5 Incríveis Receitas De Pizza Low-Carb + eBook Bônus (Gratuito)

Alerta: esse texto contém 5 receitas de pizza low-carb altamente viciantes.

Ao seguir uma dieta low-carb, você pode se surpreender com a variedade de opções no cardápio.

Com seus benefícios para saúde.

E mesmo com os resultados incríveis de antes e depois.

No entanto, pode ser que você sinta falta de alguns alimentos que costumava consumir — como, por exemplo, a pizza.

Mas você não precisa ficar triste.

E nem fazer exceções na sua dieta.

Porque estas 5 receitas de pizzas low-carb competem frente a frente, de igual para igual, até mesmo com a pizzaria tradicional “mais TOP” da sua cidade.

Sendo que tanto as 5 receitas de pizza low-carb (quanto a nossa receita bônus) deixam no chinelo qualquer tipo de pizza congelada. (Argh, quem come isso? ?)

Pizza low-carb vegana, pizza com farinha de amêndoas, pizza de frigideira… as opções são inúmeras, e o sabor do produto final também.

Mas todas têm em comum o fato de serem muito gostosas — e completamente adequadas a sua dieta baixa em carboidratos.

Tanto que, para facilitar, colocamos a quantidade de carboidratos por fatia de cada uma dessas massas.

Assim você pode curtir sua pizza low-carb sem culpa, caso anote sua ingestão diária em algum tipo de aplicativo.

Vamos ver quais são as 6 melhores receitas de pizzas low-carb de toda a internet.

Receita #1 — Pizza Low-Carb Com Massa Vegana De Farinha De Berinjela

(Gostou do vídeo? Clique aqui para se inscrever gratuitamente em nosso canal do Youtube e sempre ter acesso a receitas como essa.)

Tempo de preparo: 5 minutos
Tempo de espera: 30 minutos

Quantidade de carboidratos líquidos por fatia: 5g

Ingredientes (4 pedaços):

  • 45g (6 colheres de sopa) de farinha de berinjela
  • 2 colheres de sopa de azeite de oliva extra virgem
  • 2 a 4 colheres de sopa de água
  • 20g (1 a 2 colheres) de queijo parmesão ralado (opcional)

Preparo:

  • Adicionar a farinha e o azeite em um recipiente;
  • Acrescentar, opcionalmente, o queijo parmesão ralado;
  • Adicionar água aos poucos, analisando a textura da massa para que não fique tão seca ou tão úmida (caso não tenha necessidade de colocar mais água, não acrescente);
  • Depois de obter uma massa firme, espalhá-la em uma assadeira;
  • Levar para assar por aproximadamente 15 minutos em temperatura média;
  • Rechear conforme sua preferência;
  • Voltar ao forno para esquentar / gratinar o recheio;
  • Servir.

Receita #2 — Pizza Low-Carb Com Massa De Couve-Flor Ou Brócolis

Tempo de preparo: 20 minutos
Tempo de espera: 40 minutos

Quantidade de carboidratos líquidos por fatia: 5g

Ingredientes (8 pedaços):

Preparo:

  • Triturar a couve-flor crua em um liquidificador ou processador de alimentos;
  • Misturar a couve-flor triturada com o queijo ralado até obter uma mistura homogênea;
  • Espalhar a mistura sobre uma forma untada com manteiga, azeite ou banha e levar ao forno a 180ºC por cerca de 30 minutos;
  • Retirar do forno, rechear e levar novamente ao forno até que o recheio esteja no ponto desejado;
  • Retirar, esperar esfriar e servir.

Essa foi a primeira massa low-carb de pizza que fizemos — por isso temos um carinho todo especial.

Inclusive ela já saiu aqui em nosso site há algum tempo — veja aqui.

Receita #3 — Pizza Low-Carb De Frigideira De 5 Minutos Do Batata Assando

Tempo de preparo: 5 minutos
Tempo de espera: 40 minutos

Quantidade de carboidratos líquidos por fatia: 3g

Ingredientes (2 pedaços):

  • 1 ovo
  • 30g (2 colheres de sopa) de farinha de amêndoas (ou de castanha de caju)
  • 1 colher de sopa de azeite extra virgem
  • 1 colher de sopa de água
  • 1 colher de chá de fermento químico em pó
  • sal a gosto

Preparo:

  • Misturar todos os ingredientes da massa, até obter uma mistura homogênea;
  • Untar frigideira grande com manteiga (ou azeite);
  • Distribuir a massa por toda a frigideira e levá-la ao fogo baixo;
  • Tampar a frigideira e deixar a massa assando por cerca 3 minutos (marque no relógio, para não deixar passar);
  • Desligar o fogo, abrir a tampa da frigideira e rechear da maneira como preferir;
  • Tampar, ligar novamente o fogo baixo, e deixar por cerca de 1 a 2 minutos (tempo suficiente para esquentar e derreter o recheio);
  • Retirar e servir.

É interessante notar que essa massa low-carb de pizza foi inspirada na receita que aprendemos com nosso amigo Pedro Camargo, do site Batata Assando.

O Pedro também é autor do curso Low-Carb Em 1 Minuto, no qual ensina como fazer diversas receitas deliciosas em apenas 1 minuto.

Enquanto você ainda consegue emagrecer comendo muito bem e com saúde, recomendamos que leia esta página aqui para saber mais.

Receita #4 — Pizza Pan Cetogênica Da Revolução Keto

Tempo de preparo: 5 minutos
Tempo de espera: 30 minutos

Quantidade de carboidratos líquidos por fatia: 6g

Ingredientes (8 pedaços):

  • 200g (1 xícara) de farinha de amêndoas
  • 2 ovos grandes (em temperatura ambiente)
  • 60g (6 colheres de sopa) de manteiga derretida
  • 1 e ½ de sopa de fermento químico

Preparo:

  • Misturar todos os ingredientes em um pote;
  • Despejar a mistura em uma forma;
  • Levar ao forno preaquecido a 220°C até que esteja assada;
  • Retirar a massa, rechear a gosto, e voltar ao forno até que o recheio esteja no ponto certo;
  • Servir.

Já essa outra receita massa low-carb de pizza nós aprendemos no site Revolução Keto, da nossa amiga Juliana Szabluk.

Inclusive a Ju já deu uma entrevista super completa e inspiradora pra gente — contando tudo sobre sua experiência com a dieta cetogênica.

Se você quer se curar e ter sucesso com a dieta cetogênica, recomendamos que leia ou escute nossa conversa na íntegra neste link.

Receita #5 — Pizza Low-Carb Com Massa ‘Fake’ De Berinjela

Tempo de preparo: 5 minutos
Tempo de espera: 30 minutos

Quantidade de carboidratos líquidos por porção: 4g (neste caso, consideramos apenas a berinjela, que funciona como a massa da pizza).

Ingredientes (4 porções):

  • 2 berinjelas grandes
  • Molho de tomate caseiro
  • Fatias de presunto
  • Fatias de queijo
  • Tomate em rodelas
  • Manjericão e orégano

Preparo:

  • Fatiar as berinjelas em fatias com 1 dedo de espessura;
  • Distribuir as fatias de berinjela em uma forma;
  • Levar a forma ao forno preaquecido em temperatura média por 5 minutos;
  • Retirar e cobrir as fatias com molho de tomate e o recheio a gosto (sugestão: presunto, queijo e tomate, manjericão e orégano);
  • Levar às pizzas ao forno até a berinjela assar e o queijo derreter;
  • Servir.

Tudo bem que essa receita tem o nome de “fake” (do inglês, falsa).

Mas não é por isso que ela não é gostosa, muito pelo contrário: essa é a receita mais fácil e mais barata de ser elaborada.

E ainda resulta em uma ótima pizza — principalmente para os amantes de berinjela.

Receita #6 (Bônus!) — Pizza Low-Carb Com Massa De Panqueca

View this post on Instagram

Pizza feita com a nossa massa de panqueca Low-Carb! . Fiz a massa da maneira tradicional (segue a receita abaixo), coloquei sobre uma forma, recheei e levei ao forno por 15 minutos, a 210ºC . Receita da panqueca: – 1 ovo inteiro – 10g (1 cs) de queijo ralado – 10g (1 cs) de creme de leite – 10g (1 cs) farinha de amêndoas – Gordura para untar (azeite, manteiga ou óleo de coco) . Preparo: – Misturar todos os ingredientes em um recipiente; – Despejar a mistura em uma frigideira untada, em fogo baixo; – Esperar a mistura ficar firme, e então virá-la; – Deixar dourar dos dois lados conforme desejado; . Quem vai fazer em casa? . #senhortanquinho #pizza #primal #lowcarb #lchf #cetogenica #dieta #emagrecer #vidalowcarb #saude #fit #fitness #estilodevida #lowcarbdieta

A post shared by Guilherme e Roney (@senhortanquinho) on

Tempo de preparo: 5 minutos
Tempo de espera: 5 minutos

Quantidade de carboidratos líquidos por fatia: 1g

Ingredientes (2 pedaços):

  • 1 ovo inteiro
  • 10g (1 cs) de queijo ralado
  • 10g (1 cs) de creme de leite
  • 10g (1 cs) farinha de amêndoas

Preparo:

  • Misturar todos os ingredientes em um recipiente;
  • Despejar a mistura em uma frigideira untada, em fogo baixo;
  • Esperar a mistura ficar firme, e então virá-la;
  • Deixar dourar dos dois lados conforme desejado;
  • Rechear, e servir.

Massa de panqueca para fazer pizza?

Sim, é isso mesmo — e fica uma delícia!

(A massa é minha, eu uso como quiser. ?)

Sugestões De Recheios Low-Carb Para As Pizza Baixas Em Carboidratos

Como bons descendentes de famílias italianas, nós acreditamos que o molho de tomate é um ingrediente imprescindível nas pizzas.

Por isso, nossa sugestão é sempre de começar a rechear suas pizza cobrindo as massas com um molho de qualidade.

Nesse caso, não há nada melhor do que um belo molho de tomate caseiro — como este.

Depois desse primeiro passo, você tem diversas opções de recheios low-carb dentre as quais escolher.

Até porque vários dos recheios tradicionais de pizza são baixos em carboidratos.

Alguns exemplos famosos incluem:

  • margherita,
  • napolitana,
  • calabresa,
  • frango com catupiry,
  • palmito com queijo,
  • baiana,
  • portuguesa,

dentre muitos outros encontrados nas pizzarias mundo afora.

Sendo que podemos ir além dos sabores “tradicionais” e inovar ainda mais em nossas deliciosas pizzas.

Com recheios que vão surpreender mesmo as pessoas que não fazem dieta.

Como, por exemplo:

  • 4 queijos (queijos parmesão, gorgonzola, catupiry, e prato),
  • brócolis com bacon,
  • cogumelos com requeijão,

e por aí vai.

O céu é o limite da sua criatividade (claro, desde que utilizando sempre opções de alimentos baixos em carboidratos).

Por fim, acreditamos que uma ótima maneira de finalizar suas pizzas low-carb é com temperos saborosos, como ervas.

Nós sempre gostamos de salpicar orégano e manjericão em nossas pizzas.

Sendo que as aromáticas ervas podem ser desidratadas (como estas) por conta da facilidade de se comprá-las e armazená-las…

Mas nós, particularmente, preferimos utilizá-las frescas — o que lhes confere muito mais aroma e sabor.

Comentários E Palavras Finais Sobre As Massas Low-Carb De Pizza

Conforme você viu, existem diversas receitas de pizzas low-carb que podem se encaixar na sua alimentação baixa em carboidratos.

(Inclusive, algumas delas entram até mesmo na dieta cetogênica.)

Sendo que você pode baixar essas 6 receitas no formato de eBook clicando aqui.

Fica bem fácil para imprimir, e levar para a cozinha quando quiser.

Esperamos que tenha gostado dessa coletânea de pizzas — e sinta-se livre para comentar aqui embaixo nos contando qual a sua favorita.

Por fim, uma dica para você: se quiser ter acesso a mais receitas, visite esta página aqui.

E coloque seu email na caixa abaixo — para receber dicas e receitas novas gratuitamente todas as semanas.

Nos falamos por lá!

4
Deixe um comentário

avatar
2 Tópicos da discussão
2 Respostas ao tópicos
1 Seguidores
 
Comentário mais recentes
Comentário mais quentes
4 Comentário dos autores
Guilherme e RoneyJaquelineGuilherme e RoneyLilianna Christina De Sousa Comentário recente dos autores
  Receba atualizações dos comentários  
mais novos mais antigos mais votados
Notifique-me de
Jaqueline
Visitante
Jaqueline

Olá tenho acompanhado o blog e vejo que na maioria das receitas vcs usam a farinha de amêndoas, porém aqui na minha cidade essa é a mais cara!! Mas se usam essa é pq é a que mais dá certo nas receitas?? Farelo de aveia, linhaça e castanha de caju são farinhas bem mais econômicas.. O Que vcs acham? Fiz o paozinho de micro com a farinha de linhaça e não deu muito certo. Pode ser a farinha ou foi qualquer outra eventualidade que não observei, que acham meninos? Help!!! Quero iniciar a low mas tô com problema de ficar… Read more »

Lilianna Christina De Sousa
Visitante
Lilianna Christina De Sousa

Olá! Poderiam me ajudar a eliminar uma dúvida? Se é verdade que o que contam são os carboidratos líquidos, Pq alguns alimentos como por exemplo, a farinha de amêndoas, que tem mais fibras que carboidratos, na subtração resulta um alimento com carboidratos praticamente negativos, Pq não é bem aceita na fase de indução da atkins e mesmo em outras dietas, alimentos assim são permitidos mas com muita moderação?
Ah, adoro o blog. Desde já agradeço.

Guilherme e Roney
Visitante

Oi Lilianna, tudo bom? Obrigado pelo comentário.

O que acontece é que nem todos alimentos estão com a tabela nutricional apresentando os carboidratos totais.

Alguns alimentos têm no setor “carboidratos” já marcados os carboidratos líquidos, e por isso, se você subtrair novamente as fibras, terá a impressão de ter encontrado “carboidratos negativos” – mas isso não existe.

Nessas horas vale o bom senso, e sempre saber que a conta não pode dar negativa rsrs. Infelizmente, com essa norma não sendo padronizada, não existe como termos uma regra geral.

Forte abraço!