[Receita] Como Fazer Molho de Tomate Caseiro 100% Paleo

molho de tomate

Que a dieta paleo busca ingerir alimentos minimamente processados você já sabe, não é mesmo?

E é claro que essa filosofia alimentar pode ser adotada com diferentes intensidades.

Afinal, nesse estilo de vida encontramos desde aquelas pessoas mais low-carb e que nunca saem da linha, até aquelas pessoas que vêem muito prazer e utilidade em aproveitar um dia do lixo ocasional.

No entanto, um erro bobo que muita gente comete – e que eu também cometi muitas vezes no passado – é o de adotar como parte da dieta produtos industrializados que simplesmente podem ser feitos em casa com muita facilidade e praticidade – como muitas das receitas que publicamos.

E o melhor: que ficam ainda mais saudáveis, mais saborosos, e mais baratos do que seus equivalentes industriais.

Nesse aspecto, não há exemplo melhor desse tipo de alimento do que o molho de tomate caseiro.

Depois que descobrimos este molho, nunca mais compramos molho de tomate aqui em casa!

Isso porque jamais comemos nenhum substituto industrial que ficasse nem de longe tão gostoso quanto este!

E sem falar que este molho não contém absolutamente nenhum conservante, edulcorante, estabilizante, aromatizante, açúcar adicionado, nem nenhum desses ingredientes que sabemos que é melhor evitar – e que supostamente deixam esses produtos alimentares mais “palatáveis”.

Veja abaixo como é simples fazer o seu próprio molho de tomate caseiro 100% paleo – que pode ser ainda mais “rústico” se você optar por não fazer a etapa do mixer.

Receita do Molho de Tomate Caseiro 100% Paleo “Rústico”

Tempo de espera: 1h30

Tempo de preparo: 30 minutos

Quantidade de carboidratos: 7 g a cada 100 g de molho

Ingredientes:

Preparo:

  • Levar os tomates e os dentes de alho ao forno por cerca de 1 hora a 180ºC;
  • Retirar os tomates e os dentes de alho do forno e descascá-los;
  • Em uma panela grande, fritar a cebola picada com manteiga, banha ou óleo de coco;
  • Adicionar os tomates e os dentes de alho à panela e esmagá-los com o auxílio de uma colher;
  • Misturar tudo até obter uma mistura homogênea;
  • Adicionar os temperos a gosto;
  • Com o auxílio de um mixer, bater a mistura até que fique com a consistência desejada;
  • Colocar em um recipiente e servir ou armazenar na geladeira por até 1 semana.

Finalizando…

tomato-soup-482403_1280

É isso – simples, rápido e bem em conta de se fazer.

E, embora o molho em si não seja estritamente low-carb, ele também pode ser consumido com moderação em uma dieta baixa em carboidratos – e com total alegria em uma dieta paleolítica.

Sem contar que fica uma delícia – ainda mais se utilizado por sobre um criativo macarrão de abobrinha.

Depois conte nos comentários que tipo de receitas você gostaria de ver aqui no site ou no nosso canal, e o que você usou para acompanhar esse delicioso molho…

E se inscreva em nosso canal do YouTube para receber gratuitamente mais vídeos de receitas todas as semanas!

Save

Save