) seja uma boa alternativa. Afinal, uma alimentação baseada em comida de verdade não pode ser ruim, não é mesmo. :)

    O tipo sanguíneo não tem importância na hora de adotar um estilo de vida saudável – não precisa se preocupar com isso.

    No próprio texto da paleo fizemos um FAQ que aborda as principais dúvidas sobre a dieta, acredito que lá você vai encontrar as respostas e as informações necessárias para começar esse novo estilo de vida saudável e atingir seus objetivos.

    Também recomendo esse outro artigo: http://www.senhortanquinho.com/dieta-low-carb-iniciar-e-triunfar/

    Vale lembrar que, diferentemente do que muitas pessoas pensam, você não precisar comer a cada 3 horas, acho que essa informação pode ser útil para você na hora de programar suas comidas e lanches pro trabalho. hehe http://www.senhortanquinho.com/comer-3-em-3-horas-mentira/

    Esperamos ter ajudado e continuamos a sua disposiçã~,
    Forte abraço!

    Responder

  20. Caramba, Andréa, mas que resultados bons! Parabéns!

    Ficamos muito felizes por saber de sua evolução na balança e por sua melhora com relação ao inchaço e aos gases. Esperamos que você consiga se adaptar bem a esse estilo de vida e obter cada vezes mais bons resultados. :)

    Estamos na torcida por você e não deixe de nos contar sempre sobre sua evolução,
    Forte abraço

    Responder

  21. Uau Eliane,

    Parabéns pelos resultados!

    Dá para perceber pelo seu relato que você estudou, e que está colhendo os frutos da sua determinação.

    Temos certeza de que você terá muito sucesso!

    Obrigado por compartilhar com a gente,
    Forte abraço!

    Responder

  22. Olá, Lari,

    Obrigado por seu comentário. :)

    Você pode simplesmente parar de comer de 3 em 3 horas que aí já facilitaria bem para o seu caso.

    Nós mesmos comemos apenas duas vezes ao dia refeições bem caprichadas (treinamos em jejum pela manhã), mesmo que durante 22 anos de nossas vidas tenhamos comido a cada 3 horas. Essa é uma das maiores balelas que existem sobre alimentação.

    Diminuir a quantidade de refeições não vai fazer você engordar, pelo contrário, as chances são que você queime mais gordura como forma de energia nos momentos em jejum.

    O médico e pesquisador canadense Jason Fung e o Dr Souto (maior autoria paleo do Brasil) abordam em detalhes o assunto em um podcast que você pode ler ou escutar gratuitamente neste link aqui: http://www.senhortanquinho.com/o-jejum

    Nós também abordamos o assunto aqui: http://www.senhortanquinho.com/comer-3-em-3-horas-mentira/

    Caso realmente queira continuar comendo a cada 3 horas, algumas opções de lanches práticos que nos veem à cabeça são: pedaços de coco seco, castanhas, nozes, pedaços de queijo, ovos de codorna cozidos, café com creme de leite, whey protein, fatias de salame…

    Não precisa encanar com pré treino, seu corpo está bem preparado para aguentar treinar até mesmo jejum, nós mesmos e muitas outras pessoas adotam esse prática. Ou então coma um dos lanchinhos sugeridos. :)

    De preferência abandone o iogurte grego que é cheio de açúcar – certamente é melhor não comer nada que comer esse tipo de industrializado – principalmente se seu objetivo for emagrecer.

    Também sempre recomendamos que se consulte com um profissional confiável alinhado com a filosofia paleo como os que aparecem nessa lista: http://profissionaislowcarb.blogspot.com.br/

    Esperamos ter ajudado e continuamos a sua disposição para o que precisar,
    Forte abraço!

    Responder

  23. Olá, Julianne,

    Acreditamos que seja possível sim, afinal sempre vai ser saudável se alimentar baseada em comida de verdade e ainda com certa restrição de carboidratos. :)

    Talvez você tenha interesse em saber mais sobre o jejum intermitente, que é uma ótima ferramenta para ajudar a eliminar os últimos quilos e a definir os músculos.
    http://www.senhortanquinho.com/o-jejum

    Esperamos ter ajudado e continuamos à disposição,
    Forte abraço!

    Responder

  24. Olá, Natália,
    Obrigado por seu comentário. :)

    Na verdade a ideia é que você vá reinserindo os carboidratos em sua alimentação conforme for atingindo o peso desejado (ou mesmo após tê-lo atingido).

    E dessa forma, você mesma vai perceber a quantidade de carboidratos que não te faz engordar. :)

    Esperamos ter ajudado,
    Forte abraço!

    Responder

  25. Muito obrigado novamente pelo comentário, Régis!

    Realmente é um trabalho que vale a pena, ainda mais com comentários como o seu. Pode ter certeza que é muito gratificante e nos dá ainda mais vontade de continuar sempre dando nosso melhor a nossos leitores.

    Obrigado também por fazer parte da grande família do Senhor Tanquinho!

    Forte abraço!

    Responder

  26. Olá Régis,

    Obrigado pelos elogios e por nos acompanhar!

    Muito interessante a sua pergunta – e a resposta é que a resposta vai variar de pessoa para pessoa.

    Na verdade, a maior parte das pessoas vai se beneficiar da redução dos carboidratos refinados e da ingestão de gorduras boas, assim aumentando sua saciedade e reduzindo seu apetite.

    Portanto, elas dificilmente vão comer todas as refeições como se fossem a última – o que tende a acontecer é uma redução praticamente automática da ingestão de calorias.

    Entretanto, existem pessoas que conseguem perder peso mesmo em dietas que seriam consideradas bastante hipercalóricas – tudo isso devido aos benefícios hormonais como aumento da sensibilidade à insulina.

    Desse modo, em termos de “quantidade de comida”, eu simplesmente proporia que você comesse à vontade, até ficar satisfeito, dos alimentos propostos para a dieta paleo. Porque provavelmente isso é mais do que suficiente para você não engordar.

    (Deixando claro que isso é para atingir um peso saudável. Porque se você deseja um físico típico de capa de revista masculina – que não seria “natural” para a maior parte das pessoas – então isso exigirá medidas também não “naturais” – como possivelmente contar calorias, por exemplo).

    Faz sentido, Régis?

    De todo modo, respondendo a sua última pergunta: em qualquer um dos casos, você absolutamente não precisa comer de três em três horas.

    Escrevemos um pouco sobre isso aqui: http://www.senhortanquinho.com/comer-3-em-3-horas-mentira/

    Espero ter ajudado, e continuamos à disposição!
    Forte abraço!

    Responder

    1. Muitíssimo obrigado Sr. Tanquinho! Todo trabalho que vocês fazem para manter o blog atualizado e respondendo sempre as perguntas é impressionante! Muito sucesso não só no site, mas na vida de cada um de vocês! Forte abraço!

      Responder

  27. Bom dia! Ainda não entendi muito bem a diferença entra as dietas paleo e low carb…Adiferença essencial delas…o q ´posso comer em uma e não na outra?
    Obrigado!

    Responder

    1. Oi Carol,

      A dieta Paleo Low-Carb é apontada por especialistas como especialmente útil para casos de diabetes e síndrome metabólica (a própria Ellen Davis escreveu sobre isso e traduzimos aqui: http://www.senhortanquinho.com/dieta-cetogenica-cura-diabetes-esteatose-hepatica/ ).

      Entretanto, você DEVE contar com o auxílio de um médico alinhado à filosofia paleo/low-carb para efetuar essa transição (inclusive porque ela pode afetar as dosagens de remédios que você porventura utilize).

      Uma lista desses profissionais está sendo constantemente compilada e atualizada e pode ser encontrada aqui: http://profissionaislowcarb.blogspot.com.br/

      Forte abraço!

      Responder

  28. Olá, Dilton,
    Obrigado por seu pergunta!

    Acredito que o melhor seja testar o que funciona melhor para você.

    Uma opção interessante seria ingerir alguns gramas de BCAA antes do treino – o que seria a primeira alternativa se você está sendo low-carb. E uma outra opção seria realmente comer um pouco de carboidratos.

    Você pode testar um período com cada uma das opções (ou mesmo associando ambas) para ver como seu corpo responde.

    Procurar um profissional para auxiliar nessa hora também é uma boa e recomendada alternativa! :)

    Esperamos ter ajudado,
    Forte abraço!

    Responder

  29. Boa tarde! Sou praticante de Crossfit e seguidor da Paleo há 8 meses. Passei a treinar 5 : 30 da manhã em jejum e senti diminuição no rendimento, passei a tomar café com Ghee e não houve melhora. Tenho 77 kg, já perdi 7 e pretendo perder mais 4. Comer carbo bom como pré treino seria uma boa? obrigado e Parabéns pelo blog!

    Responder

    1. Que bom que gostou, Giselle,
      Tomara que você tenha muito sucesso!

      Uma alternativa ao leite seria o leite de amendoas ou até mesmo creme de leite – isso pode ajudar você a se manter longe do leite. hehe

      Forte abraço!

      Responder

  30. Olá Liv,

    A dieta paleolítica low-carb é especialmente indicada para tratar esses problemas – ao remover carboidratos refinados, elementos industrializados e focar em comer comida de verdade, você tende a criar um ambiente muito mais favorável para seu corpo.

    Mas atenção: converse com o seu médico ou profissional de confiança antes de utilizar a dieta como terapia. Uma lista de profissionais alinhados à filosofia Paleo/Low-Carb pode ser encontrada aqui: http://www.lowcarb-paleo.com.br/2014/05/lista-de-profissionais-de-saude-paleo.html

    Gostaria de sugerir a leitura de 3 links para você, de modo a embasar melhor o que estou dizendo, um do Senhor Tanquinho mesmo, e os outros dois do blog do Doutor Souto.

    O primeiro e o segundo dizem respeito ao fígado:
    #1 – http://www.senhortanquinho.com/dieta-cetogenica-cura-diabetes-esteatose-hepatica/

    #2 – http://www.lowcarb-paleo.com.br/2013/12/o-figado.html

    E o terceiro fala sobre a vesícula:
    #3 – http://www.lowcarb-paleo.com.br/2013/12/a-vesicula.html

    Espero que essas leituras sejam úteis para auxiliar o entendimento do que é verdade e do que é mito nesse mundo com tantas informações por vezes conflitantes.

    Forte abraço!

    Responder

    1. Olá, Etiana,

      Se seu objetivo é emagrecer, então o melhor é evitar o mel – ele possui muitos carboidratos em sua composição (nesse caso é melhor preferir algum adoçante como xylitol ou eritritol, se tolerado).

      Porém, se apenas quer adotar o estilo paleo de vida, comendo comida de verdade, então o mel pode ser sim um substituto saudável com relação ao açúcar.

      Forte abraço!

      Responder

  31. Olá, cheguei ao blog através de uma pesquisa sobre BCAA.
    Estou mt feliz de estar aqui, tenho duas perguntas.

    PRIMEIRO gostaria de saber se posso fazer essa dieta, me exercitar na academia e suplementar com BCAA todos os dias? Meu objetivo é perda de peso e tonificação do corpo.
    Segunda pergunta, como não pode usar açúcares e proíbe tb doces acho que vou morrer, e como vcs não devem querer que nenhum leitor de vocês morram, gostaria de saber se posso ingerir mel?

    Obrigada!

    Responder

    1. Olá, Thaianie,
      Obrigado por seu comentário!

      Vamos as suas dúvidas:
      1) Você pode sim treinar e suplementar com BCAA na dieta Paleo, sem problema algum.

      2) Pode ficar tranquila, você não morre se não comer açúcares e doces : )

      Se procura perder peso, o melhor seria evitar carboidratos (inclusive do mel e de frutas) na maior parte do tempo, preferindo comer apenas os carboidratos de legumes e vegetais. Você também pode comer alguns carboidratos bons nos dias de treino, preferencialmente, como frutas vermelhas (que possuem menos açúcar) e raízes (como cenoura e batata doce que apresentam menor índice glicêmico).

      Se o melhor estiver fazendo MUITA falta em sua vida, prefira consumi-lo logo após seus treinos. =)

      Esperamos ter ajudado,
      Forte abraço!

      Responder

  32. Primeiramente parabéns pela postagem, esclareceu muitas dúvidas que eu tinha sobre a dieta paleo. Comecei há 3 dias e já sinto uma diferença enorme em relação a fome. Realmente a gordura sacia muito mais que o carbo de baixo indice glicemico. Optei por uma dieta mais restrita, mais proteinas, gorduras e vegetais. Espero voltar mais vezes aqui no blog e testemunhar sobre a dieta paleo. Vamos avante. Minha meta é eliminar 10 kg, atualmente estou com 91 kg e 1.84 de altura. Abraço!

    Responder

    1. Olá, Itallo!

      Muito obrigado por seu comentário e PARABÉNS por ter iniciado esse novo estilo de vida. Temos certeza que terá sucesso com a dieta Paleo e estamos à disposição para te ajudar com ela. =)

      Também esperamos te ver mais vezes por aqui dando seu relato, sinta-se a vontade para comentar em nosso blog sempre que quiser, será um prazer respondê-lo.

      Forte abraço!

      Responder

  33. Olá, Juliana,
    Obrigado por seu comentário.

    Realmente pode ser que tenha ocorrido um excesso nas gorduras. Estamos torcendo para que tenha sucesso desta vez. =)

    Por contar sempre conosco nessa caminhada!

    Forte abraço

    Responder

  34. Eu gosto desse estilo de vida paleolitico :)
    Trident será que faz muito mal? porque costumo acabar de almoçar e mascar 1 trident será que prejudica minha dieta?

    Responder

    1. Olá, Zelena!

      Obrigado por seu comentário. =)

      Não precisa se preocupar com o Trident, se estiver fazendo tudo certinho não será isso que irá prejudicar seus resultados.

      Forte abraço!

      Responder

  35. Bom dia … essa dieta tem alguma restrição ou contra indicação para quem ja retirou a vesicula e tem gordura no figado ?

    Responder

    1. Olá, Raquel,
      Obrigado por seu comentário =)

      A dieta paleo low-carb é totalmente indicada para quem tem gordura no fígado, não se preocupe pois ela inclusive ajuda a diminuir a quantidade de gordura no fígado. https://www.facebook.com/srtanquinho/photos/a.212289248969283.1073741828.184099298454945/424562797741926/?type=3&theater

      Também não existe nenhum problema se você não tem a vesícula, veja só esse artigo do Dr. Souto sobre o assunto: http://www.lowcarb-paleo.com.br/2013/12/a-vesicula – do qual destaco a seguinte frase: “Qual a solução? Fracionar a gordura em pequenas quantidades durante o dia, e aumentar a gordura na dieta os poucos, a fim de que seu intestino se acostume.”

      Esperamos ter ajudado, Raquel,
      Forte abraço!

      Responder

  36. Boa tarde, Igor,
    Obrigado por seu comentário. =)

    Geralmente não é necessário fazer uma primeira etapa mais restrita.

    Mas nada impede que você faça por conta própria uma restrição maior de carboidratos no início da dieta (como na dieta Atkins, que é dividida em fases e no início uma menor quantidade de carboidratos é permitida diariamente). Nesse caso pode ser interessante se abster iogurtes e sobremesas paleo.

    Sobre o plano alimentar, nós temos para 91 e 147 de dieta. Trata-se uma espinha dorsal para dieta, ou seja, apresenta 4 refeições diárias para guiá-lo ao longo dos 91 (ou 147) dias. As refeições são sugestões e podem ser substituídas entre si ou com outros alimentos permitidos na dieta. O plano também acompanha livro de receitas .

    Esperamos tê-lo ajudado e ficamos a sua disposição,

    Forte abraço!

    Responder

  37. Gostaria de saber se no inicio devemos ter uma “dieta” mais rígida e devemos evitar alguns alimentos mesmo que permitidos na dieta paleo, tipo iogurtes, algum tipo de queijo, ou até mesmo alguma sobremesa paleo ?? Existe algum plano para os 15 ou 30 primeiros dias??

    Responder

  38. oii comecei hoje a fazer a dieta preciso perder uns quilinhos so que tenho uma dúvida eu quero perder gordura pois tenho gordura localizada na barriga malho todos os dias oque eu devo comer antes do treino pra dar energia? Pq quero a dieta pro emagrecimento. Obgd

    Responder

    1. Olá, Dienifer,

      Obrigado por sua pergunta.

      Não precisa se preocupar com o que comer em cada horário do dia. Nós, por exemplo, vamos sempre treinar em jejum e fazemos low-carb no restante do dia.

      Você também pode optar por comer carboidratos de baixo índice glicêmico (como batata doce, antes ou após os treinos e manter a alimentação bem low-carb no restante do dia e nos dias sem treino.

      Forte abraço!

      Responder

  39. Olá, Alessandra!

    Chás em geral são permitidos, desde que não sejam adoçados. Inclusive esses da herbalife.

    Embora os chás convencionais do mercado já dêem conta do recado – mas a escolha é totalmente sua. =)

    Forte abraço!

    Responder

  40. Patrícia,

    essa dieta é feita por diversas pessoas com colesterol elevado, e inclusive há relatos de que ela auxilia a melhorar essa condição.

    No entanto, sugerimos que procure um médico de sua confiança antes de adotar qualquer medida que possa interferir numa condição de saúde já existente.

    Abraços!

    Responder

  41. Olá, Rafael,

    Obrigado por sua pergunta…vamos por partes…

    No almoço você poderia sim ingerir batata doce nos dias de treino e não há problema algum em comer de 8h em 8h, mesmo nos dias de treino. (Você poderia tomar um suplemento de BCAA de pré-treino, por exemplo.) Vale destacar que cabe somente a você decidir o intervalo entre as refeições.

    Com relação aos suplementos, pode consumi-los se desejar, mas se já tiver uma alimentação boa e que supra suas necessidades em termos de macronutrientes, a suplementação pode ser desnecessária. Você não precisa se preocupar com catabolismo, como explicamos melhor nesse texto: http://www.senhortanquinho.com/comer-3-em-3-horas-mentira/

    Espero ter sanado todas as suas dúvidas, Rafael,
    Forte abraço!

    Responder

    1. Muito obrigado pelas explicações e pela atenção. Realmente tirou várias e várias dúvidas que tinha e vi os certos mitos inventados por muitos como o comer de três em três horas. Estou a menos de 1 mês na academia e já estou vendo ótimos resultados. De calça número 46 já estou em 42 passando para 40, perdendo gordura corporal e desenvolvendo bem os músculos. Estou bem empenhado e essa dieta Paleo chamou demais a minha atenção. E mais uma vez, obrigado. Parabéns pelos ótimos artigos, pelo ótimo site!!! Abs!

      Responder

  42. Olá. Entrei na dieta paleolítica, mas quero saber algumas coisas. Treino na academia e quero perder aquela gordura localizada que é difícil de sair (resultado de anos de lasanha, pizza, refrigerante, hambúrguer…), ao mesmo tempo não quero perder massa muscular, pelo contrário, quero ganhar. Então creio que que a dieta sem carbo seria inapropriada para mim, pois faço musculação + Aeróbios. No meu almoço poderia ingerir batata doce ou algo do tipo para suprir a necessidade de carbo? Caso a dieta seja focada em se alimentar de 8 em 8 h, deve-se fazer o pré/pós treino? Ou da pra aguentar com um café da manhã enriquecido em proteínas, fibras e gorduras? Como minha meta é perder gordura corporal e ganhar massa muscular fico um pouco confuso. Ultima pergunta… Não me suplemento, mas se eu começar, seria apropriado para a dieta paleo, na ajuda de perder gordura corporal, ganhar massa musc. E para não catabolizar?

    Obs: Treino entre 13:30 ~ 15:00 5x semana

    Responder

  43. Olá, Pedro,

    Muito obrigado por sua pergunta.

    Em primeiro lugar é importante ressaltar que a dieta paleo tem diversas vertentes, sendo que algumas delas abolem os queijos completamente, enquanto que outras (como a Primal de Mark Sisson) são mais permissivas.

    Nesse caso, o ideal seria preferir queijos com maior quantidade de gordura e menos lactose.

    Queijos mais mais antigos/envelhecidos tendem a ter menos lactose, ou seja, deveriam ser sua primeira opção.

    Algumas pessoas ainda apresentam reações alérgicas à caseína, embora seja menos comum que a intolerância láctea.

    Sendo assim, não é regra tirar os queijos definitivamente. Porém se experimentar viver sem queijos por um tempo e se sentir melhor sem eles, talvez seja melhor moderar.

    Alguns dos tipos de queijo mais recomendados são: Gouda, Cheddar e Feta – e quanto mais “envelhecido” melhor.

    Forte abraço!

    Responder

  44. Estou na paleo faz alguns dias e vi em vários sites receitas que utilizam queijos, então gostaria de perguntar se há algum problemas ao ingerir queijos em geral (prato,mussarela,etc…)

    Responder

  45. Olá Princess Dress Boutique,

    na minha opinião, o problema não está na dieta.

    Em primeiro lugar, os sintomas que você relatou são comuns entre usuários de termogênicos.

    Além do mais, uma dieta baixa em carboidratos como a Atkins não foi feita para pessoas com atividades físicas muito intensas (musculação + aeróbico, por exemplo).

    Desse modo, penso que a combinação de todos esses elementos é que ocasionou esses sintomas.

    Então, caso opte por retomar a dieta, sugeriria que você adote um regime de exercícios mais relaxado (como musculação 2-3x por semana, ou caminhadas leves)… e deixe que o emagrecimento venha como resultado da sua alimentação :)

    No caso de esses sintomas permanecerem, sugiro que consulte um médico.

    Forte abraço… e sucesso no emagrecimento!

    Responder

  46. Olá Thais,

    em primeiro lugar, quero te deixar tranquila: caso não queira ou não consiga comer nada pela manhã, não há problemas – e isso não vai atrapalhar de maneira nenhuma os seus resultados.

    Quanto ao leite, algumas linhas de Paleo o aceitam, e outras não. Um dos motivos é que não é muito “natural” tomar um alimento destinado a bebês de outra espécie, não é mesmo? ;)

    Mas o principal é que o leite é um dos maiores causadores de alergias alimentares, não sendo bem tolerado pela maioria das pessoas.

    Por outro lado, algumas outras vertentes de Paleo gostam de alguns derivados do leite: especialmente manteiga, alguns fermentados (como iogurte), e até mesmo whey protein.

    Como sugestão, experimente ficar 30 dias sem lactose e veja como se sente… Caso se sinta melhor, pode ser uma boa ideia elimina-la da sua dieta.

    No fim, é uma escolha que só cabe a você.

    Desejo sucesso com sua saúde!

    Forte abraço

    Responder

  47. Olá Maurício,

    as frutas, por si só, não são ruins.

    Porém, conforme dissemos, as frutas são considerados alimentos Paleo – porém, se você deseja emagrecer, pode ser interessante retirá-las da dieta por um tempo, especialmente para melhorar a sensibilidade à insulina.

    Outra dieta para emagrecer que também restringe as frutas com sucesso é a dieta Slow Carb: http://www.senhortanquinho.com/dieta-slow-carb-cardapio-receitas-lista-de-alimentos-permitidos-5-regras-para-emagrecer-agora/

    Espero ter esclarecido sua dúvida!

    Forte abraço

    Responder

  48. Marlene,

    você está coberta de razão, as oleaginosas de fato possuem ácido fítico, que alegadamente traz muitos prejuízos para a saúde.

    Dependendo da linha Paleo que você segue, vai ouvir gente dizendo para jamais ingerir tais alimentos.

    Eu pessoalmente não sou a favor de restrições absolutas e penso que, se por um lado devorar oleaginosas em grandes quantidades pode sim ser prejudicial, por outro nós humanos conseguimos lidar bem com quantidades baixas de ácido fítico.

    Por isso, não existe um real motivo para abandoná-las completamente caso você as aprecie – mas sim apenas para restringir/moderar o consumo.

    E, por fim, existem algumas medidas que podem ser tomadas para supostamente minimizar os efeitos do ácido fitato, dentre elas:
    – tirar a casca;
    – demolhar;
    – desidratar (a temperaturas não muito elevadas);
    – cozer ou torrar.

    Vale lembrar que essas recomendações são baseadas em evidências anedóticas – dicas do autor americano Chriss Kesser (http://chriskresser.com/another-reason-you-shouldnt-go-nuts-on-nuts/) – e portanto não têm o peso de um estudo científico como costumamos utilizar aqui no site.

    Ou seja, resumo: pode ser bom moderar, mas não há um real motivo para abandonar oleaginosas completamente.

    Forte abraço!

    Responder

  49. Olá! Gostaria de saber se a dieta low – carb tambem diminui a massa magra ou so gordura ??

    Responder

    1. Olá Suyane,

      Na maioria das dietas é praticamente impossível perder apenas gordura – isto é, o mais comum é que um pouco de massa magra e água também sejam perdidas.

      Dito isso, existem medidas para minimizar a perda de massa magra numa dieta.

      Por exemplo, você pode praticar um esporte como a musculação, que auxilia a preservar massa magra, e também manter bons níveis de ingestão de proteína.

      Por fim, ainda há o caso mais raro de pessoas com bastante peso para perder, e que são iniciantes no esporte. Nesse caso, pode ocorrer perda de gordura e ganho de massa simultaneamente!

      Sendo assim, o ponto não é “encontrar uma dieta que só perde gordura” – mas sim minimizar a perda de massa magra enquanto se queima gordura.

      Faz sentido?

      Forte abraço!

      Responder

  50. tenho 27 anos fiz uma reduçao alimentar e malho a 2 anos tenho altos e baixo mais nunca voltei ao primeiro peso meu! estou em uma dieta retirando aos poucos os carboidratos a mais ou menos 2 a 3 meses e os resultados finais sao bem lentos! vc me indicaria fazer a dieta paleolítica por um tempo pra finalizar e chegar aos meus objetivos? estou no aguardo ansioso pela resposta! obrigado

    Responder

    1. Olá Fabinho,

      a dieta paleolítica é sim uma ótima forma de atingir resultados duradouros. Ela também é interessante por poder ser baixas em carboidratos – embora isso vá depender de como você vai se organizar em termos de alimentos ingeridos.

      Se deseja ter certeza, sugiro que baixe nosso cardápio gratuito da dieta paleolítica (link no texto) e experimente por uma semana.

      Espero que essa dieta que já ajudou a tantos também ajude a você!

      Forte abraço

      Responder

  51. Gostaria de saber se essa dieta tem ou poder ter o dia do lixo? E a partir de quanto tempo eu posso começar a ter o dia do lixo?

    Responder

    1. Olá Angellina,

      Existem várias abordagens para a dieta Paleo, sendo que as mais estritas não aconselham o consumo de alimentos industrializados nem mesmo em momentos de Dia do Lixo.

      Todavia, nós acreditamos que, se você deseja emagrecer e ser mais saudável, sem tantas restrições a sua sanidade, um dia do lixo pode sim ser incluído – e ainda por cima ser benéfico.

      Conforme explicamos nos texto sobre o dia do lixo ( http://www.senhortanquinho.com/dia-do-lixo-beneficios-para-dieta-e-treino/ ), o dia do lixo ajuda a evitar a estagnação da sua perda de peso. Sendo assim, acredito que ele pode ser inserido desde a primeira semana, mas não há prejuízos de se esperar um pouco mais (como um mês, por exemplo) para realizar seu primeiro.

      Lembrando que sua saúde mental também é importante, e ela pode ser beneficiada por essa adição na sua dieta.

      Resumindo: se for para tornar sua vida mais agradável, pode fazer. A saúde é um processo que visa ao longo prazo, e não só uma “perda de peso agora”.

      Forte abraço!

      Responder

  52. Olá Rosana,

    para acompanhar a alta demanda energética do CrossFit, sugiro que não corte todos os seus carbos.

    Em dia de treino, foque em ingerir quantidade suficiente de proteínas, e também carboidratos complexos (arroz integral, batata doce, algumas frutas).

    Isso deve fornecer energia suficiente para seu corpo, sem estragar sua dieta.

    Boa sorte na nova modalidade!

    Forte abraço,
    Senhor Tanquinho

    Responder

  53. parabens muito bom seu blog comecei a um mês e perdi 2kg isso porque recai varios fins de semana meu pecado é a cerveja em função de muitos eventos mas irei mudar e adotar os secos…..

    Responder

  54. Olá Monica,

    motivação é um tema bem complicado mesmo… Mas vou te dar duas sugestões que têm ajudado bastante as pessoas na nossa comunidade.

    #1 – Inscreva-se na nossa Lista de Emails. Lá enviamos, além de materiais exclusivos, relatos nossos e ocasionalmente de leitores que mostram que você pode conseguir sim. Vendo esses casos de sucesso, você certamente vai se animar. Você pode se inscrever deixando seu email no campo no topo da página, ou ao final de cada texto.

    #2 – Você tem Facebook? Se sim, uma sugestão é entrar num grupo de apoio, que serve tanto de motivação quanto de plataforma para esclarecer dúvidas. Minha sugestão pessoal é este grupo aqui: https://www.facebook.com/groups/dietasparaemagrecer/

    Sendo assim, espero que com essas duas dicas você alcance a motivação para cuidar de seu corpo da maneira que ele merece. Lembre-se que sua saúde é seu bem mais precioso e vale a pena o investimento.

    Boa sorte, Monica. Precisando de algo, estamos aqui para ajudar.

    Forte abraço!

    Responder

    1. Lívia,
      Poder ou não poder na dieta Paleo acaba sendo meio relativo.

      Como dissemos em outros comentários e no próprio texto, existem várias vertentes e variantes distintas, algumas mais abertas outras mais restritas.

      No caso do whey, por se tratar de leite e ser um alimento processado (duas coisas não muito bem vindas na dieta paleo), podemos dizer que não é permitido.

      Porém, se seu objetivo é o emagrecimento ou a hipertrofia, inserir whey em sua dieta não irá prejudicar seus resultados, pelo contrário.

      Responder

  55. Queria saber se feijão-verde, grão-de-bico, ervilhas, feijão em geral e favas estão permitidos.
    É que já ouvi dizer que não >.< Muito confuso..

    Responder

    1. Bom dia, Felipa!
      Feijão, grão de bico e ervilhas não são permitidos, conforme dissemos no texto:
      “Elimine os grãos e seus derivados, como farinhas e óleos (também devemos evitar óleos de sementes)”.

      Mas se você deseja comer grãos e embutidos, sugiro que dê uma olha na dieta Slow Carb:

      Responder

  56. Olá,
    Penso em aderir à paleo mas pratico musculação e tenho dúvidas com relação ao ganho de massa/força. É possível, fazendo paleo?

    Responder

    1. Olá, João,
      É sim possível obter ganhos musculares e de força fazendo a dieta Paleolítica.
      Uma dica é aumentar o consumo de carboidratos nos dias de treino, como frutas e raízes, que possuem grande quantidade desse macronutriente.

      Responder

  57. Jake, se seu médico falou que alimentos gordurosos devem ser evitados, acredito que dietas Low-Carb não são recomendadas para você por enquanto. Todas elas focam no consumo de gorduras e proteínas para levar ao emagrecimento.

    Responder

  58. Luan, existem diversas vertentes da dieta Paleolítica, e a maioria delas não recomenda o consumo de aveia.

    Responder

  59. Ptorisco, como você percebeu, a dieta possui algumas vertentes, umas mais restritivas e outras menos.
    No caso, água de coco é algo natural e você pode tomá-la. Porém, fique atento às quantidades de carboidratos se o seu objetivo é o emagrecimento.

    Responder

  60. Boa noite.
    Dei a largada para uma mudança radical no estilo de vida.
    Há alguns meses venho trabalhando minha alimentação, mas aderi plenamente à dieta paleo. Posso garantir que a mudança comportamental do corpo é algo extraordinário.
    Por exemplo, quando eu ingeria café sem açúcar sentia inclusive ânsia, mas com a paleo não consumo mais nada com açúcar e as bebidas e alimentos tem sido melhor saboreadas por mim, inclusive o café. Antigamente eu taxava de louco quem fazia uso de café sem adição de açúcar (kkkkk).
    Tenho ingerido quantidades significativas de carnes, laticínios, legumes e frutas, no início era difícil aguentar a puxada, mas hoje sinto-me muito bem, restaurado. Ainda estou engatinhando, mas já tenho observado os resultados de forma satisfatória. Irei confirmá-los dentro de 30 dias, momento em que solicitarei ao médico exames para um check-up.
    Volto a falar com todos dentro de 30 dias.
    Grande abraço e que Deus nos abençoe.

    Responder

  61. Ana Carolina,

    É possível sim. Nesse caso, sua dieta será bem rica em proteínas, e não será tão baixa em carboidratos (especialmente nos dias de treino). Esses carboidratos a mais podem ser obtidos principalmente por meio de tubérculos, legumes, frutas… E fica ainda mais fácil se sua vertente de Paleo for tolerante com laticínios.

    Forte abraço!

    Responder

  62. Adriana,

    Esses farelos estão bem na moda mesmo – especialmente o amaranto, que tem sido adotado por varias pessoas, devido à popular ideia de que o glúten seria o grande vilão na busca do emagrecimento.

    Vale pontuar que a dieta Paleo tem diversas vertentes, e a grande maioria dos seguidores opta por restringir esses alimentos (grãos em geral), sem nenhum prejuízo para a saúde.

    Ainda assim, acompanhamos casos de diversas pessoas que conseguiram emagrecer com a inserção dos farelos, que apresentam um bom conteúdo proteico, além de fibras.

    Nossa recomendação, então, seria a seguinte: experimente fazer a dieta por 1-2 meses sem os farelos, e depois os reinsira, pelo mesmo período de tempo. Se achar que funciona melhor para você, continue com o estilo de vida – afinal, cada organismo é diferente.

    Desejo muita sorte em sua jornada!

    Forte abraço

    Responder

  63. Olá Rodrigo,

    conforme ressaltado, existem diversas vertentes nessa dieta. De todo modo, via de regra para emagrecer, você vai preferir evitar esses alimentos, e mesmo tubérculos e leguminosas, optando por vegetais, ovos e proteínas até a estabilização do peso.

    É um pouco radical, mas bastante eficiente!
    Forte abraço e sucesso!

    Responder

  64. Boa noite, Paloma,

    Você pode fazer a dieta Paleolítica sem problemas ou prejuízos a sua saúde.

    Isso emagrecendo, e consequentemente diminuindo sua gordura corporal, seus níveis de colesterol tendem a se manter normais, bem como sua circulação.

    O colesterol bom pode aumentar, aumentando o colesterol total (mas não é nada alarmente), pois o importante é a proporção colesterol bom/colesterol ruim, e ela certamente vai melhorar porque sua saúde em geral estará melhor.

    Inclusive vale lembrar que o colesterol ingerido não tem quase muita relação com o colesterol no sangue. Tanto é q se você cortar ele de seu dieta, seu figado vai produzir mais, pra ficar com mais no sangue e entrar em equilíbrio.

    Responder

  65. Eu fiz essa dieta sem saber o seu nome rs.. agora estou no efeito platô. Neste caso, fazendo essa dieta Low carbo, qual a melhor dieta para fazer?

    Responder

    1. Se você faz a dieta Paleo e não consegue mais emagrecer, recomendo que reduza a quantidade de carboidratos ingerida, restringindo o consumo de frutas e raízes.

      Responder

  66. Comecei a dieta a dois dias por influência do meu marido e um casal de conhecidos espero emagrecer no mínimo 30 kg. num período de 10 meses torçam por mim.

    Responder

  67. Sou vegetariana e comecei a dieta paleo há 10 dias. Perdi 1,5 kg. Vou continuar. Tenho sentido menos fome. Aproveito bem o azeite, os ovos, como um pedaço de queijo bem amarelo no almoço, capricho nas folhas verdes, no brócolis e outros vegetais com baixo teor de carboidrato e ainda tenho disposição.

    Responder

    1. Muito bem, Cynthia!

      Certamente a disposição e o bem-estar também devem ser levados em conta na hora de se escolher uma dieta sustentável a longo prazo! Parabéns pelos resultados e por compartilhar seu progresso aqui com a gente!

      Forte abraço

      Responder

  68. Ja faço parte desse estilo de vida e posso garantir minha saude melhorou muito….Fora a perda de peso ki esta sendo satisfatoria… em apenas 1 mes perdi 5.8….ainda falta 8 p meu peso ideal….e 10 p minha meta…..sou Paleo seeeempre…..

    Responder

    1. Café e chá estão liberados sim.
      Mas vale lembrar que grandes quantidades de cafeína não fazem bem a ninguém. Portanto, tendo bom senso, está liberado sim! Pode continuar degustando seu cafezinho… :)

      Responder

  69. Eu estou seguindo a paleo low carb tem 70 dias e consegui eliminar 7,4 até aqui. Nos primeiros dias é difícil mas depois de um tempo nem senti mais fome! Dá pra comer super bem e saciedade total! Recomendo!

    Responder

  70. Tenho acido urico alto, algum problema de tentar está dieta, que tem como base proteínas.

    Responder

    1. Cientificamente ainda não há nada que comprove que esta dieta tenha relação com elevação do ácido úrico. Porém, para que possa ficar mais tranquilo, recomendamos que consulte um médico de sua confiança.

      Responder

  71. Olá Lu RS,

    Conforme é sabido, existem diversas vertentes desta dieta, algumas das quais toleram a aveia.

    Obviamente, não defendemos que a aveia seja a BASE de sua dieta. Inclusive, se optar por incluir algum tipo de cereal, existem opções como trigo sarraceno ou mesmo amaranto (opções populares entre alguns celíacos justamente por não possuírem glúten).

    Por outro lado, talvez você já tenha notado que nossa linha de pensamento não é extremamente proibitiva, e acreditamos que o consumo de aveia em quantidades moderadas (por exemplo, até 50g), não ofereça grande risco à saúde. Especialmente num contexto de pós-treino, o seu efeito insulinogênico pode até mesmo ser benéfico – dependendo, é claro, dos seus objetivos.

    Acreditamos, então, que o mais importante é você estar bem consigo mesma, com sua saúde e com seu corpo.

    Neste caso, aconselho que faça um teste: adicione, por uns 2 meses, a aveia a sua dieta e veja se emagrece, engorda ou se seu colesterol aumenta.

    Depois retire a aveia, por uns 2 meses, e veja os novos resultados.

    Resumindo: já que não existe consenso entre as diversas correntes da dieta paleolítica, tente adaptações graduais até encontrar o que funciona para VOCÊ.

    Forte abraço!

    Responder

    1. Claro!

      Realmente vale a pena o teste!

      Apenas salientei que no livro foi relatado o aumento de colesterol.

      Forte Abraço e obrigado pelo blog e pelas informações!!!

      Responder

    2. Ah sim claro vale o teste!

      Apenas quis salientar sobre os comentários do médico sobre a Aveia e o aumento do Colesterol!

      A insulina tem efeitos conhecidos na hipertrofia!

      Valeu as dicas!

      Abraço

      Responder

    1. Olá Acelomada,

      talvez você já saiba que existem diversas vertentes da dieta Paleolítica.

      Na maioria delas, a linhaça é sim permitida.

      (Inclusive, algumas pessoas recomendam-na por ela ser rica em ômega-3. Se essa é realmente sua principal motivação, sugiro que deixe a linhaça de lado e se concentre em peixes como o salmão. Caso apenas aprecie a linhaça… bom, basta saber que ela não vai te matar.)

      Forte abraço!

      Responder

  72. Bom dia pessoal, tudo beleza ? tenho algumas duvidas, vejam se podem me ajudar, ja li respeito de varias dietas e já fiz varias tbm, algumas com sucesso outras nem tanto, nos últimos anos levo uma vida saudável, malho, faço lutas, e cuido da alimentação, mas ainda nao estou contente com meu corpo, tenho mta gordura localizada ( sei que é a mais dificil de eliminar, principalmente da barriga que o é meu caso) entao resolvi fazer essa dieta pra ver se consigo um bom resultado, minha duvida é a seguinte, suplementos voltados a queima de gordura ou bloqueadores de gordura como cafeína , óleo de coco, e óleo de cártamo entre outros, pode ser associado a essa dieta ou não ? podem interferir negativamente mesmo sendo eles voltado ao auxilio da perda de peso.
    Obrigado

    Responder

    1. Olá João,

      Não há nenhum impedimento ao consumo de cafeína na dieta Paleolítica. Algumas pessoas podem reagir mal à substância, mas a dieta em si não tem nada contra essa adição.

      Já os óleos como de coco ou cártamo podem ser uma via de mão dupla: uma vez que a dieta paleolítica não necessariamente é uma dieta Low Carb (isto é, é possível ingerir bastantes carboidratos na dieta paleolítica dependendo da sua seleção de alimentos – um exemplo seria com consumo elevado de batata doce), adicionar óleos (gorduras) numa dieta rica em carboidratos não é a melhor opção para quem deseja emagrecer.

      Não tenho como dar 100% de certeza, mas estimaria, pelo seu estilo de vida (malhar e fazer lutas) que seu organismo demande uma quantidade razoável de carboidratos – dependendo também, é claro, da frequência e intensidade dos seus treinos.

      Sendo assim, deixaria esses óleos de lado por enquanto, focando apenas na adição da cafeína – até mesmo para que você possa observar bem os efeitos que a adição de um único componente causa no seu corpo (em vez de colocar tudo de uma vez e não saber com certeza qual substância causou qual efeito).

      E claro, caso observe efeitos negativos, suspenda o uso.

      Espero ter respondido sua pergunta!

      Forte abraço

      Responder

  73. Vou aceitar o desafio, pois preciso eliminar 10 quilos, tenho 55 anos, 1m e 53 cm de altura, 74 quilos, sobre peso que tem me deixado triste além de aumentar problemas com a saúde.

    Responder

  74. Olá, … é meio confuso msm essa dieta, rss e mesmo um profissional me indicou nessa dieta porção de frios, como salame, presunto e quejo prato. o que me diz sobre isso ?

    Responder

    1. Boa noite, Amalia

      Na verdade existem várias abordagens da dieta Paleolítica, desde aquelas mais conservadoras, onde os praticantes comem exatamente só o que se comia à era que nomeia a dieta, até aquelas mais brandas, onde pode-se comer feijão, por exemplo – a qual seu profissional deve preferir.

      Vale ressaltar inclusive que muitos médicos sequer recomendam a dieta Paleo, enquanto muitos outros a seguem a risca…

      Porém, como frios e embutidos não fazem bem a nossa saúde, não são essenciais a nossa sobrevivência e não eram comidos à milhares de anos trás, nós preferimos não recomendá-lo. Essa é a nossa abordagem.

      Desta forma, sinta-se a vontade para comer frios e o que mais entender que deva comer. Nós, acima de tudo, pregamos o bom senso, e normalmente as dietas e suas restrições são a maneira mais fácil de alcançá-lo. =)

      Responder

      1. Eita dieta confusa viu kkkkkk resumindo só podemos comer carnes, ovos, nozes, legumes e verduras certo ??? pois no meu caso que quero emagrecer, nem frutas posso =/
        precisariamos mesmo de um modelo de cardapio, pelo menos do café da manhã kkkk Obrigada

        Responder

        1. Ela não é confusa, Amalia. O problema é que estamos TÃO BITOLADOS a acreditar que o que faz bem é pão integral, iogurte 0% gordura, qeu não conseugimso abrir os olhos para o qeu a dieta paleo realmente significa. Mesmo numa dieta normal, você é “proibida” de comer uma manga, por exemplo, uma fruta extremamente doce (e deliciosa). Leia mais sobre o assunto.

          Responder

    2. Outra coisinha, .. posso resumir assim tb – alimentos sem carbo, sem lactose e sem glúten pode ser
      consumidas ?? exemplo, posso consumir um danone q nao tenha nenhum desses derivados ?
      essa dieta slow carb parece ser melhor do que a paleo né, msm sendo um pouco parecida, tem o dia do lixo kkkkkkk adorei isso

      Responder

          1. Amalia, assim que colocar o email, receberá um email pedindo para confirmar a assinatura.
            Nesse email haverá um botão preto.
            Basta clicar neste botão e então redirecionada para uma página com o link para o download =)


  75. Será que teria como montar um cardápio? Fiquei meio perdida com tantas coisas… Pão integral está fora?

    Responder

    1. Sim, Fernanda, pão integral está fora. Em breve disponibilizaremos um cardápio para dieta Paleo. Mas sinta-se a vontade para usar sua imaginação e se alimentar dos alimentos permitidos =)

      Responder

      1. Mas se formos para uma vertente mais Low Carb e não tanto Paleo, presunto, embutidos e etc estão liberados?

        Responder

        1. Olhando somente com relação a carboidratos, podemos dizer que embutidos em geral são low carb, pois apresentam pouco ou nenhum carboidratos em sua composição.

          Responder

      1. Cuidado..

        A aveia está relacionada em alguns estudos com o aumento de colesterol…

        Inclusive é citado no livro, barriga de trigo.

        Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *