Dieta Slow Carb: Cardápio, Receitas e Lista de Alimentos Permitidos: 5 Regras Simples Para Emagrecer Agora!

slow carb, dieta, emagrecer, saúde, low carb, tim ferriss, nutrição, cardápio

Senhoras e senhores, com este post o Senhor Tanquinho orgulhosamente inaugura sua seção de dietas e começaremos com uma das mais eficientes dietas para perda de peso.

É uma dieta que funciona bem para as mais variadas situações, porém se mostra especialmente eficiente para pessoas que precisam perder uma grande quantidade de peso (mais de 10 kg, por exemplo).

Além disso, muitas pessoas começam sua jornada de re-empoderamento do próprio corpo por meio desta dieta, não só porque ela propicia resultados perceptíveis num prazo relativamente curto (em 4 a 6 semanas já é possível ver mudanças significativas), mas também por ser facilmente mantida a longo prazo.

É a dieta Slow carb, conforme popularizada por Tim Ferriss em seu livro “4 Horas Para o Corposlow carb, dieta, emagrecer, saúde, low carb, tim ferriss, nutrição, cardápioPorém, como o Senhor Tanquinho não gosta de deixar as coisas “no ar”, abaixo de cada regra segue uma explicação simples daquela regra. Além disso, preparamos uma explicação mais detalhada e um FAQ que você pode consultar na segunda parte do artigo.

Cardápio e Lista de Alimentos Slow Carb

slow carb, dieta, emagrecer, saúde, low carb, tim ferriss, nutrição, cardápioSe você busca uma cardápio completo e uma lista de alimentos, clique aqui.

Então, sem mais delongas, as regras são:

 1 – Evite Carboidratos Brancos

slow carb, dieta, emagrecer, saúde, low carb, tim ferriss, nutrição, cardápio

Não coma nenhum alimento fonte de carboidratos que seja, ou possa ser, branco – inclusive o onipresente açúcar.

Isso inclui: Arroz (inclusive integral), todo tipo de pão, bolos, cereais, batatas, macarrão, tortillas, mandioca, frituras à milanesa e tempura. Evite esses alimentos e você estará seguro.

E é pra isso que vem o ponto 2.

(Mas calma: ainda tem bastante coisa que pode comer.)

 2 – Coma As Mesmas Refeições

Eu imagino que você já tenha bastantes assuntos e preocupações a ocupar sua mente no dia-a-dia, certo?

Então certamente não quero complicar ainda mais sua vida com essa dieta, fazendo você ter que pensar em número de calorias, “pontos”, ou qualquer outra unidade maluca a cada vez que você for se alimentar.

Basicamente, para cada refeição sua você deve escolher um item de cada categoria a seguir. Misture à vontade:

1) Proteínas:

slow carb, dieta, emagrecer, saúde, low carb, tim ferriss, nutrição, cardápio

Proteínas podem ser consumidas à vontade, e inclusive pode ser que você precise consumir mais proteína do que imagina – saiba mais clicando aqui.

2) Leguminosas:

slow carb, dieta, emagrecer, saúde, low carb, tim ferriss, nutrição, cardápio

  • Lentilhas;
  • Feijão (preto, vermelho, carioca);
  • Soja;

3) Vegetais:

slow carb, dieta, emagrecer, saúde, low carb, tim ferriss, nutrição, cardápio

  • Espinafre;
  • Mix de vegetais (brócolis, couve-flor, cenoura);
  • Aspargos;
  • Ervilhas;
  • Brócolis.

A maioria das pessoas que segue esta dieta costuma fazer de três a quatro refeições por dia. Você pode fazer mais, mas não há uma real necessidade disso.

Apenas se lembre de comer até ficar saciado – os alimentos envolvidos na dieta não são caloricamente densos e o tempo decorrido até sua digestão completa é maior do que o de açúcares refinados.

Apesar de poder basear as suas refeições sempre nos mesmos alimentos, sua dieta não precisa ser sem graça.

Nesse artigo, uma Chef amiga do Tim Ferriss explica como tornar dieta Slow Carb ainda mais saborosa.

Para cardápio gratuito de 1 semana e lista de alimentos permitidos, clique aqui.

 3 – Não Beba Calorias

slow carb, dieta, emagrecer, saúde, low carb, tim ferriss, nutrição, cardápio

Beba muita água, e café e chá (sempre sem açúcar) à vontade, mas não consuma leite, refrigerantes, ou sucos de fruta.

(Se você é viciado em refrigerantes, mude para o diet ou zero, mas apenas provisoriamente, e não mais que uma latinha por dia.)

Além disso, vinho tinto seco pode ser consumido com moderação (leia-se: até duas taças por dia). Muitas pessoas também relatam que tomar uma ou duas taças à noite ajuda a controlar a vontade de doces que elas estão acostumadas a consumir nesse horário.

Continuam proibidos vinhos brancos, rosé e cervejas.

 4 – Não Coma Frutas

slow carb, dieta, emagrecer, saúde, low carb, tim ferriss, nutrição, cardápio

Isso mesmo, esta regra vai na contramão da maioria dos conselhos nutricionais que você vê por aí.

A razão principal disso é que as frutas são ricas em um tipo de açúcar chamado frutose, que é metabolizado em gordura mais rapidamente do que a maioria dos outros açúcares.

De qualquer modo, obtenha suas vitaminas e micronutrientes via legumes e verduras e deixe as frutas de lado 6 dias por semana.

Peraí, por que SEIS dias?

Porque a regra número 5 (e minha favorita) diz que, um dia por semana, você poder comer tudo o que quiser, e o quanto quiser!

Para cardápio completo e uma lista de alimentos, clique aqui.

 5 – Um Dia Do Lixo Por Semana

slow carb, dieta, emagrecer, saúde, low carb, tim ferriss, nutrição, cardápio

Nesse dia mágico, para o qual recomendo sábado ou domingo, você pode comer tudo o que quiser, todas as exceções às regras, na quantidade que desejar.

Saiba que esse dia é muito importante para a dieta funcionar, tanto para regulação hormonal (grelina, leptina) – impedindo que seu corpo diminua demasiadamente o metabolismo devido à dieta – quanto para que essa dieta seja sustentável a médio e longo prazos (para informações mais detalhadas sobre o “dia do lixo” acesse nosso post sobre ele clicando aqui).

Afinal, ia ser muito ruim você nunca mais poder comer os alimentos que mais gosta, não é mesmo?

Felizmente, você poderá comê-los na quantidade que desejar, todas as semanas!

Basta que restrinja esse consumo a um dia apenas da semana. Não é tão difícil, hein?

É isso! Basicamente, siga as regras da dieta (sem contar calorias nem nada assim), e me diga se em duas semanas seguindo essas regras você já não consegue emagrecer visivelmente!

Abaixo, um pequeno resumo visual para ninguém se esquecer das dicas do Senhor Tanquinho!

E fiquem ligados para novos posts, com mais saúde, explicações e aprofundamentos…

Relacionado: Cardápio Completo para 91 dias de dieta Slow Carb. Emagreça em 3 meses com a Dieta de Tim Ferriss.

F.A.Q.: As Perguntas Mais Frequentes Sobre A Dieta Slow Carb

paleo, dieta, paleolítica, emagrecer, saúde, low-carb

A maioria dessas questões foi abordada por Tim Ferriss em seu livro best-seller que popularizou essa dieta, o excelente “4 Horas Para o Corpo”.

“Não dá para seguir essa dieta! Ela restringe muito os alimentos!”

slow carb dieta e suas 5 regras de tim ferriss

Os milhares de praticantes dessa dieta ousam discordar. Todavia, caso você não esteja convencido(a) de que consegue segui-la, tenho uma sugestão.

Comece a mudança aos poucos. Um bom início é alterar o seu café da manhã: tente ingerir pelo menos 30 gramas de proteína até 30 minutos depois de acordar. Você pode substituir seu pãozinho por um belo omelete, por exemplo. Ou, caso não tenha o tempo e apetite para isso, tomar um shake de proteína assim que acordar.

Não é muito difícil e você deve ver resultados (ainda que modestos) em cerca de 1 mês.  Aí, espera-se que isso te motive a abraçar a dieta de vez por 6 dias – apenas seis dias, você consegue! Afinal, o sétimo será o dia do lixo e você já poderá comer tudo o que quiser, por 24 horas, sem parar!

Outra dica útil, que eu mesmo utilizo, é anotar num arquivo de texto no celular ou computador cada vez que tenho um desejo por algo durante a semana (geralmente, massas diversas, chocolate, sorvete e cervejas).

Desse modo, nunca fico mais de 6 dias sem comer os alimentos de que mais gosto, e tudo isso enquanto colho os doces frutos de um abdômen tanquinho.

Para baixar o cardápio completo de uma semana e uma lista de alimentos, clique aqui.

Também temos um cardápio de 91 dias de dieta + livro de receitas, confira.

“Posso usar adoçante na dieta Slow Carb?”

De preferência, não use. Tomar café ou chá sem adoçar, por exemplo, é apenas questão de costume.

Experimente ir removendo os adoçantes gradativamente, diminuindo a quantidade usada semana após semana…

Porém, se for consumir, sugiramos que dê preferência para os adoçantes naturais, como a estévia, e alguns açúcares de álcool, como o xilitol e o eritritol.

Para sanar todas as suas dúvidas sobre adoçantes e saber quais os mais saudáveis e benéficos para seu emagrecimento, recomendo que escute ou leia esse podcast gratuito do Dr Souto (maior autoridade brasileira em low-carb) sobre o assunto.

“Gosto de variedade, não de ficar comendo sempre as mesmas coisas!”

keto,cetose,cetogenica,dieta,emagrecer,saúde,low carb,cetonicos

Como o próprio Ferriss fala, a “maioria das pessoas superestima a variedade de pratos que come regularmente”. Excetuando viagens e circunstâncias excepcionais, as pessoas mal percebem e acabam comendo diversas refeições que, se não iguais, são pelo menos muito próximas.

Por exemplo, para muitos brasileiros, a combinação arroz e feijão faz parte do dia-a-dia. No café da manhã, então, muitos comem basicamente a mesma refeição todos os dias. Sendo assim, não é um sacrifício tão grande repetir refeições – basta escolher as certas para repetir.

Ademais, os alimentos envolvidos não são, de maneira alguma, ruins ou sem sabor – ainda mais se lembrarmos que ervas, temperos e condimentos estão liberados, possibilitando uma infinidade de sabores no seu prato (prova disso é nosso livro gratuito com receitas saudáveis para emagrecer). Experimente, emagreça, e seja feliz.

Veja o cardápio completo e uma lista de alimentos, clique aqui.

Confira também nosso livro de receitas slow carb com cardápio para 147 dias.

“Tudo bem, consigo fazer almoços e jantares Slow Carb… Mas e o café da manhã!?”

Receitas Low-Carb de Café da Manhã para Emagrecer Feliz: Clique Aqui!Esta é uma excelente pergunta, porque o café da manhã na dieta Slow Carb é uma dificuldade para muitas pessoas.

Claro, você pode comer ovos e bacon – mas muita gente não consegue comer apenas isso todos os dias.

E foi pensando nisso que preparamos uma coletânea de livros de receita de café da manhã low carb – e que é perfeito para a Dieta Slow Carb.

(Ou você pode clicar aqui para ver os vídeos grátis de receitas.)

Devo tomar algum suplemento?”

slow carb, dieta, emagrecer, saúde, low carb, tim ferriss, nutrição, cardápio

Como essa dieta causa elevada perda de água (e é sugerido elevado consumo dela), especialmente no início, podem ser consumidos (embora não seja obrigatório) suplementos de cálcio, magnésio e potássio – importantes eletrólitos para a regulação de processos metabólicos.

Uma alternativa é o consumo de um multivitamínico, que auxilie a suprir essa demanda, além de outros micronutrientes úteis.

Aqui vale pontuar que a suplementação não precisa fornecer 100% das necessidades diárias – afinal, seguindo as recomendações de consumo amplo de vegetais e legumes, você deve obter uma boa parte de suas vitaminas e minerais via alimentação.

“Não comer frutas? Mas elas não são necessárias para uma dieta balanceada?”

paleo, dieta, paleolítica, emagrecer, saúde, low-carb

Na verdade, não. Para começar, não existe um consenso do que seja uma “dieta balanceada”. Agências federais não conseguem chegar a uma definição oficial, e não há evidências científicas que sugiram a necessidade do consumo de frutas mais de uma vez por semana, no dia do lixo.

Além disso, que tal um pequeno exercício de imaginação? Se você, como boa parte da população brasileira, tem ascendência europeia, tentemos imaginar como era a vida durante os invernos rigorosos de lá.

Muita neve, nada de plantações, nada de estufas, nada de agrotóxicos. As mercadorias (inclusive alimentos) levavam meses e meses para chegar aos seus destinos – então, nada de alimentos perecíveis nesse período.

Você acha que seus ancestrais comiam frutas o ano todo? Pode apostar que não. E, ainda assim, você está aqui, provando que os humanos são perfeitamente capazes de sobreviver sem se alimentar extensivamente com frutas.

Para terminar, a explicação mais científica. Frutas são ricas em frutose, um açúcar que é facilmente convertido em triglicérides (via reações metabólicas do fígado) e, desse modo, aumenta a deposição de gordura.

E aqui, vale um lembrete: Tim Ferriss cita tomate e abacate como as únicas exceções a essa regra, e ainda diz que este último deve ser consumido com moderação. Então, capriche nas verduras e esqueça as frutas!

“Posso ingerir álcool durante a dieta? Quais tipos de bebidas alcoólicas são melhores?”

keto,cetose,cetogenica,dieta,emagrecer,saúde,low carb,cetonicos

No dia do lixo, você pode comer E beber o que quiser! Entorne litros e litros de cerveja (ou qualquer bebida de sua preferencia!) se quiser, simplesmente não há restrições!

Em dias de dieta (os outros seis dias da semana), fique com vinhos secos – sendo que com “secos” quero dizer vinhos com menos de 1.4% de açúcar residual. As variedades recomendadas para os tintos são Pinot Noir, Cabertnet Sauvignon e Merlot, e para os brancos geralmente Sauvignon Blanc e Albariño. Inclusive falamos mais sobre vinhos na dieta Slow Carb aqui.

Eu geralmente tomo apenas tintos secos que, além de harmonizar muito bem com carnes em geral (sua fonte de proteínas!), ainda auxiliam a controlar as vontades de doces e alimentos proibidos durante os dias de semana – algo relatado também por outros seguidores da dieta.

Para dias de porre e bebedeira generalizada, confira o artigo completo sobre álcool e dieta.

“Senhor Tanquinho, o que posso comer de lanche da manhã/tarde?”

slow carb, dieta, emagrecer, saúde, low carb, tim ferriss, nutrição, cardápio

Seguindo esta dieta, não deve haver fome ou desejo de lanchinhos regularmente. Se você fica com fome entre refeições, provavelmente não está comendo proteína suficiente a cada refeição.

Esse é um erro muito comum, especialmente para iniciantes: como estamos comendo alimentos menos caloricamente densos, no geral, precisamos de mais quantidade dos mesmos para obter as calorias diárias necessárias.

Coma até ficar saciado, sem medo de quantidade – lembrando que a maioria dos seguidores faz 3 ou 4 refeições por dia.

Igualmente, fome antes de dormir significa que você não está comendo o bastante no jantar. Se a fome for muita (a qualquer momento do dia), simplesmente coma outra refeição estilo slow-carb. Não vai fazer mal.

Relacionado: cardápio de 91 dias de dieta + livro de receitas, confira.

Outra explicação possível para o desejo de comer entre refeições é que este seja simplesmente por razões emocionais: stress, solidão e até procrastinação são alguns exemplos de situações em que podemos recorrer à comida de modo a satisfazer emoções mal resolvidas.

Todos já passamos por isso, e realmente não há uma solução mágica. Felizmente comer de 3 em 3 horas é apenas mais um mito da nutrição: quando tiver fome simplesmente coma os alimentos permitidos até o ponto de saciedade. Não há segredos.

“Preciso mesmo de um dia do lixo?”

slow carb, dieta, emagrecer, saúde, low carb, tim ferriss, nutrição, cardápioÉ muito importante aumentar o consumo calórico um dia por semana. Seu corpo agradecerá os benefícios hormonais, e sua mente agradecerá os benefícios psicológicos.

Para mais detalhes e informações sobre o “dia do lixo”, acesse nosso post sobre ele clicando aqui e fique por dentro de todos seus benefícios.

Além disso, outro argumento é que as pessoas invariavelmente acabam saindo dos alimentos permitidos na dieta, uma hora ou outra.

Sendo assim, é melhor ter esses momentos planejados adiante (por exemplo, todos os sábados), o que ainda por cima ajuda a aumentar a aderência à dieta no longo prazo.

Por fim, a humanidade se desenvolveu muito, e inclusive aprendeu a cozinhar deliciosos pratos e refeições – alguns dos quais não pertencem aos outros seis dias da semana.

Seria uma pena você se privar deles para sempre.

De todo modo, você não precisa necessariamente comer “porcarias”.

Porque existem maneiras bem saborosas de fazer o dia do lixo comendo alimentos mais naturais.

Adote os dias do lixo, e fique em forma sem deixar de aproveitar o que a vida tem de bom.

“Consegui modificar minhas refeições, mas e o café da manhã?”

slow carb, dieta, emagrecer, saúde, low carb, tim ferriss, nutrição, cardápio

Para a maior parte dos leitores, o café da manhã costuma ser a refeição mais difícil de modificar: estamos acostumados a comer sempre os mesmos alimentos, e geralmente não permitidos por essa dieta: leite, iogurte, pão, torrada, cereais…

Como até o Senhor Tanquinho acha indigesto comer frango ao acordar, geralmente como ovos, sejam eles cozidos (mais fáceis de preparar) ou na forma de omelete.

Espinafre refogado também é uma boa pedida – não faça essa cara, experimente primeiro – ainda mais com os ovos – e veja como um café da manhã nutritivo também pode ser delicioso.

Se ainda assim não foi convencido pelo espinafre, você pode acompanhar os ovos com peito de peru e fatias de tomate – um sabor mais tradicional, e ainda assim slow carb. Queijo cottage também é uma de minhas adições favoritas a essa refeição.

Seguindo essas regras, você está inserindo mais proteína em seu café da manhã, o que não só aumenta a sensação de saciedade, mas também ajuda a acelerar seu metabolismo logo cedo. Mude o café da manhã e confira os resultados!

Veja algumas opções deliciosas para variar no café da manha.

Para visualizar o cardápio completo e uma lista de alimentos, em alta resolução, clique aqui.

cardapio slow carb

Devo praticar exercícios físicos para emagrecer durante esta dieta?

Não, exercícios físicos não são essenciais para o emagrecimento e você conseguirá emagrecer perfeitamente apenas se alimentando seguindo os preceitos da dieta Slow-Carb.

Mas, é claro que atividades física são sempre muito bem vindas, elas podem não só acelerar seus resultados, como também te deixar com mais disposição e energia durante todo seu dia.

Portanto, se gosta de praticar exercícios de qualquer natureza, pratique-os à vontade.

Neste artigo falamos sobre os três melhores tipos de exercícios físicos para se praticar durante uma dieta low-carb, todos visando otimizar a queima gordura corporal.

A falta de doce é o maior empecilho para meu emagrecimento. É possível comer doces na dieta slow carb?

Felizmente a resposta é SIM! Agora você não tem mais a desculpa da falta do sabor doce em sua dieta para deixar de segui-la.

Isso porque após muito pedidos de nossos leitores, nós criamos a Coletânea de Receitas de Sobremesas Low-Carb para emagrecer com Prazer – são mais de 59 receitas low-carb para te ajudar a não fugir da dieta nem na hora da sobremesa.

Você pode conferir 4 receitas gratuitas aqui neste link.

Para finalizar, o que dizer sobre dieta slow carb e jejum intermitente?

O jejum intermitente é muito bem vindo e nós, do Senhor Tanquinho, o praticamos há pelo menos 2 anos. E, particularmente para nós, achamos que tem tudo a ver com dieta cetogênica e pode sim ser mais uma ferramenta para auxiliar sua saúde, emagrecimento e bem estar.

Para saber mais sobre essa prática do jejum intermitente, recomendo que leia este artigo que escrevemos sobre o assunto.

O Dr Souto e o Dr Fung (maior especialista do mundo em jejum intermitente) também abordam tudo sobre o assunto neste podcast.

“Gostei do artigo, mas ainda tenho dúvidas. O que faço agora, Senhor Tanquinho?”

Se você tem alguma dúvida que não foi sanada neste post ou em outros, deixe um comentário abaixo – ou faremos um novo, dependendo da complexidade. Em todo caso, não se iniba: o Senhor Tanquinho está aqui para te ajudar!

 

 

Save

Save

Save

  • alquimia

    Olá, gostaria de saber se é só esses vegetais que estão listados ou podemos incluir mais alguns?

    • SenhorTanquinho

      Olá,

      Na dieta Slow Carb, não há problema em incluir outros vegetais, dentre os quais sugerimos vagem, repolho, couve, e outros vegetais crucíferos (nabo, agrião, rabanete, rúcula, etc).

      Desejamos sucesso com a dieta.
      Forte abraço!

  • Rg

    Eu devo comer sempre a mesma seleção de alimentos? Todos os dias os mesmos almoços e jantares? Por ex: todos os dias no almoço e jantar feijão carne e legumes? E leite?

    • SenhorTanquinho

      Olá RG,

      Para que a dieta funcione, não é necessário que você coma sempre as mesmas refeições no almoço e jantar. Na verdade, a regra #2 diz respeito a “mesmas refeições” no sentido de serem compostas sempre pelos alimentos dos grupos apontados. Isto é, seguir a dieta fica bem mais fácil se você não ficar se complicando atrás de cardápios e receitas muito rebuscados.

      Porém, desde que você siga o guia de alimentos corretamente, não há porque inibir sua criatividade! Sinta-se à vontade para variar as composições das refeições e fique tranquila – desde que siga as regras, você vai emagrecer.

      Com relação ao leite, durante a semana ele fica proibido (por causa da regra #3). Guarde sua vontade para o dia do lixo (regra #5).

      Forte abraço!

  • thiago vieira

    Prático exercícios todos os dias, e gostaria de como segui a dieta slow carb aliado com esses exercícios. Quais as dicas para café e almoço

    • SenhorTanquinho

      Boa noite, Thiago

      Na verdade, a dieta slow carb não é a mais adequada se você treina muito intensamente visando hipertrofia, principalmente entre as 4 e 6 semanas inicias, enquanto seu organismo ainda não está totalmente adaptado.

      Porém, caso seu objetivo seja mais emagrecimento, pode tomar um café manhã rico em proteínas, com ovos ou frango, por exemplo, e muitos legumes e leguminosas (feijão e lentilha), que serão suas principais fontes dos carboidratos que serão utilizados como fonte de energia na hora dos exercícios.

      O mesmo é válido para o almoço, a dieta slow carb não possui muita variação dentro dos alimentos permitidos.

  • thiago vieira

    Boa noite Primeiro né rs

  • SenhorTanquinho

    Boa noite, Thiago

    Você focar bastante nas leguminosas (feijão e lentilha, por exemplo) e nos legumes, pois são estes alimentos que irão lhe fornecer os carboidratos que te darão energia na hora do treino.
    Porém, se você pratica exercícios muito intensamente, com um treino muito grande, talvez a esta dieta não seja a mais indicado caso busque a hipertrofia.

    O uso de adoçantes é permitido e a quantidade de alimentos durante a semana também é liberada, dentre os permitidos. Tomate e cenoura também são permitidos, mas a beterraba não.

    Chegando no peso permitido, você tanto mudar de dieta quanto reinserir alimentos aos poucos de volta a sua dieta. Por exemplo, comer frutas antes de treinar, este tipo de coisa. Vá sentindo a resposta do seu corpo e usando o bom senso também.

  • Ronei César Macri

    Olá, essa dieta é feita apenas para definição muscular, ou obeso também pode faze-lá? Tenho 1,75 e estou com 126,8 Kg… Perdi 25,4 Kg em 5 meses, apenas com dieta, comendo de 3h em 3h, eu continuo perdendo +/- a mesma quantidade por semana, mas está cada vez mais difícil. Você acha que posso fazer essa dieta? Ela terá benefícios para mim, ou é melhor seguir o que estou fazendo mesmo?

    • SenhorTanquinho

      Olá Ronei,

      Pode sim! Inclusive, eu a utilizei justamente para emagrecer, e tive grandes resultados.

      Sugestão: tire uma foto de antes e depois, e acompanhe suas medidas (explicamos o porquê, e damos outras dicas em http://www.senhortanquinho.com/dicas-para-dieta/ ).

      Desejo muito sucesso na sua dieta!
      Forte abraço

  • SenhorTanquinho

    Boa noite, Alexsander.

    Realmente, para quem visa a hipertrofia, a dieta Slow Carb acaba não sendo a melhor opção, pois o perfil de calorias e macronutrientes dela é mais voltado para aqueles que buscam emagrecimento e definição.

    Sendo este o seu caso, pode continuar na dieta Slow Carb mesmo treinando. Uma dica valiosa seria: certifique-se de comer quantidades de proteína suficiente. E ainda outra: nos dias de treino, pode caprichar um pouco mais nos carboidratos de fontes com baixo índice glicêmico.

    Forte abraço

  • SenhorTanquinho

    Francineide, você encontra uma lista de alimentos permitidos na dieta neste link: http://landing.senhortanquinho.com/slow-carb-cardapio/

    Já adianto que os alimentos que você citou acima não são recomendados e não se encaixam na categoria “slow carb”, ou seja, baixo teor de carboidratos.

    • Francineide Granjeiro

      ok, obrigada!

  • Mirian Machado

    Oii eu quero muito fazer a dieta Slow carb mas tenho muuuita dificuldade em deixar as frutas. Quero perder 5 kg.Não posso acrescentar sem ser no dia do lixo uma quantidade nem que seja mínima de uma fruta?? Por exemplo,uma laranja em determinado dia.. bjoo ♥

    • SenhorTanquinho

      Para obter os melhores resultados com a dieta slow carb, recomendamos que coma fruta apenas no dia do lixo, principalmente no inicio da dieta.
      Lembrando que tomate e abacate estão liberado, este último com moderação.

  • Caroline Lima

    Oi, tudo bem?
    Será que esse dia do lixo tem que ser entre duas noites para ter o mesmo efeito, ou posso começar na janta de sábado e terminar na janta de domingo?

    • SenhorTanquinho

      Boa noite, Caroline,
      O dia do lixo pode durar 24h sim, sem problemas.
      Começá-lo em um jantar e terminá-lo no jantar do dia seguinte não trará prejuízos a sua dieta se estiver fazendo tudo certinho durante a semana.

  • Ingride

    Posso comer salame?

    • Olá Ingride,

      o consumo exagerado de salame não é recomendado na dieta Slow Carb. Recomendamos que dê preferência a cortes menos processados de carne.

      Forte abraço!

  • natalia

    Boa noite,é permitido qualquer tipo de carne? limão são permitidos?

    • Olá, Natália,
      Todas as carnes de origem animal são permitidas e o limão é liberado como forma de tempero (mas não como suco).

      Espero tê-la ajudado,
      Forte abraço

  • Olá, Márcio,

    A dieta low-carb é uma boa opção para chegar à definição corporal que você busca.

    Sobre os suplementos, pode continuar tomando pois ele podem ajudar encurtar o tempo necessário para que você atinja seus objetivos.

    Sobre dicas, acredito que temos textos para duas medidas muito boas para o seu caso.

    -O primeiro é sobre exercícios intervalados de alta intensidade: senhortanquinho.com/hiit

    -O outro é sobre o dia do lixo, que você pode começar com menor frequência, por exemplo uma vez a cada 2 ou 3 semanas e ir adequando conforme o que funcionar melhor para você: senhortanquinho.com/dia-do-lixo

    Desejo muito sucesso em sua jornada!

  • Jéssica

    Oi, estou num estilo Paleo Low Carb, porém queria manter o dia do lixo, pois adoro doces. Sei que a Dieta Paleo não permite, mas como minha intenção é a perda de gordura, gostaria de saber se interfere? Também sou apaixonada por queijo e consigo um artesanal, que é uma maravilha. Mas fico na dúvida se como muito ou não (como duas fatias por dia) e se também pode interferir no peso? Adoro os conteúdos do site.

    • Olá, Jéssica,

      Muito obrigado pelos elogios! =)

      Vamos às perguntas.
      Como dissemos no texto:
      “Existem várias abordagens para a dieta Paleo, sendo que as mais estritas não aconselham o consumo de alimentos industrializados nem mesmo em momentos de Dia do Lixo.

      Todavia, nós acreditamos que, se você deseja emagrecer e ser mais saudável, sem tantas restrições a sua sanidade, um dia do lixo pode sim ser incluído – e ainda por cima ser benéfico.

      Conforme explicamos no texto sobre o dia do lixo, ele ajuda a evitar a estagnação da sua perda de peso. Sendo assim, acreditamos que ele pode ser inserido desde a primeira semana, mas não há prejuízos de se esperar um pouco mais (como um mês, por exemplo) para realizá-lo pela primeira vez.

      Lembrando que, por mais óbvia que pareça essa frase, sua saúde mental também é importante, e ela pode ser grandemente beneficiada por essa adição na sua dieta.

      Resumindo: se for para tornar sua vida mais agradável, pode fazer. A saúde é um processo que visa ao longo prazo, e não só um foco em “perda de peso agora”.”

      Já sobre o queijo:
      O queijo não deve ser um problema – porém, se acha que ele pode atrapalhar a sua perda de peso, experimente ficar 1 mês sem ele (mantendo todo o restante da dieta igual) e observe os resultados.

      Obrigado novamente pelos elogios,
      Forte abraço!

  • Olá Jéssica,

    ficamos felizes em saber que você está mais saudável – e ainda por cima adorando!

    Quanto ao peso, ele tende a se estabilizar, conforme falamos antes vale a pena experimentar com e sem dia do lixo, com e sem queijo, etc, até conseguir atingir o peso desejado.

    Desejamos muito sucesso a você! Abraços!

  • Miriam

    Iogurte natural desnatado tem carboidrato a ponto de não poder ser consumido nesta dieta?

    • Boa noite, Miriam,

      Na verdade o fato do iogurte ser desnatado não faz ele ser bom para dieta Slow Carb, pois os iogurtes desnatados muitas vezes apresentam mais carboidratos que suas versões “naturais”.

      E infelizmente nenhumas das versões é permitida na dieta Slow Carb porque os derivados de leite possuem elevando efeito sobre sua insulina, o que é a maior restrição da dieta.

      Espero tê-la ajudado,
      Forte abraço!

  • Miriam

    Obg.

  • cibele flores

    Boa noite sr tanquinho, é permitido nesta dieta o uso de azeite para preparar os alimentos? Os ovos, carnes, preparar também o feijão?

    • Olá, Cibele, azeite é sim permitido para preparar os alimentos na dieta slow carb.

      Já o kefir não é permitido nessa dieta.

      Esperamos ter ajudado,
      Forte abraço.

  • cibele flores

    E o kefir feito com leite integral é permitido?

  • Virginia Socorro

    Sr Tanquinho, Socorroooo, sou viciada em leite, diga que posso, vai…rsrs

    • Olá, Virgínia!

      Obrigado por seu comentário.

      Infelizmente na dieta Slow Carb, bem como na maioria das dietas low-carb, o leite não é permitido.

      Porém, na dieta Slow Carb em particular, você consumi-lo sem moderação alguma no Dia do Lixo. =)

      Forte abraço!

  • Olá, Cristiniane,
    obrigado por seu comentário.

    Na verdade acredito que você tenha se confundido um pouquinho com o nome das dietas, o que é normal. rsrs

    Na verdade low-carb refere-se às dietas com baixa restrição de carboidratos, como a Atkins ou Paleo low-carb. Ou seja, dieta Atkins é uma dieta “low-carb”.

    Já a dieta Slow Carb é um pouco diferente das Low-Carb. Isso porque não necessariamente a dieta Slow carb apresenta baixa ingestão de carbs, já que as leguminosas são liberadas. Ou seja, você pode fazer a slow carb de uma forma low-carb ou não.

    Seu nome, SLOW carb, vem do fato da dieta permitir carboidratos de baixo índice glicêmico, como feijão e lentilhas.

    Se sua motivação é o dia do lixo, e acho que vai conseguir se manter numa dieta por mais tempo graças a ele, então recomendo a dieta SLOW carb mesmo, já que ele não é permitido na dieta Atkins, por exemplo.

    Espero ter esclarecido sua dúvida,
    Forte abraço!

  • Isaac Ferreira

    Há alguma recomendação a respeito do sal, alho e outros tipos de temperos?

    • Olá, Isaac,
      Obrigado por seu comentário.

      Não existem restrições com relação a temperos, inclusive o sal.

      Desde que sua alimentação não seja baseada em alimentos industrializados e cheios de sódio, não há motivos para se preocupar com o sal. =)

      Tempere sua comida com temperos à vontade, não será isso que irá melhorar ou piorar seus resultados.

      Forte abraço!

  • ingrid

    posso comer pequi?

    • Olá, Ingrid!

      Infelizmente pequi não é permitido na dieta Slow Carb. As únicas frutas permitidas são abacate e tomate.

      Forte abraço!

  • Olá, Jonas!

    Obrigado por seu comentário. E parabéns pelos resultados! Realmente estão excelentes. =)

    É normal que a perda de peso alterne entre momentos de platô e momentos de “uhul”. Fora que muitas vezes você pode não mudar sua medida da balança mas perder boas medidas, conforme explicamos nesse outro texto: http://www.senhortanquinho.com/medidas-corporais-guia-completo-tirar-medidas-do-corpo-com-fita-metrica/

    Sobre o treinamento aeróbico funcional, ele não deve interferir negativamente em sua perda de peso, mas sim ajudar seu emagrecimento.

    Nossa sugestão é que tenha paciência, porque a consistência com certeza trará resultados a longo prazo.

    Esperamos ter ajudado,
    Forte abraço!

  • Laura

    Coco, amendoim, presunto são proibidos ? O coco ajuda a vontade de comer doce e dele ainda da pra retirar o leite e a farinha por isso acho ele um alimento interessante.

    • Olá, Laura,

      Obrigado por seu comentário.

      Na verdade, coco, abacate e tomate são as únicas frutas liberadas na dieta Slow Carb – sendo que coco e abacate com alguma certa restrição. Mas você pode sim aproveitar o coco e seus derivados. =)

      O presunto está totalmente liberado.

      E o amendoim, por também ser uma leguminosa, está liberado sim, porém em quantidades reguladas – o problema é que muita gente não consegue comer apenas um punhado, né? rsrs

      Esperamos ter ajudado, Laura,
      Forte abraço,
      Guilherme & Roney

    • Nathany Santos

      Laura voce ainda esta fazendo a dieta slow carb? se estiver fzendo me conte seus resultados, sempre precisamos de motivação para se manter firme

  • Olá, Aline,

    Existem várias dietas low-carb, você já escolheu a sua? Esse texto pode te ajudar: http://www.senhortanquinho.com/dieta-low-carb-variacoes-qual-melhor-opcao/

    De toda, seja qual for a dieta low-carb que você adotar, banana será um alimento restrito porque possui enorme quantidade de carboidratos.

    Forte abraço!

  • Olá, Amanda,

    Obrigado por seu comentário e parabéns por ter atingido sua meta!

    Chegando ao peso desejado, você começar a se conhecer melhor e descobrir como seu corpo funciona a cada tipo de alimento. Por exemplo, você pode tentar reinserir alimentos saudáveis ao seu dia a dia, como queijos ou frutas que são proibidos no decorrer da dieta Slow Carb. Ou, se preferir, tentar aumentar o dia do lixo para dois dias…

    O mais importante é se conhecer e observar como seu responder após esses estímulos novos – lembrando que idealmente você deve mexer em apenas um fator por vez para saber se foi isso ou não que deu diferença em seu peso, se isso acontecer. Se observar um ganho de peso, basta voltar para o que estava fazendo antes. :)

    Uma opção mais simples seria manter a dieta igual, sem mexer em nada e ver se continua emagrecendo antes de tomar qualquer outra das medidas que dissemos acima. =)

    Esperamos ter ajudado, Amanda,
    Forte abraço!

  • Olá, Vivian,
    Obrigado por seu comentário!

    Primeiramente, parabéns por seu excelente resultado! Perder 3 kg em 1 semana e meia é fantástico, não é mesmo?

    Você não precisa se preocupar nem um pouco com isso. Não podemos nem considerar um platô, são apenas dois ou três sem perder peso – isso é totalmente normal.

    A perda de peso não é um processo regular ou contínuo e é normal alternar momentos de grande taxa de emagrecimento com momentos de estagnação – o que não pode é faltar consistência.

    Além do mais, se pesar todos os dias e usar só a balança para acompanhar seus resultados é uma prática péssima!

    Primeiro porque não emagrecemos todos os dias e é comum que nosso peso varie até mais de 1 kg ao longo de um dia. Segundo porque muitas vezes você não perde peso mas perde medidas em uma dieta low-carb, ou seja, troca gordura por músculos, por exemplo.

    Por isso recomendo fortemente que leia esse texto que escrevemos sobre como acompanhar e mensurar seus resultados de forma inteligente e sem margens para desesperos: http://www.senhortanquinho.com/medidas-corporais-guia-completo-tirar-medidas-do-corpo-com-fita-metrica/

    Esperamos ter ajudado, Vivian,
    Forte abraço!

  • Olá, Fernanda,

    Certamente fazendo o dia do lixo toda semana e comendo carboidratos antes dos treinos você não conseguirá ficar “cetoaptada”. Porém, o mais importante não é estar cetoadaptada ou não se seu objetivo é apenas emagrecer cerca de 3 kg. Comendo comida de verdade e comendo os carboidratos apenas após os treinos possivelmente já será o suficiente para atingir esse objetivo.

    Você também simplesmente tentar a fazer dieta slow carb por completo, consumindo os carboidratos das leguminosas (feijão e lentilha, por exemplo) e deixando as raízes de lado, e fazendo o dia do lixo – conforme idealizado por Tim Ferriss.

    Esperamos ter ajudado,
    Forte abraço!

  • Olá, Isabella,

    Muito obrigado por seu comentário e por seus elogios, ficamos muito felizes em lê-los. :)

    Sobre as gorduras nas dietas low-carb, realmente é difícil sairmos daquilo que ouvimos desde criança (que gorduras fazem mal). Infelizmente esse é um conhecimento errado que está arraigado em nossa sociedade mas que felizmente vem caindo por terra graças a profissionais comprometidos com a verdade (Uma lista com alguns desses profissionais pode ser encontrada aqui: http://profissionaislowcarb.blogspot.com.br/ ) e estudos realmente embasados.

    De toda forma, na dieta slow carb (por não ser necessariamente uma dieta low-carb) você não precisa se preocupar com proporções dos macronutrientes, só foque em comer apenas os alimentos permitidos (carnes, ovos, leguminosas, legumes e folhas) na quantidade que quiser, sempre até a saciedade a cada refeição.

    Esperamos ter ajudado, Isabella e muito sucesso na nova dieta,
    Forte abraço!

    • Isabella Amaral

      Obrigada pela resposta! :) Pela experiência de vocês, acham que no meu caso (perder +ou-3kg de gordura) seria melhor a low-carb ou slow carb?

      • Olá, Isabella,

        Na verdade a melhor dieta é aquela que você consegue seguir até atingir seus objetivos. A dieta slow carb apresenta um dia do lixo, por outro lado o emagrecimento com ela costuma ser um pouco mais lento por permitir uma maior quantidade de carboidratos por dia (devido às leguminosas). Por outro lado, você tem dificuldade em ingerir muita gordura, o que talvez dificultasse um pouco sua vida em uma low-carb.

        Não esquente muito a cabeça com qual emagrece mais ou mais rapidamente, ambas te levarão ao mesmo objetivo em tempos não muito distintos. Foque em achar aquela variante que mais tem a ver com você, aquela que vai te permitir emagrecer com prazer.

        Esse texto pode te ajudar um pouco a tomar a decisão correta: http://www.senhortanquinho.com/dieta-low-carb-variacoes-qual-melhor-opcao/

        Forte abraço!

  • Olá, Ricardo,

    A dieta slow carb não é a mais ideal para quem visa a máxima definição muscular. Por ser um processo difícil, comer os carboidratos das leguminosas pode dificultá-lo.

    Sendo assim, uma dieta mais low-carb e com um pouco de restrição calórica nos dias sem treino pode ser uma solução que trará mais resultados de definição do que a dieta slow carb.

    Mas tudo é também uma questão de testar por algumas semanas para sentir como seu corpo responde.

    Para um acompanhamento mais personalizado para seu caso, o ideal é sempre buscar um profissional da área, como os que você encontra aqui nesse link: http://profissionaislowcarb.blogspot.com.br/

    Esperamos ter ajudado,
    Forte abraço!

    • Ricardo Costa

      Muito obrigado! Adorei o site informativo, valeu pela ajuda.

  • Iris Fonseca

    Boa tarde, fiquei com uma duvida. No livro de receitas de vocês de café da manhã low carb, algumas receitas tem creme de leite, requeijão e queijo ralado, esses alimentos são proibidos para dieta slow carb?

    • Olá Iris,

      esses alimentos devem ser consumidos com moderação na dieta slow carb, não devendo ser a base da sua alimentação.

      O mesmo acontece com o leite de coco – sendo que o próprio Tim Ferriss utiliza alguns desses alimentos para preparar pratos alinhados com a Dieta Slow Carb no livro 4 Hour Chef ;)

      Esperamos ter ajudado, e agradecemos o seu comentário. Forte abraço!

  • Giovanni

    Boa tarde, eu estou há 15 dias na dieta do Atkins, vou sair da indução e emagreci 5 kg (93 a 88), gostaria de saber se posso alternar para essa dieta ao invés de fazer a fase 2 da dieta do Atkins?

    Estou pensando agora em introduzir aos poucos carboidratos “bons” em minha dieita (leguminosas, integrais e etc) e comer no máximo em uma das refeições por dia para ver o andamento, isso vai retardar o emagrecimento?

    Ainda não estou no ideal, mas pretendo futuramente adicionar esse “dia do lixo”, razoavelmente, em minha dieta, pois eu gosto muito de massa, pão e cerveja, até faço cerveja em casa rsrs, mas não quero perder o controle e voltar aos 93 kg…
    Na realidade pretendo chegar a uns 80kgs.

    Obrigado

    • Olá, Giovanni,

      Obrigado por seu comentário. :)

      Primeiramente, parabéns pelo seu ótimo resultado! Emagrecer 5 kg em 15 dias é um feito a ser comemorado.

      Com relação à dieta slow carb, você pode sim tentar fazê-la e começar a ingerir um pouco mais de carboidratos das leguminosas. Por outro lado, na slow carb os laticínios, por exemplo, são bem mais restritos.

      Porém tome cuidado com os “carboidratos integrais”. Não sei exatamente a quais você está se referindo, mas arroz integral, farinha de trigo integral, pão integral XX grãos, dentre outros alimentos integrais que muitas vezes acreditamos ser menos prejudiciais continuam proibidos na Slow Carb, assim como na Atkins – exceto no dia do lixo, é claro.

      Estamos na torcida para que atinja seus objetivos e continuamos a sua disposição,

      Esperamos ter respondido a sua pergunta,
      Forte abraço!

  • Olá, Vanessa,

    Limão é permitido sim. Já as batatas estão vetadas – qualquer tipo delas.

    Forte abraço

  • Está certíssimo, Giovanni,

    Estamos na torcida para que tenha sucesso e à disposição caso tenha dúvidas,

    Boa sorte e um forte abraço!

  • Oi André,

    pensamos que vale a pena experimentar e ver o resultado :)

    Depois nos conte o que funcionou melhor para você!

    Abração

  • Priscila

    Adorei o site! Gostaria de saber se alguns alimentos podem ser ingeridos seguindo a dieta SLOW CARB.

    Lá vai a lista enorme…. Desde já muito obrigada!

    abóbora, abobrinha, chuchu, milho, azeitona, palmito;
    molho de tomate pronto;
    algum embutido (presunto – peito de peru – presunto cru – salsicha vegetariana);
    mesmo que em pouca quantidade: farinha e leite de amêndoas, farinha e leite de coco

    • Olá, Priscila,

      Toda a lista que você enviou está correta e permitida. :)

      Só não temos muita certeza sobre a salsicha vegetariana. Vimos algumas receitas que levam arroz integral e, nesse caso, ela não seria permitida.

      Esperamos ter ajudado,
      Forte abraço

  • Olá, Carolina,

    Obrigado por seu comentário. :)

    Realmente é bem importante tirar suas dúvidas, ainda mais no início da dieta, até para ficar mais tranquila para segui-la.

    Sinceramente você não precisa ter medo das gorduras dos alimentos – esse é o primeiro conceito importante para esse novo estilo de vida, entender que o que sempre ouvimos sobre gorduras saturadas está errado. Sendo manteigas, creme de leite, coco, cacau em pó sem açúcar, ovos, carnes com gordura são todos permitidos.

    Por outro lado, por a dieta slow carb permitir mais carboidratos que outras vertentes low-carb, justamente por permitir as leguminosas, você não deve mesmo exagerar nos doces mais gordurosos. Por exemplo, comer 3 brigadeiros por dia não traria nenhum prejuízo a sua dieta, a pergunta é: você comer apenas 3?

    Sobre as leguminosas, estão liberadas em qualquer quantidade todos os dias. :)

    Esperamos ter ajudado,
    Forte abraço.

    • Carolina Florence Vilela

      Ajudaram muito, obrigada

  • Anna

    Boa Tarde,

    O cottage tem que ser light ou pode ser o comum?

  • Oi Jaqueline,

    na verdade algumas pessoas respondem melhor ao dia do lixo do que outras – especialmente aquelas que vivem em maior restrição de carboidratos, ou que fazem mais exercícios.

    Mas claro que existem diversos fatores, inclusive genéticos, que podem influenciar em quão bem você vai responder a essa realimentação de carboidratos.

    Desse modo, é bem válido como experimento diminuir a frequência do dia do lixo – para uma vez a cada 2 semanas, por exemplo – e aferir os resultados.

    Esperamos ter ajudado, forte abraço!

  • Thays

    Com quanto tempo depois da dieta (junto com exercícios físicos), posso incluir o dia do lixo?

  • Olá Manoela,

    não tenho muita certeza se você se refere a uma dieta Low-carb ou a uma dieta Slow-carb (com S na frente).

    (A dieta Slow-carb é uma variação da Low-Carb).

    Para entender melhor sobre as diferenças, sugerimos a leitura deste artigo: http://www.senhortanquinho.com/dieta-low-carb-variacoes-qual-melhor-opcao/

    Sobre o dia do lixo, pode sim!

    Abraços e obrigado pelos parabéns!

  • Ola Diego!

    Cenoura é permitido, pode comer normalmente. Todas outras raízes (batata doce, beterraba, batata) não fazem parte desta dieta.

    Não se apegue a pequenas variações em gramas, vários fatores influenciam no peso e as gramas podem mudar várias vezes ao longo do dia.

    Acho que você pode atingir ótimos resultados com a slow carb, basta manter o foco e dar tempo ao tempo.

    Boa sorte!

  • Ola Ana Paula! É normal que os resultados demorem um pouco, mas talvez seja o caso de restringir um pouco mais os carboidratos das leguminosas, ou então espaçar o dia do lixo para a cada 10 ou 15 dias.

    Esses pontos podem estar impedindo seu emagrecimento

  • Ola Ellen!

    Sim! Porque a slow carb é basicamente uma low carb adaptada, talvez um pouco menos rígida, e isso agrada muitas pessoas. Nós usamos queijos porque nossas receitas sao em sua maioria low carb, mas se for seguir à risca a Slow Carb, é legal que deixe os queijos para o dia do lixo apenas.

    No livro em que elabora a dieta, o Tim Ferris diz que até 2 colheres de sopa de creme de leite no café são aceitas na dieta. A quantidade de lactose nisso é praticamente zero.

    Esperamos ter ajudado :)

  • Ola Manoela, boa noite!

    Para seguir a dieta Slow Carb à risca, é recomendável que se retire os queijos. Porém, como opinião pessoal, acho válido você manter moderadamente os queijos mais amarelos em sua alimentação e retirá-los caso não esteja atingindo seus objetivos. Em muitos casos eles não precisam ser totalmente retirados.

    Os derivados do coco podem sim serem incluídos, fique tranquila. A pasta de amendoim sem açúcar também pode aparecer com moderação no dia a dia.

    A nata entra no mesmo campo dos queijos amarelos. A princípio você pode colocá-la na alimentação, e se não estiver conseguindo perder peso, ir reduzindo ou tirá-la totalmente do dia a dia.

    Esperamos ter ajudado :)

    • Manoela

      Boa tarde meninos! Ajudaram muito! Agradeço pela atenção! =)

  • Ola Silvia!

    Na verdade aonde está escrito leite é a coluna dos derivados do leite. Essa dieta aceita o whey protein e o queijo cottage por serem praticamente 0 em lactose.

    Espero ter esclarecido :)

  • Ola Nah!

    Se você comer boas quantidades dos alimentos permitidos, pode ser sim que ganhe saúde sem perder peso. No começo talvez haja alguma perda, até porque tirar da alimentação inflamatórios como glúten, açúcar e lactose podem trazer perda de peso e maior definição muscular; mas com o passar dos dias isso será estabilizado.

    Espero ter ajudado e continuo a disposição.

  • Ola Danielle! Obrigado pelo comentário.

    Realmente a slow carb é uma ótima opção para estabilizar.

    Vamos às respostas:

    1)Leite em si não é uma boa opção, muito açúcar (lactose). Porém creme de leite e queijos podem sim ser incluídos sem muitos prejuízos.

    2)Pra dieta Slow Carb seria sim, mas acho que tudo é questão de experimentar e ver os resultados no seu corpo. Se comendo meia maçã por dia, por exemplo, você consegue atingir seus resultados isso não é um problema. Mas caso não esteja atingindo, já sabe por onde começar.

    Se quiser também um pouco de hipertrofia, o melhor é depois da atividade; mas não que isso influencie muito

    Espero ter ajudado!

  • Ola Mariana!

    Depende, se você tiver numa fase mais rígida da dieta, e estiver querendo perder mais peso, ele pode atrapalhar sim.

    Já se estiver fazendo mais por manutenção, acredito que não terá tanta interferência.

  • Ola Alexandre!

    Parafraseando o artigo do Dr Souto que eu vou deixar abaixo, elevar o consumo de proteínas só será prejudicial caso a pessoa já tenha tido algum outro tipo de problema renal, ocasionado por outras coisas – nesse caso o mais indicado é procurar um profissional: profissionaislowcarb.blogspot.com

    O artigo está aqui e recomendo a leitura: http://www.lowcarb-paleo.com.br/2012/05/dieta-e-perigosa-para-os-rins.html

    Espero ter ajudado!

    • Alexandre Portolan

      Sim, ajudou. Obrigado!

      Li o artigo do Dr Souto, excelentes informações.
      Mais uma vez, obrigado.

  • Anna Diegues

    Oi! O amendoim (leia-se pasta de amendoim -integral-, rs), por ser uma leguminosa, é permitido na slow?

    • Ola Anna!

      É permitido sim, se não tiver açúcar, claro kkk

      Abraços

      • Anna Diegues

        Hahaha ok! Obrigada!! :)

  • Boa tarde, José!

    Nós que agradecemos

    Na verdade a Slow Carb não é baseada totalmente na ausência de carboidratos – e eles não precisam ficar entre 20g-30g diários. Segundo o pesquisador Tim Ferris, é totalmente possível emagrecer comendo os carboidratos líquidos vindo das leguminosas.

    E nesse ponto que ela se difere totalmente da dieta cetogênica.

    Continuamos a disposição!

  • Ola Maria! Boa noite

    É isso mesmo. Segundo Tim Ferris (criador da dieta Slow Carb), os outros queijos não devem aparecer nessa alimentação.

    Mas minha dica para quem gosta de queijo é: faça testes. Eu por exemplo adotei Slow Carb sem abrir mão totalmente dos queijos. Resultado: consegui perder peso mesmo “desobedecendo” essa regra. Claro que isso não vale para todos, por isso acho válido que faça testes consigo mesma e veja se os resultados sem o queijo são melhores do que os com o queijo.

    Abraços!

  • Boa noite Marielli!

    Vamos às suas dúvidas:

    1) Da pra implementar sim uma dieta slow carb baseando-se em leguminosas, carnes e ovos, fique tranquila

    2) Teoricamente os queijos não deveriam aparecer na slow carb, com exceção do cottage. Mas mesmo assim algumas fatias por dia não irão estragar seu andamento, pode comer tranquilamente

    3) Carboidratos na dieta são permitidos DESDE QUE vindo de leguminosas (feijão, lentilha, grão de bico, etc)

    4) cebola e alho liberados

    Espero ter ajudado e continuamos a disposição

  • Boa noite Fabiana! Vamos às questões

    1. Os fungos realmente se alimentam da lactose -o kefir está liberado :)

    2. Vai sim! Vida normal nessa dieta

    3. Se mantiver o consumo de fibras bom, não. O segredo está nos vegetais; espinafre e brócolis por exemplo, são ricos em fibras; tenho certeza que se você comer boas quantidades deles, atingirá seus objetivos :)

  • Boa tarde Marielli!

    Você está seguindo bem uma dieta Low Carb, pode ficar tranquila!

    Alguns dos alimentos utilizados por você não se encaixam na slow carb, mas isso não é problema :)

    Espero ter ajudado e também que continue firme na dieta

    boa sorte!

  • Olá Thais!

    Na verdade o Tim Ferris não define isso; a gordura natural das carnes é permitida na dieta.

    Idealmente é necessário que todas refeições contenham uma proteína+leguminosa+verdura. Mas claro, sabemos que isso é um pouco inviável no longo prazo e por isso achamos que fugir um pouco dessa regra no café da manhã por exemplo, não irá trazer resultados negativos.

    Proteína de soja entra na categoria de proteína :)

    Leite de soja é muito rico em carboidratos, é melhor que evite.

    Amendoim torrado está liberado

    Abraços!

  • Ola Mariana!

    Que legal que leu o The 4-hour body! É realmente uma ótima leitura

    Em relação a mudança na dieta, achamos que vale a pena sim

    Primeiro pelo fato de ela ser muito efetiva, e se feita à risca, realmente trazer ótimos resultados

    E depois pelo fato de você estar um pouco cansada do estilo Low Carb/cetogênico mais rígido;

    Acreditamos que essa mudança pode lhe fazer muitíssimo bem tanto fisiologicamente quanto psicologicamente

    Espero que poder ter ajudado!

    Abraços

  • Oi Mariana! Que legal saber isso

    Parabens!

    Ficamos à espera de atualizações :)

  • Mariana, boa noite! É um prazer ter uma estudante da área por aqui

    Nós elaboramos o cardápio nos baseando nas informações presentes no livro do Tim Ferriss, 4 hour body (como falamos no início do artigo). Qualquer pessoa pode sim aderir à dieta, mas como deixamos claro, no caso de conhecimento de condições de saúde preexistentes é crucial consultar um profissional antes.

    Na verdade não existem estudos clínicos randomizados com essa dieta, então não é possível dizer se há algum malefício no longo prazo.

    Mas fazendo uma breve análise sobre os alimentos permitidos, retirar basicamente grãos e açúcar do dia a dia não irá trazer nada além de benefícios. Um ponto questionável é o das frutas, mas alguns fatos mostram é totalmente possível viver bem se alimentando delas 1x por semana (fazendo um “dia do lixo” saudável).

    Obs: Os esquimós, por exemplo, passam a vida praticamente sem ingerir frutas, e não possuem nenhum problema relacionado a isso.

    Obs 2. Não estamos aqui dizendo que frutas (principalmente as baixas em frutose) não tragam benefícios a saúde. Mas sim que é possível viver saudavelmente consumindo uma quantidade reduzida delas

    Esperamos ter ajudado!

  • Oi Dayse!

    É desnecessário e pode atrapalhar o emagrecimento

    Na dieta Slow Carb o carboidrato continua sendo fornecedor de parte da energia para o nosso corpo, afinal as leguminosas possuem boa quantidade de carboidratos.

    Nesse caso um excesso de gordura pode sim atrapalhar.

  • Oi Livia!

    Basicamente as diferenças são essas que você citou mesmo

    Os laticínios, segundo a teoria da dieta, também devem ser evitados. Nós pessoalmente achamos que quem não tem problemas com lactose ou caseína podem continuar comendo com alguma moderação, mas essa é uma opinião pessoal

    De toda forma, estou confiante de que você vai atingir seus objetivos, e estou à disposição para o que precisar!

  • Boa noite Vinícius!

    Primeiramente, parabéns pelos resultados! Muito legal ver que conseguiu perder 5kg por semana, é realmente extraordinário

    Em relação a alimentação, aparentemente está muito boa sim (claro que o ideal é passar em um profissional profissionaislowcarb.blogspot.com) . Uma dica é que tente incluir alguns ovos, são ricos em micronutrientes importantes ao corpo

    De toda forma, estou confiante de que você vai atingir seus objetivos, e estou à disposição para o que precisar!

    • Vinicius Campoi

      Não como ovos de jeito nenhum.

      Obrigado pelo apoio!!

  • Na verdade é questão de se adaptar e entender os alimentos que podem e que não podem entrar na dieta…

    Da pra beber vinho socialmente e nao deixar de ser low carb

    Mas de todo modo um dia do lixo esporádico não é uma ideia ruim

    Abraços!

  • Boa noite Vinícius!

    Legal tê-lo de novo por aqui

    Nesse breve vídeo falamos exatamente sobre isso que você está passando: https://www.youtube.com/watch?v=QjVwVFPVNN0

    Recomendo que assista

    abraços e continuamos a disposição

    • Vinicius Campoi

      Obrigado !!

  • Josiane

    Olá, comecei uma dieta a 4 dias. Cortando toda e qualquer tipo de massas e açúcar, tentei consumir ovos durante o café mas tá sendo difícil. O q posso fazer p n ficar em jejum, sendo q ovo de manhã cedo n vai!?

    • Oi Josiane!

      Legal que tenha conseguido entrar na dieta, parabéns!

      Você pode tentar implementar um jejum intermitente

      Ou tentar alguma das receitas que ensinamos em senhortanquinho.com/receitas

      Esperamos que goste :D

    • Vinicius Campoi

      Josiane, eu tb tenho esse problema, pq odeio ovo, então de manhã ou faço jejun quando me alimentei bem na noite anterior, ou como rolinho de muçarela ou queijo prato com salame, presunto ou peito de peru, como um ou dois rolinhos, mas é bem chato comer isso todo dia, por isso faço jejun umas 2 ou 3 vezes na semana.

  • Josiane Meiry Ditôre

    Olá, eu entendi errado? Pensei que tinha que comer a mesma coisa, mas no cardápio as refeições são variadas.

    • Oi Josiane!

      Na verdade a ideia do cardápio é deixar a dieta sustentável. Mas você pode notar que todas refeições propostas de encaixam no perfil da dieta

      Continuamos a disposição!

  • Boa noite Alessandra! obrigado pelo seu comentário

    Vamos as nossas 5 dicas favoritas para combater a constipação:

    Dica #1 – Beber mais água:

    Que beber água faz bem, todo mundo sabe.
    O que muita gente não sabe é que a água é importante inclusive para a boa saúde do seu intestino e das suas fezes.
    A água hidrata seu côco e faz com que elas saiam com mais facilidade.

    Dica #2 – Comer mais fibras:

    Além da água, as fibras também são super essenciais para suas fezes, como você também já deve saber.
    Portanto, coma mais vegetais ricos em fibra.
    Ótimas opções que não vão prejudicar sua dieta low-carb são couve flor, espinafre, brócolis, abobrinha, berinjela.
    Outras folhas e legumes também podem te ajudar.

    Dica #3 – Não temer a gordura:

    A gordura natural dos alimentos e aquelas permitidas na low-carb, como manteiga e azeite, não devem ser temidas.
    Tanto porque são nutrientes que vão te dar saciedade e energia, quanto por ajudarem no bom funcionamento de seu intestino.

    Dica #4 – Fazer exercícios:

    Atividade física é bastante importante para fortalecer a musculatura abdominal e ativar o peristaltismo (movimento dos intestinos).
    Repare se seu intestino não funciona melhor após a prática de algum exercício físico.

    Dica #5 – Ficar de cócoras:

    A posição de cócoras melhora a mecânica intestinal e ainda ajuda a evitar doenças do cólon.
    Pessoas que sofrem com constipação (na verdade, todas as pessoas) deveriam praticar a postura tanto no dia a dia quanto no momento da evacuação.

    Qualquer dúvida continuamos a disposição!

  • Livia

    Legal, Vinicius! Eu ainda estou desleixada e nada de voltar pra dieta kkk

  • Washi Santana

    Olá tudo bem? Será que um dedinho de café no leite faz mal?

    • Oi Washi!

      O recomendado para a dieta seria evitar

      Tente creme de leite fresco no lugar, é uma opção saborosa e bem parecida

      Abraços

  • Washi, boa noite!

    Na época que fazia Slow Carb seguia estritamente as recomendações do Tim Ferris. Um dia repleto de “lixo” da hora que acordava a hora que ia dormir

    Atualmente não faço mais Slow Carb (cortei o feijão), e também nao pego mais tão pesado no dia do lixo. É mais um dia livre mesmo

    Começo com jejum, almoço o que tenho vontade, e faço a mesma coisa na janta. Tudo regado à algumas cervejas rs mas sem muitos exageros

    Isso vai do modo como cada um se sente melhor…

    Abraços!

  • Oi Cristiane!

    Segundo a teoria proposta pelo Tim Ferris, sim.

    Mas na nossa opinião é possível cada um ponderar se pode ou não incluir queijos em sua dieta. Se o emagrecimento estiver ocorrendo normalmente e não houver nenhum tipo de intolerância a caseína, não há motivos para se evitar uma quantidade moderada dos queijos mais gordurosos como prato e parmesão

    Espero ter ajudado!

  • Oi Sueyla!

    Não há. Segundo Tim Ferris, apenas se manter na alimentação e comer até a satisfação durante os 6 dias da semana, assim como proposto, é suficiente para perda de peso

    Como uma pessoa que já passou pela slow carb, eu diria que ele tem razão rs

    Espero ter ajudado!

  • Oi Bárbara! Boa noite

    O cacau em pó, pode sim!

    O creme de leite vai contra a recomendação de não consumir derivados do leite. Mas pessoalmente achamos que com moderação ele não deve atrapalhar

    Espero ter ajudado!

  • Oi Kaliane! Boa noite

    Na verdade não, mantendo uma alimentação baseada em legumes, carnes e leguminosas, a tendência é que você perca peso, e não ganhe

    Espero ter ajudado e continuo a disposição para o que precisar

  • Oi Sueyla, boa noite! Obrigado pela participação

    Vamos as questões:

    1. Segundo Tim Ferris é sim necessário comer a proteína pela manhã. Mas isso é mais uma maneira de prevenir que se fure a dieta por fome do que realmente uma necessidade. Se não tem vontade e consegue manter a dieta, não há necessidade

    2. Pode sim consumir linhaça e chia!

    3. Não existe um limite de carboidratos por dia. O importante é se manter nas fontes permitidas

    4. Na verdade é praticamente impossível entrar em cetose na slow carb; mas a quantidade de macronutrientes ideal seria mesmo a proposta pela dieta cetogênica

    5. Segundo Tim Ferris, sim! Podemos comer de tudo no dia do lixo rsrs

    Espero ter ajudado e continuo a disposição

  • Oi Sueyla, boa tarde!

    A slow carb pode ser uma boa opção para você assim como foi para mim! Boa sorte!

    Estamos a disposição para o que precisar!

  • Taner, boa noite! Ficamos felizes em saber que gosta e confia no nosso blog. É legal para nós ter esse feedback

    Ficamos felizes também em ver que o interesse foi tanto a ponto de você ler todos os comentários por aqui, parabéns!

    1-a pasta de amendoim realmente é permitida! Mas é bom tomar cuidado pelo fato de ela ser extremamente calórica – e apesar de não nos importarmos muito com isso em dietas low carb, é impossível emagrecer ingerindo 3500kcal/dia e queimando apenas 1500kcal

    2- são permitidas sim, e ajudam muito no processo de adesão à dieta, e por isso recomendamos! Claro, deve haver um certo bom senso (afinal, o Tim Ferriss não elaborou a dieta pensando em bolos low carb a base de xilitol), mas é algo possível de se encaixar

    3-ambos são permitidos! A gente explica melhor o motivo disso nesse nosso artigo completo sobre o kefir: senhortanquinho.com/kefir

    Esperamos ter ajudado e continuamos a disposição para o que precisar

    Boa sorte na dieta!

  • Boa noite João Marcos
    Na verdade a Dieta Slow Carb foi pensada para ser uma dieta de fácil adesão e que trás resultados no longo prazo para a maioria das pessoas
    Ela não foi elaborada para ser a dieta que trás o maior resultado possível no menor período de tempo
    Esse é um dos motivos pelos quais algumas pessoas não se adaptam muito bem a ela. Ainda mais em casos como o seu, onde a combinação de boas quantidades de proteínas+gorduras matam o apetite e já são suficientes
    Para muitas pessoas pode ser difícil abrir mão totalmente dos doces e do arroz com feijão, por isso a opção de adicionar leguminosas e ter um dia na semana livre para comer qualquer coisa ajuda muito
    Esse foi o meu caso, conforme contamos em senhortanquinho.com/sobre
    Por esses motivos é importante que você mesmo descubra qual estilo alimentar consegue seguir da melhor maneira. Mas isso não significa que dietas com as quais você não se adaptou ou obteve bons resultados não sejam válidas. Elas só não são válidas para você

    Abraços!

  • Olá João! Boa noite

    Com certeza a genética e os costumes influenciam muito nos resultados de cada um.

    Prova disso são pessoas que realmente conseguem perder peso e se manter em dietas Low Fat com quantidades controladas de alimentos a vida toda. Apesar de não ser a maioria, existem muitas pessoas assim

    Desejamos boa sorte e continuamos a disposição!

  • Oi Márcia, boa tarde! Legal que tenha lido o livro dele, realmente é uma ótima leitura

    Mas na nossa opinião, ele pontua a necessidade de se comer bastantes leguminosas para facilitar a adesão a dieta, uma vez que é mais fácil não fugir dela estando sempre saciado.

    É válido lembrar também que como ele mesmo fala, a dieta é foi montada para ser emagrecedora e fácil de seguir (segundo ele), mas não para ser a melhor dieta, a que trás mais resultados em menos tempo, ou até a mais saudável no longo prazo (convenhamos que 1 dia do lixo semanal não é uma das coisas mais saudáveis do mundo, certo? kk)

    Por isso achamos que esse ponto é totalmente adaptável, e é possível sim emagrecer seguindo a slow carb sem comer leguminosas pela manhã. Mas claro isso vai da preferência de cada um!

    Em relação ao suplemento, ele pode acelerar os resultados no curto prazo, mas não achamos que no longo prazo ele seja necessário

    Esperamos ter ajudado e continuamos a disposição para o que precisar.