Ovos: A Verdade Sobre O Colesterol E Os Benefícios Dos Ovos. Mais: Descubra Se A Cor Do Ovo Influencia Seus Nutrientes

Revamp Ovos – FACETHUMBBem-vindo a mais um texto, e hoje falaremos sobre OVOS.

Durante muito tempo os ovos foram vistos como grandes vilões da alimentação, causadores de aumento do colesterol e grandes agravantes de problemas cardiovasculares.

Porém, atualmente, sabe-se não só que isso tudo caiu por terra e virou mito, mas também que os ovos foram incorporados a várias dietas low-carb.

Algumas dessas dietas incluam a Cetogênica, a Slow Carb, Paleo e Atkins – sendo considerados por alguns como elementos-chave do sucesso nessas dietas.

(Embora seja evitado por pessoas que seguem o protocolo paleo autoimune.)

Então, neste texto, citaremos alguns dos principais benefícios dos ovos.

Também iremos aproveitar para falar rapidamente sobre os diferentes tipos de ovos e suas cores.

Então continue lendo.

Porque em poucos minutos você vai saber toda a verdade que a ciência comprova a respeito dos ovos.

(Nota: este texto havia sido originalmente publicado em 2014, porém agora o atualizamos para deixá-lo mais completo e responder a muitas das dúvidas que vínhamos recebendo.)

Os 10 Melhores Benefícios Dos Ovos Para A Saúde

Revamp Ovos 1

Os ovos estão entre os poucos alimentos que poderíamos classificar como “superalimentos”.

Eles são repletos de nutrientes, alguns dos quais são escassos na dieta moderna.

Portanto, aqui vamos apresentar 10 benefícios dos ovos para nossa saúde que já foram comprovados cientificamente em estudos com seres humanos.

Benefício Dos Ovos #1: São Incrivelmente Nutritivos

Revamp Ovos 2

Os ovos estão entre os alimentos mais nutritivos do planeta.

Um único ovo grande cozido contém cerca de:

  • Vitamina A: 6% da IDR
  • Ácido Fólico: 5% da IDR.
  • Vitamina B5: 7% da IDR.
  • Vitamina B12: 9% da IDR.
  • Vitamina B2: 15% da IDR.
  • Fósforo: 9% da IDR.
  • Selênio: 22% da IDR.
  • Os ovos também contêm quantidades consideráveis de vitamina D, vitamina E, vitamina K, vitamina B6, cálcio e zinco.

(Lembrando que a sigla IDR quer dizer Ingestão Diária Recomendada.)

Isso tudo em apenas 77 calorias, 6 gramas de proteína e 5 gramas de gorduras saudáveis.

Ou seja, um alimento totalmente low-carb, que ainda cai bem como ingrediente em diversas receitas low-carb.

Os ovos também contêm vários outros traços de nutrientes que são importantes para a saúde.

Realmente, os ovos são a comida perfeita, eles contêm um pouco de quase todos os nutrientes que precisamos.

(Eles inclusive têm todos os nutrientes necessários para gerar uma vida! ;) )

Se você puder comprar logo de cara ovos orgânicos ou enriquecidos com ômega-3, eles serão ainda melhores, pois apresentam mais ômega-3 e possuem muito mais vitamina A e E.

Resumindo: Ovos estão entre os alimentos mais nutritivos do planeta, contendo um pouco de quase todos os nutrientes que precisamos.

Benefício Dos Ovos #2: São Ricos Em Colesterol

Revamp Ovos 3

(Mas, como já sabemos, isso não afeta negativamente o nível de colesterol no sangue.)

É verdade que os ovos são ricos em colesterol.

Na verdade, um único ovo contém 212 mg, mais da metade da ingestão diária recomendada, que é de 300 mg.

(Lembrando que neste ponto a ingestão diária recomendada está sendo dada por diretrizes nutricionais obsoletas e não baseadas em ciência!)

No entanto, é importante ter em mente que colesterol na dieta não necessariamente aumenta o colesterol no sangue.

O fígado produz grandes quantidades de colesterol todos os dias.

E, quando comemos mais ovos, o que acontece é que o fígado passa simplesmente a produzir menos colesterol, de modo a equilibrar.

A resposta ao consumo de ovos varia de indivíduo para indivíduo:

  • Em 70% das pessoas, os ovos não aumentam o colesterol de maneira alguma.
  • Nas outras 30% (denominadas “hipersensíveis”), os ovos podem levemente elevar o colesterol total e o LDL.

No entanto, assim como iremos abordar posteriormente neste artigo, a situação é um pouco mais complicada do que isso e essas alterações na verdade são benéficas.

(Exceções: Pessoas com doenças genéticas como a hipercolesterolemia familiar ou um tipo de gene chamado ApoE4 podem querer minimizar a ingestão ou evitar ovos.)

Resumindo: Os ovos são ricos em colesterol, mas comer ovos não traz efeitos adversos em se tratando de colesterol no sangue na maioria das pessoas.

Benefício Dos Ovos #3: Aumentam O Colesterol HDL (“Bom”)

Revamp Ovos 4

HDL é uma sigla em inglês que significa Lipoproteína de Alta Densidade. É muitas vezes conhecido como o “bom” colesterol.

Pessoas que têm níveis mais elevados de HDL geralmente têm um menor risco de doença cardíaca, acidente vascular e diversos outros problemas de saúde.

Comer ovos é uma ótima maneira de aumentar o HDL.

Em um estudo, participantes que comeram 2 ovos por dia durante 6 semanas aumentaram os níveis de HDL em 10%.

Resumindo: O consumo de ovo frequente eleva os níveis de colesterol HDL (o “bom”), o que está ligado a uma diminuição no risco de várias doenças.

Benefício Dos Ovos #4: São Ricos Em Colina

Revamp Ovos 5

A colina é um nutriente que a maioria das pessoas nem sabe que existe e, pior, geralmente o ingerem de maneira insuficiente..

Ainda assim, é uma substância extremamente importante e, frequentemente, é agrupada com as vitaminas do complexo B.

Em nosso corpo, a colina é usada para construir as membranas celulares e tem um papel na produção de moléculas de sinalização no cérebro, além de várias outras funções.

Pesquisas alimentares têm mostrado que cerca de 90% das pessoas nos EUA estão ingerindo uma quantidade menor que a recomendada de colina.

Ovos são uma excelente fonte de colina. Um único ovo contém mais de 100 mg deste importante nutriente.

Resumindo: Os ovos estão entre as melhores fontes alimentares de colina, um nutriente que é extremamente importante e que a maioria das pessoas não ingere em quantidades suficientes.

Benefício Dos Ovos #5: Melhoram O Tipo De Colesterol LDL (Reduzem Risco De Doença Cardíaca)

Revamp Ovos 6

O colesterol LDL é geralmente conhecido como o colesterol “ruim”.

É sabido que ter altos níveis de LDL está associado a um risco maior de doença cardíaca.

Mas o que muitas pessoas não sabem é que existem subtipos de LDL, de acordo com o tamanho de suas partículas.

Há partículas de LDL pequenas e densas  e há grandes partículas de LDL.

Muitos estudos têm mostrado que as pessoas que têm predominantemente partículas de LDL pequenas e densas têm um risco maior de doença cardíaca do que pessoas que têm principalmente as partículas grandes.

Mesmo que ovos elevem levemente o colesterol LDL em algumas pessoas, estudos mostram que as partículas mudam de pequenas e densas para grandes, o que é algo positivo.

Resumindo: O consumo de ovo parece alterar o padrão das partículas de LDL de pequenas e densas (“ruins”) para grandes (“boas”), o que está associado a uma diminuição do risco de doença cardíaca.

Benefício Dos Ovos #6: São Ricos Em Luteína E Zeaxantina

Revamp Ovos 7

Uma das consequências do envelhecimento é uma piora natural da visão.

Porém, é sabido que existem vários nutrientes que ajudam a neutralizar alguns dos processos degenerativos que podem afetar os olhos.

Dois destes nutrientes são a luteína e a zeaxantina, antioxidantes poderosos que tendem a acumular-se nas retinas do olhos.

Estudos mostram que consumir quantidades adequadas desses nutrientes pode reduzir significativamente o risco de catarata e degeneração macular, dois problemas oculares bastante comuns.

Sendo que as gemas dos ovos contêm grandes quantidades de luteína e zeaxantina.

Em um outro estudo clínico controlado, comer apenas uma gema e meia de ovo por dia durante 30 dias aumentou os níveis sanguíneos de luteína em 28 a 50% e de zeaxantina em 114 a 142%.

Os ovos também são ricos em vitamina A, que merece uma menção aqui: a deficiência em vitamina A é a causa mais comum de cegueira no mundo.

Resumindo: Os antioxidantes luteína e zeaxantina são muito importantes para a saúde dos olhos e podem ajudar a prevenir a catarata e degeneração macular. Os ovos são ricos em ambos.

Benefício Dos Ovos #7: Abaixam O Nível De Triglicerídeos

Revamp Ovos 8

Claro, não importa apenas o que comemos, é também importante saber os alimentos que a nossa comida ingeriu.

Com relação a isso, nem todos os ovos são iguais.

A composição de nutrientes varia dependendo de como as galinhas foram alimentadas e criadas.

Ovos de galinhas que foram criadas no pasto e/ou alimentadas com rações ricas em ômega-3 tendem a ter muito mais ácidos graxos do tipo ômega-3.

Ácidos graxos do tipo ômega-3 são conhecidos por reduzir os níveis sanguíneos de triglicerídeos, um importante fator de risco para doenças cardiovasculares.

Estudos mostram que consumir ovos enriquecidos com ômega-3 é uma maneira muito eficaz de reduzir o triglicérides no sangue.

Em um desses estudos, a ingestão de apenas 5 ovos enriquecidos com ômega-3 por semana durante 3 semanas foi capaz de reduzir o nível triglicérides em 16 a 18%.

Resumindo: Ovos enriquecidos com ômega-3 e orgânicos contêm quantidades significativas de ácidos graxos do tipo ômega-3. Comer estes tipos de ovos é uma forma eficaz de reduzir os triglicerídeos do sangue.

Benefício Dos Ovos #8: São Ricos Em Proteínas De Qualidade, Com Todos Os Aminoácidos Essenciais Nas Proporções Corretas

ovos,emagrecer,saúde,gordura boa,dieta,proteína,atkins,paleo,keto,slow carb

As proteínas são os principais blocos de construção do corpo humano.

Elas são usadas para formar todos os tipos de tecidos e moléculas que servem tanto para fins estruturais quanto funcionais.

Ingerir uma quantidade de proteína suficiente na dieta é muito importante e estudos mostram que as quantidades atualmente recomendadas podem ser muito baixas.

Bem, os ovos são uma excelente fonte de proteína, sendo que um único ovo grande contém cerca de 6 gramas desse macronutriente.

Os ovos também contêm todos os aminoácidos essenciais nas proporções corretas.

Comer proteína de maneira adequada pode ajudar na perda de peso, no aumento de massa muscular, na diminuição da pressão arterial e na melhora da saúde dos ossos, isso só para citar alguns de seus benefícios.

Resumindo: Os ovos são bastante ricos em proteína animal de qualidade e contêm todos os aminoácidos essenciais que os seres humanos precisam.

Benefício Dos Ovos #9: Não Aumentam O Risco De Doença Cardíaca E Podem Reduzir O Risco De AVC

ovos, saúde, dieta, emagrecer, hipertrofia, alimento

Por muitas décadas, os ovos têm sido injustamente demonizados.

Alegava-se que, por causa do alto teor de colesterol, eles provavelmente eram ruins para o coração.

Muitos estudos publicados nos últimos anos têm analisado a relação entre o consumo de ovo e o risco de doença cardíaca.

Em uma análise de 17 estudos com um total de 263.938 participantes, nenhuma associação foi encontrada entre o consumo de ovo e doença cardíaca ou acidente vascular cerebral.

Muitos outros estudos chegaram à mesma conclusão.

No entanto, alguns estudos têm concluído que pessoas com diabetes que comem ovos têm um risco maior de doença cardíaca.

Agora, se os ovos realmente estão causando o aumento do risco, não se sabe, porque estes tipos de estudos só conseguem mostrar uma relação estatística. Eles não provam que foram os ovos que causaram alguma coisa.

(Leia este excelente post do Doutor Souto sobre o assunto: Os ovos dos europeus e os critérios de Bradford Hill.)

É possível que diabéticos que comem ovos possuam hábitos menos saudáveis, no geral.

De toda forma mais pesquisas são necessárias nesta área para podermos afirmar alguma coisa com 100% de certeza.

Em uma dieta baixa em carboidratos, que é de longe a melhor dieta para diabéticos, comer ovos leva a melhoras nos fatores de risco para doenças cardiovasculares.

Resumindo: Muitos estudos têm pesquisado a relação entre o consumo de ovos e o risco de doença cardíaca, não sendo encontrada associação entre eles.

Benefício Dos Ovos #10: Ajudam Na Perda Peso

dieta low-carb: cardápio, dicas, receitas e tudo o que você precisa para começar a emagrecer e ter saúde ainda hoje!

Os ovos são incrivelmente saciantes, afinal eles são um alimento rico em proteína, e a proteína é de longe o mais saciante dos macronutrientes.

Ovos tem uma pontuação alta em uma escala chamada índice de saciedade, que mede a capacidade dos alimentos de induzir a sensação de apetite satisfeito, reduzindo a ingestão calórica subsequente ao longo de um dia.

Em um estudo com 30 mulheres acima do peso, comer ovos em vez de pãezinhos no café da manhã aumentou a sensação de saciedade, fazendo com que elas automaticamente comessem menos calorias durante as próximas 36 horas.

Em outro estudo, substituir um café da manhã baseado em pães por um baseado em ovos causou uma perda de peso significativa ao longo de um período de 8 semanas.

Ambos estudos também podem nos mostrar como uma dieta low-carb e baseada em comida de verdade pode ser mais eficiente para a perda de peso.

No caso, sempre vai ser melhor para sua saúde substituir os derivados de trigo (que causam inúmeros malefícios) por ovos ou outras opções low-carb em seu café da manhã.

Tendo citado os 10 benefícios dos ovos, agora vamos falar sobre…

Ovos Marrons E Ovos Brancos: A Cor Do Ovo Faz Alguma Diferença?

Revamp Ovos 9

Muitas pessoas têm a sua preferência quando se trata da cor do ovo.

Algumas pessoas acreditam que os ovos marrons são mais saudáveis ou mais naturais, enquanto outros sentem que os ovos brancos são mais limpos ou mais saborosos.

Mas será que existe alguma diferença entre um ovo marrom ou branco além da cor da casca?

Nesta segunda parte do post vamos explicar se um determinado tipo de ovo é realmente mais saudável ou mais saboroso.

Os Ovos Vêm Em Muitas Cores

Revamp Ovos 10Ovos de galinha podem vir em cores diferentes, e é comum encontrar ovos marrons e brancos no supermercado.

No entanto, muitas pessoas não sabem o que faz os ovos terem cores diferentes.

A resposta é muito simples: a cor do ovo depende da raça da galinha.

Por exemplo, galinhas White Leghorn põem ovos de casca branca, enquanto galinhas da raça Rock Plymouth e Rhode Island Reds põem ovos com casca marrom.

Algumas raças de galinha, tais como a Araucana, Ameraucana, Dongxiang e Lushi, botam inclusive ovos azuis ou azul-esverdeados.

As diferentes cores da casca provêm de pigmentos que as galinhas produzem.

O principal pigmento nas cascas de ovos marrons é chamado de protoporfirina IX. Ele é feito do mesmo composto que faz o sangue ter a cor vermelha.

O principal pigmento encontrado em ovos de cascas azuis é chamado biliverdina, que é o mesmo pigmento que faz a bile, um suco digestivo, ter uma cor amarelada.

Mas além da genética ser a principal causa que determina a cor do ovo, outros fatores podem também influenciar.

Por exemplo, à medida que as galinhas que põem ovos marrons envelhecem, elas tendem a botar ovos maiores e mais claros.

O ambiente no qual a galinha vive, a dieta e o nível de estresse também podem afetar a cor da casca, de certa forma.

Estes fatores podem fazer o tom ser mais claro ou mais escuro, mas não necessariamente alterar a cor em si.

Pois o principal fator que determina a cor ainda assim é a raça da galinha.

Resumindo: Ovos de galinha podem ser marrons, brancos ou até mesmo azul-esverdeados. A cor de um ovo é determinada pela raça da galinha que o coloca.

Ovos Marrons São Mais Saudáveis Do Que Ovos Brancos?

Revamp Ovos 11

Muitas vezes, as pessoas preferem ovos marrons porque elas acreditam que os mesmos são mais naturais e contêm mais nutrientes que os brancos.

No entanto, a verdade é que todos os ovos são nutricionalmente muito semelhantes, independentemente do tamanho, da classe ou da cor.

Tanto ovos marrons quanto brancos são alimentos saudáveis.

Um ovo típico contém muitas vitaminas, minerais e proteínas de alta qualidade, tudo contido em menos de 80 calorias.

No entanto, vários estudos já fizeram análises comparativas entre os ovos de casca marrom e os de casca branca para ver se havia alguma diferença.

E muitos deles descobriram que a cor da casca não tem nenhum efeito significativo na qualidade do ovo e na sua composição.

Isto significa que a cor da casca não tem muito a ver com o quão o alimento é saudável. A única diferença é no pigmento.

Entretanto, existem outros fatores que podem afetar o conteúdo nutricional de um ovo.

O ambiente no qual a galinha é criada pode ter um grande impacto.

Por exemplo, ovos de galinhas que podem passar algum tempo expostas ao sol contêm 3 a 4 vezes mais vitamina D do que em ovos de galinhas criadas do modo tradicional.

O tipo de alimentação da galinha também pode afetar a quantidade de nutrientes de seus ovos.

Por exemplo, galinhas alimentadas com uma dieta rica em ácidos graxos do tipo ômega-3 produzem ovos que contêm níveis muito maiores de ômega-3 do que o normal.

O mesmo efeito foi encontrado em galinhas que comem rações enriquecidas com vitamina D.

Resumindo: Não há nenhuma diferença nutricional entre os ovos marrons e brancos. No entanto, o ambiente e a alimentação da galinha podem afetar a composição nutricional do ovo.

Um Ovo de Determinada Cor É Mais Gostoso Que O Outro?

ovos,emagrecer,saúde,gordura boa,dieta,proteína,atkins,paleo,keto,slow carb

Algumas pessoas acham que ovos marrons são mais gostosos, enquanto outras preferem o sabor dos ovos brancos.

Mas assim como a composição nutricional, não há nenhuma diferença real entre o gosto de ovos marrons e brancos.

No entanto, isso não significa necessariamente que todos os ovos tenham o mesmo gosto.

Mesmo a cor da casca não fazendo diferença, outros fatores como o tipo de alimentação da galinha, o frescor do ovo e a maneira como ele foi cozinhado podem afetar o sabor.

Por exemplo, as galinhas alimentadas com uma dieta rica em gordura produzem ovos mais saborosos do que as alimentadas com uma dieta com baixo teor de gordura.

E galinhas criadas com rações que contém muito óleo de peixe, certos tipos de gorduras ou até mesmo vitaminas A ou D podem produzir ovos com algumas notas de peixe ou sabores diversos.

A dieta de uma galinha caipira não é a mesma que a de uma galinha criada em uma granja mais “industrial”, o que também pode acabar por afetar o sabor dos ovos.

Além disso, quanto mais tempo o ovo for armazenado, mais provavelmente ele irá desenvolver um sabor diferente.

Armazenar os ovos a uma temperatura estável e baixa (como na geladeira) pode ajudar a preservar seu sabor original por mais tempo.

É por isso que algumas pessoas acreditam que ovos de galinhas caipiras têm um gosto melhor do que aqueles de galinhas criadas do modo tradicional.

Ovos caipiras não passam por um processamento e transporte como os tradicionais, assim, eles podem acabar no seu prato mais rapidamente do que os ovos comprados no mercado.

Isto é, você pode achá-los mais gostosos simplesmente porque eles estão mais frescos.

Surpreendentemente, a forma como um ovo é cozinhado pode afetar seu sabor também.

Um estudo analisou como o óleo de peixe, que é usado na alimentação das galinhas para elevar os níveis de ômega-3, muda o sabor dos ovos.

Verificou-se que os ovos das galinhas alimentadas com óleo de peixe e os convencionais tinham o mesmo gosto quando preparados na forma de ovos mexidos.

No entanto, quando cozidos, os ovos das galinhas alimentadas com óleo de peixe tinham mais sabores diferentes, inclusive com algumas notas de enxofre.

Então, embora muitos fatores possam afetar o sabor do ovo, a cor da casca não é um deles.

Resumindo: Ovos marrons e brancos geralmente têm o mesmo gosto. Mas os ovos podem ter sabores diferentes dependendo de quão frescos estão, da forma que eles foram cozinhados e da dieta da galinha.

Por Que Ovos Marrons São Mais Caros?

Revamp Ovos 12

Apesar dos ovos marrons e brancos aparentemente serem iguais em todos os sentidos, menos na cor, os ovos marrons ainda assim tendem a custar mais caro no mercado.

Este fato levou muitas pessoas a acreditar que os ovos marrons eram mais saudáveis ou de maior qualidade do que os brancos.

No entanto, a causa desta diferença de preço é bem diferente.

Na verdade, ovos marrons custam mais porque no passado, as galinhas das raças que os botavam tendiam a ser maiores e a colocar menos ovos do que as galinhas que punham ovos brancos.

Portanto, os ovos marrons precisavam ser vendidos a um preço mais elevado para compensar os custos adicionais.

Hoje, galinhas que botam ovos marrons tem quase os mesmos custos de produção do que as galinhas que botam ovos brancos.

Ainda assim, ovos marrons tendem a vir com um preço mais alto.

Isto pode ser explicado também pelo fato de ovos de uma categoria superior, tais como caipiras ou orgânicos, serem geralmente marrons em vez de brancos.

Resumindo: Ovos marrons costumavam custar mais porque as galinhas que os botavam produziam menos e ocupavam mais espaço. Embora isso não seja mais verdade, os ovos marrons ainda geralmente têm um preço mais elevado.

Finalizando O Assunto Sobre A Cor Dos Ovos

Revamp Ovos 13

Os ovos vêm em muitas cores, dependendo da raça da galinha.

No entanto, não há nenhuma diferença nutricional entre ovos marrons e brancos. No final, a única diferença real é a cor da casca e talvez o preço.

No entanto, outros fatores afetam o sabor e a composição nutritiva dos ovos, incluindo a dieta da galinha e as condições nas quais elas são criadas e nas quais os ovos são armazenados.

Então, da próxima vez que você pegar uma caixa de ovos, certifique-se de que está levando em conta estes fatores. A cor da casca não irá lhe dar o panorama completo.

Curiosidade: ovos de galinha X ovos de codorna

Você sabia que cinco ovos de codorna equivalem nutricionalmente a um de galinha, possuindo um pouco mais de ferro e de cálcio?

Ou seja, tanto ovos de cordorna quanto ovos de galinha são igualmente bons para o emagrecimento ou mesmo para a hipertrofia muscular.

Aprenda a fazer nossa conserva caseira de ovos de codorna (perfeita para receber convidados em casa) neste vídeo:

Dicas de Compra e Armazenamento dos Ovos

ovos,emagrecer,saúde,gordura boa,dieta,proteína,atkins,paleo,keto,slow carb

Na hora de comprar, verifique se ovos não estão rachados.

Pegue as cartelas que apresentam ovos mais limpos e inteiros.

Quando chegar em casa, uma série de outras medidas devem ser preferencialmente tomadas:

  • limpar os ovos antes de guardá-los na geladeira;
  • tirá-los da caixa de papelão;
  • remover poeira, terra e resíduos de fezes da casca com pano ou papel seco;
  • guardar os ovos na geladeira.

Por fim, mantenha os ovos sempre refrigerados.

Por se tratar de um produto de origem animal, possui prazo de validade e dura até 60 dias em local refrigerado – fora da geladeira, dura uns 10 dias.

Um bom truque para descobrir se o ovo está apto para o consumo é colocá-lo em um recipiente com água fria: se o ovo boiar, ele provavelmente está estragado.

Pois ovos em boas condições de consumo tender a afundar.

Conclusão E Palavras Finais

Revamp Ovos 14

Estudos mostram claramente que comer até 3 ovos inteiros por dia é perfeitamente seguro.

Não há evidências de que ingerir além disso seja prejudicial, esse limite é apenas um “território desconhecido”, dado que ele ainda não foi estudado.

Dessa forma, esperamos que você fique tranquilo para encarar os ovos de uma maneira diferente, e se sentindo mais livre para inseri-los em sua alimentação, estando você em alguma dieta ou não.

(Nós pessoalmente comemos cerca de 3 a 6 ovos inteiros por dia e nossa saúde nunca esteve melhor.)

Sinceramente, os ovos são o alimento mais perfeito da natureza.

Como se não bastasse, eles também são baratos, fáceis de preparar, vão bem com quase qualquer coisa e são muito saborosos.

Nós pessoalmente adoramos um bom omelete de forno.

E você, como costuma comer ovos? Conte para a gente nos comentários!

Referências

Para deixar a leitura mais fluida, separamos algumas das referências utilizadas no texto e as agrupamos aqui:

  1. http://nutritiondata.self.com/facts/dairy-and-egg-products/117/2
  2. http://www.eggnutritioncenter.org/content/uploads/FAQ-EGGs-2014.10-2.pdf
  3. http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0377840110000192
  4. http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0377840197001806
  5. https://www.ams.usda.gov/rules-regulations/organic
  6. https://www.ams.usda.gov/sites/default/files/media/USDA%20Grademarked%20Product%20Label%20Submission%20Checklist.pdf
  7. https://www.cambridge.org/core/journals/world-s-poultry-science-journal/article/div-classtitlefactors-affecting-flavor-of-poultry-meat-and-eggsdiv/AD587819431C45B04912BB6AEB759859
  8. https://www.cambridge.org/core/services/aop-cambridge-core/content/view/S0007114597001062
  9. https://www.fsis.usda.gov/wps/portal/fsis/topics/food-safety-education/get-answers/food-safety-fact-sheets/egg-products-preparation/shell-eggs-from-farm-to-table/#27
  10. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/11194033
  11. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/11885896
  12. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/16553287
  13. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/1897475
  14. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/20181877
  15. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/22742508
  16. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23331294
  17. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23359636
  18. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/24607306
  19. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/26240390
  20. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/28108729
  21. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/8838830
  22. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/9733135
  23. http://ajcn.nutrition.org/content/70/2/247.short
  24. http://archinte.jamanetwork.com/article.aspx?articleid=601301
  25. http://archive.ahrq.gov/downloads/pub/evidence/pdf/o3cardrisk/o3cardrisk.pdf
  26. http://atvb.ahajournals.org/content/16/10/1222.long
  27. http://circ.ahajournals.org/content/111/5/e89.full
  28. http://circ.ahajournals.org/content/79/1/8.short
  29. http://europepmc.org/abstract/MED/11374850
  30. http://jama.jamanetwork.com/article.aspx?articleid=189529
  31. http://jama.jamanetwork.com/article.aspx?articleid=407945
  32. http://jn.nutrition.org/content/138/2/272.long
  33. http://journals.cambridge.org/action/displayAbstract?fromPage=online&aid=7219036
  34. http://nutritiondata.self.com/facts/dairy-and-egg-products/117/2
  35. http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1038/npg.els.0002106/abstract
  36. http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/j.1467-3010.2006.00543.x/full
  37. http://www.bmj.com/content/346/bmj.e8539
  38. http://www.docsopinion.com/2013/10/20/ldl-cholesterol-particle-number-particle-size-made-easy/
  39. http://www.fasebj.org/cgi/content/meeting_abstract/21/6/LB46-c
  40. http://www.iovs.org/content/44/6/2461.short
  41. http://www.iovs.org/content/47/6/2329.short
  42. http://www.jissn.com/content/9/1/42/abstract
  43. http://www.mendosa.com/satiety.htm
  44. http://www.nature.com/ijo/journal/v32/n10/abs/ijo2008130a.html
  45. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC24942/
  46. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2782876/
  47. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/11111098
  48. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/16340654
  49. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/16373948
  50. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/17134951
  51. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/18448177
  52. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/18469287
  53. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/19369056
  54. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/20711407
  55. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/21102327
  56. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/21134328
  57. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/21296318
  58. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/22037012
  59. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23021013
  60. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/24079288
  61. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/7498104
  62. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/7858908
  63. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/7906572
  64. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/8120521
  65. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/9286269
  66. http://www.nejm.org/doi/full/10.1056/NEJMoa021993
  67. http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/0026049565900028
  68. http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0014483596902109
  69. http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0021915006000694
  70. http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0026049504000708
  71. http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0167527399001072
  72. http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0308814609003513
  73. http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0738081X08000126

Save

  • Camila

    Olá, pode haver o consumo de gelatina diet na fase de indução?
    Camila

    • SenhorTanquinho

      Olá, Camila!

      Pode sim. Conforme explicado em nosso texto

      http://www.senhortanquinho.com/dieta-atkins/

      você deve apenas ficar atenta para não exceder a quantidade de carboidratos ingerida por dia – que não deve ultrapassar os 22g.

      Forte abraço!

  • SenhorTanquinho

    A bactéria responsável pela salmonela é morta durante o cozimento do ovo. Então tudo bem em preparar seu cálcio da forma descrita.

  • Elba

    Quantos ovos de codorna substituem um ovo de galinha?

    • Olá, Elba,

      Acredito que cerca de 4 a 6 ovos de galinha sejam o equivalente a um ovo de galinha.

  • Olá, Roger,
    Obrigado por seu comentário. :)

    Os ovos são alimentos ricos em proteínas e a maioria dos aminoácidos (especialmente a leucina) têm efeito insulinogênico.

    Ao mesmo tempo, o próprio John Kiefer admite que em combinação com mais gorduras (como bacon) os efeitos de liberação da insulina são atenuados. Escute-o falando aqui: http://www.muscleandfitness.com/nutrition/gain-mass/carb-back-loading-episode-6-bad-eggs

    De todo modo, eu pessoalmente não me preocuparia com isso até todo resto da dieta e do treino estarem completamente em ordem.

    Esperamos ter ajudado,
    Forte abraço!

  • Ola Ruan!

    A diferença está realmente no valor de gorduras (e consequentemente das calorias) presente nos dois tipos de preparo.

    Espero ter ajudado e continuamos a disposição