O Que Acontece Com Seu Corpo Ao Comer Apenas Carne Por 21 Dias

Esta dieta é mais barata e eficiente do que uma em que eu use suplementos. E mais gostosa também.”

O nosso aluno e amigo Selton Chagas é um caso de sucesso.

Ex-obeso, ele sofreu com o efeito sanfona no passado,

E não estava exatamente buscando por uma nova transformação quando nos encontrou.

Mas é curioso ver como as coisas acontecem.

Pois, após ler nosso artigo sobre o leite na low-carb, Selton ficou intrigado e removeu esta bebida de sua dieta.

A partir daí, trocamos algumas ideias sobre alimentação, e Selton ficou maravilhado em conhecer a dieta cetogênica.

Uma vez que, nessa estratégia, ele não teria mais de comer a cada 3 horas.

Nem contar calorias.

E nem abandonar completamente a ingestão ocasional de bebidas alcoólicas.

Sendo assim, ele se inscreveu no programa Guia Dieta Cetogênica, e teve resultados incríveis.

(Que inclusive documentou em seu perfil do Instagram @seltaot.)

Tudo isso aconteceu em 2019.

Já no início de 2020 — dezenas de quilos mais magro — Selton resolveu encarar outro desafio.

Após a leitura do ebook sobre dieta carnívora que escrevemos com a Jade Soller, Selton resolveu fazer 21 dias do estilo alimentar carnívoro — como uma espécie de desafio e experimento pessoal.

Leia abaixo o que ele aprendeu com estas 3 semanas comendo apenas carne.

Dica: receba mais matérias como esta ao deixar seu email aqui, e/ou nos seguir no Telegram.

O Desafio Carnívoro — Nas Palavras Do Selton

No dia 27 de janeiro, aceitei o desafio dos meus professores e amigos do Senhor Tanquinho para me colocar em uma dieta carnívora. 

Sujeitei-me a 21 dias comendo exclusivamente produtos de origem animal. 

Nesse período também li o livro que eles e a Jade Soller escreveram sobre dieta carnívora, para entender melhor o que estava acontecendo comigo.

Demorei a escrever meu depoimento sobre esse período, pois muitas coisas aconteceram: Carnaval, finalização de uma tese de doutorado que estou escrevendo, e agora, esse isolamento forçado pela pandemia.

Posso dizer que meu corpo já estava acostumado a receber mais comida de verdade

E, como eu já sou adepto da low-carb / cetogênica há algum tempo, senti algumas diferenças nos primeiros dias. 

Eu percebi as diferenças — mas elas não foram tão abruptas como quando eu pulei da dieta “padrão” com carboidratos refinados para a dieta cetogênica em junho do ano passado. 

Pois foi com ela (com o programa Guia Dieta Cetogênica) que comecei meu processo efetivo de emagrecimento saudável e consistente.

Mas, mesmo assim, algumas coisas novas rolaram neste período carnívoro. 

Vamos lá então, ver algumas observações do meu diário alimentar carnívoro.

Observação dieta carnívora #1 — Loucura e estranheza

Como eu não estou morando sozinho, as pessoas que me viam comendo somente carnes, ovos e queijos estranhavam o que eu fazia e me diziam: “Você é louco”, “Vai ficar fraco”, “Precisa comer arroz”. 

Aprender a conviver com esses comentários foi uma necessidade, mas eu nem ligava muito. 

Mas é bom você saber que essa dieta vai causar muita estranheza em muita gente.

Observação dieta carnívora #2 — Fome e saciedade 

Realmente eu sentia bem menos fome. 

Como eu já sou adepto da low-carb há alguns meses, continuei a comer poucas vezes ao dia (no máximo 3 vezes por dia). 

E não me preocupava com a quantidade de carnes na comida — isto é, não tentava controlá-la para “comer pouco” nem nada assim.

Simplesmente comia até ficar saciado.

E geralmente eu me saciava comendo cerca de 300g-400g de produtos de origem animal por refeição.

Observação dieta carnívora #3 — Variedade de pratos 

Mais do que na quantidade, eu focava na variedade de produtos, buscando ter carnes diferentes a cada dia. 

Eu me ative principalmente àquelas carnes que estavam na promoção do dia ou da semana nos açougues e supermercados

Um dia carne de porco, outro dia fígado, uma dia frango, outro dia coxão mole e alguns ovos, por exemplo. 

Utilizando-me de sal, cebola e alho como temperos

E adorava fazer combinações com as sobras do dia anterior: fígado picado com ovos mexidos, carne desfiada com queijo, carne assada picadinha. 

Ah, e eu comia sem pudores as gorduras

Só não coloquei peixes porque o preço deles aqui em Mato Grosso é bem salgado.

Observação dieta carnívora #4 — Digestão 

Incrivelmente eu passei a ir bem menos no banheiro, e até a ter bem menos gases. Muito menos mesmo! 

O intestino ficou bem mais regulado, funcionando na hora certa. 

E eu nunca me senti tão confortável para fazer o número 2.

Observação dieta carnívora #5 — Energia e sono 

Senti que eu estava muito mais elétrico. 

Como eu faço aulas de dança todas as noites, eu deixava para comer após as aulas.

Então geralmente comia muito tarde, fazendo meu jantar por volta das 23 horas. 

E eu ficava bem agitado após a refeição, o que me dificultava dormir na sequência. Para contornar este problema, sugiro fazer refeições mais cedo.

Observação dieta carnívora #6 — Libido

Esse foi um “problema”. Realmente senti que ficava nas alturas. Eu a sentia muito mais que o habitual.

Observação dieta carnívora #7 — Peso e medidas 

No dia 27 de janeiro, me pesei e a balança acusou 81,4 kg. 

E no dia 16 de fevereiro, o último dos 21 estava com 79,3 kg. Sendo que dois dias depois, meu peso estava 77,7 kg — assim, eliminei 3,7kg em 23 dias

Me pesar é um registro que faço diariamente no app Google Fit.

Em relação ao abdômen, em 23 de janeiro, eu medi 83cm e no dia 20 de fevereiro, foram 79cm de medida. Ou seja, perdi 4cm de abdômen em menos de um mês. Esses registros eu faço semanalmente.

Observação dieta carnívora #8 — Disposição e energia para o treino 

Sou adepto de treino de força em jejum e assim permaneci fazendo. 

Não me senti nem um pouco mais fraco para continuar os exercícios e para continuar o aumento gradativo de carga, como já fazia.

Observação dieta carnívora #9 — Definição muscular 

Foram apenas 21 dias de dieta puramente carnívora, o que não é um período suficiente para diferenças substanciais, além do peso e das medidas que mencionei. 

Mas, ao tocar meu corpo, eu o sentia mais rijo e menos flácido. 

Especialmente no peitoral, que eu senti com um pouco mais de definição muscular e mais firme ao meu toque.

Observação dieta carnívora #10 — Vontade de comer outras coisas 

Sou uma pessoa que come bem. 

E, comendo bastante carne, não senti desejo de comer nada de mais diferente.

Mesmo após os 21 dias, continuo mantendo a maior parte da dieta a base de produtos de origem animal, colocando de vez em quando um vinho ou algum vegetal

Ou ainda comendo um pedaço de bolo — em caso de festas de aniversário

Acho que a dieta me fez mudar mais ainda os hábitos que eu já mudara desde a low-carb. 

Acredito que, atualmente, eu faça uma dieta com princípios da cetogênica, carnívora e low-carb

Objetivos atuais de recomposição corporal

Como meu objetivo hoje é melhorar a composição muscular, após o intenso emagrecimento que tive em 2019 — que registrei no perfil de Instagram @seltaot — quero investir em uma dieta mais rica em carnes para o ganho de massa magra. 

Estou apostando que ela seja mais barata e eficiente do que uma em que eu use suplementos. Gostosa eu sei que ela é.

Mas, nesses dias de quarentena, a falta de treino de força é realmente algo que eu senti diferença no corpo. 

Suspeito que os resultados de ganho de massa magra somente sejam eficientes combinando a dieta com base em produtos de origem animal com aumento gradual da intensidade dos treinos de força.

Sugiro a todos que tenham curiosidade e que tenham condições de fazê-l, que realizem esse teste em si mesmos(as). 

Mas, para terem resultados consistentes, é importante seguir a dieta por mais tempo do que estes 21 dias — e associá-la aos treinos de força.

Não achei difícil de fazer. Se você ama carnes (como eu amo), será uma dieta muito prazerosa.

A História Do Selton — Conclusão E Palavras Finais

Muito bacana ver o relato do Selton para observar o seguinte.

Que cada vez mais pessoas descobrem que conseguem perder peso, diminuir barriga, e controlar a fome e compulsão comendo uma dieta pobre em carboidratos.

Seja uma dieta cetogênica, como a que Selton seguiu durante o programa Guia Dieta Cetogênica.

Seja uma dieta carnívora, como neste experimento de 21 dias — no qual ele eliminou 3,7kg, e 4cm de abdômen.

Ou mesmo uma dieta low-carb padrão — em alguma de suas diversas variações.

E note como este relato do Selton pode trazer 5 aprendizados úteis a você.

O primeiro aprendizado é o acompanhamento: conforme ensinamos no Guia Dieta Cetogênica, o Selton acompanhou de perto seu peso e suas medidas corporais, além de reparar na aparência de seu corpo no espelho (e na própria sensação do toque).

Com tudo isso, conseguiu reparar nas mudanças que aconteceram mesmo num período relativamente curto de tempo.

O segundo aprendizado diz respeito a fome, saciedade e compulsão. Por comer sempre até ficar saciado — e basear sua estratégia em alimentos nutritivos como carnes, ovos, e vísceras como o fígado — Selton não experimentou nenhuma compulsão alimentar nem vontade de doces.

Para um antigo viciado em bolacha Mabel (pergunte a ele), isso é uma vitória e tanto.

O terceiro aprendizado diz respeito a encontrar seu próprio equilíbrio

Isto é: Selton experimentou o estilo de vida carnívoro, mas após o fim do experimento decidiu não seguir numa estratégia baseada 100% em alimentos de origem animal.

Em vez disso, aproveitou os aprendizados da dieta carnívora para enriquecer ainda mais seu estilo alimentar.

Pois, se por um lado, ele mantém a base de bichos (alimentos de origem animal) e algumas plantas (alimentos low-carb de origem vegetal)…

Por outro lado, consegue encaixar uma exceção ocasional — sem que isso o leve a sair do prumo da dieta, e nem coloque seus resultados a perder.

O quarto aprendizado diz respeito aos treinos e ao ganho de força.

Pois, ao aliar uma dieta baixa em carboidratos com o jejum intermitente (o que ele aprendeu a fazer com o programa Guia Dieta Cetogênica), ele desbloqueou a capacidade de acessar a gordura corporal como fonte de combustível.

E, por isso, consegue treinar super bem mesmo sem se alimentar antes do treino.

Falamos um pouco sobre a união da cetogênica com o jejum intermitente no vídeo abaixo.

Sendo que o Selton percebeu que comer carnes é uma ótima alternativa para ajudá-lo a ganhar massa muscular, que dispensa inclusive o uso de suplementos alimentares.

Ao mesmo tempo em que percebeu que o estímulo do treino é fundamental para este resultado se concretizar.

(Isto é, não adianta apenas comer carne: é necessário treinar força também — conforme falamos com a Nutricionista Letícia Moreira, especialista em atletas e low-carb.)

Por fim, o quinto aprendizado diz respeito à mentalidade correta para ter sucesso.

Pois, caso Selton não se permitisse experimentar a cetogênica (em meados de junho de 2019, e emagrecer mais de 20kg com ela), ou mesmo a carnívora (em janeiro de 2020, e emagrecer quase 4kg com ela)…

E, em vez disso, preferisse dar ouvidos a pessoas que criticavam sua iniciativa (ainda mais pessoas que jamais atingiram os resultados que ele buscou e obteve)…

Nesse caso, nada disso teria sido possível.

Por isso, aproveitamos este espaço para parabenizar ao Selton por ter investido em si mesmo.

Nós conversamos algumas vezes sobre como cuidar de si e da sua alimentação — e investir na sua saúde e no seu aprendizadosão atos de amor a si próprio.

Parabéns ao Selton pelos resultados — e pela transformação que envolve, em primeiro lugar, cuidar de si mesmo.

Se você que está nos lendo gostaria de compartilhar seus resultados com a gente, pode mandar um email para nós. Recebemos todos em [email protected].

Já se você ainda não tem esses resultados, e gostaria de contar com a nossa ajuda para obtê-los…

Então te convido a conhecer o programa Guia Dieta Cetogênica — o exato programa que ajudou o Selton (e mais centenas de outros alunos) a emagrecer dezenas de quilos, e recuperar a saúde e a autoestima no processo.

Nós também temos um livro digital sobre a dieta carnívora, falando tudo sobre esta estratégia.

Independentemente de qual estratégia você optar por seguir, saiba que estaremos ao seu lado.

Pois acreditamos que a nossa missão aqui é te ajudar a fazer as melhores escolhas possíveis, dentro do escopo do que você acredita e deseja.

E assim, juntos, vamos colocar você no controle do seu corpo.

Seguimos unidos nesta jornada.

Forte abraço,
— Guilherme e Roney, do Senhor Tanquinho.

Receba atualizações dos comentários
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments