O Que É Dieta Cetogênica, E Como Fazer Corretamente

Eu escuto falar muito da dieta cetogênica — mas o que é exatamente essa estratégia?”

A pergunta acima é uma questão que, felizmente, recebemos cada vez mais.

Dizemos felizmente porque ela simboliza o seguinte fato.

De que cada vez mais pessoas estão se libertando dos dogmas tradicionais antigos (de comer carboidratos aos montes, e a cada 3 horas).

E estão conseguindo emagrecer com um estilo alimentar que elas sentem ser mais natural a elas: que não parece uma dieta, e sim um estilo de vida.

(Segundo diversos leitores, clientes, e alunos do Guia Dieta Cetogênica, é uma “alimentação bem menos sofrida, que nem parece dieta”.)

No entanto, no meio de tantas novas dicas e informações, relatos de emagrecimento e melhora de saúde, e fotos de antes e depois da dieta cetogênica… 

Muitas pessoas ainda não entenderam exatamente o que é a cetogênica — e como fazer do jeito certo.

É isso que vamos te ensinar hoje.

Por isso, ao ler este post até o final, você estará pronto para começar uma dieta cetogênica de sucesso.

Pois saberá exatamente:

  • o que é a dieta cetogênica,
  • como fazer da maneira correta, e
  • quais são alguns exemplos de alimentos e pratos que podem te ajudar nessa jornada.

A ideia deste artigo é ser bastante prático, para que você possa começar a colher os benefícios da dieta cetogênica o mais rápido possível.

E pode ficar tranquilo(a): pois, ao final do artigo, vamos apontar alguns recursos extras que vão tirar suas dúvidas, e te ajudar nesta jornada.

Antes de mais nada, um lembrete. 

O de que este artigo foi inspirado num vídeo do nosso canal do YouTube, que está disponível abaixo (caso você prefira ver vídeos do que ler).

Além disso, saiba que você pode receber conteúdos, dicas, e mesmo receitas úteis para a dieta cetogênica gratuitamente se você:

Avisos feitos, vamos responder a questão: o que é a dieta cetogênica?

Dieta Cetogênica: O Que É

Resumidamente, a dieta cetogênica é um tipo de dieta low-carb.

Como assim?

O termo dieta low-carb vem do inglês e significa “dieta baixa em carboidratos”.

Também chamada de Dieta LCHF (Low-Carb, High-Fat), por ser mais baixa em carboidratos, e mais alta em gorduras saudáveis, do que a dieta ocidental comum.

Sendo que, nas dietas low-carb, nós reduzimos bastante o consumo de carboidratos, especialmente os refinados.

E priorizamos os alimentos naturalmente nutritivos, mais próximos de como se encontram na natureza (pouco processados).

A combinação desses fatores — poucos carboidratos, alta saciedade, muitos nutrientes — faz com que as dietas baixas em carboidratos ajudem tantas pessoas a perder peso.

E a dieta cetogênica é um tipo de low-carb que leva isso mais a fundo ainda — pois ela reduz ainda mais a ingestão de carboidratos.

Com essa redução de carboidratos, a dieta cetogênica tende a te colocar num estado chamado de cetose nutricional.

Nesse estado, seu corpo vai passar a usar a gordura como combustível.

(Parte das gorduras usadas vem da sua alimentação — a gordura natural dos alimentos. E a outra parte vem da gordura corporal, que você vai queimar ao emagrecer.)

Dessa forma, com a dieta cetogênica você estará treinando o seu corpo a queimar gordura — tanto a da comida, quanto a do seu corpo.

(Você vai poder verificar esse processo por meio de alguns sinais comuns da queima de gordura.)

E conseguirá emagrecer com este estilo alimentar.

Resumindo: A dieta cetogênica é um tipo de dieta bem baixa em carboidratos, e rica em nutrientes. 

Ela pode ser usada tanto por motivos terapêuticos quanto (cada vez mais comum) por pessoas saudáveis que desejam emagrecer.

Mas o que se come, na prática, nesta dieta?

O Que Comer Na Dieta Cetogênica: Alimentos Permitidos

De maneira resumida, na dieta cetogênica você pode comer alimentos como:

Além disso, entram na sua alimentação cetogênica, com moderação:

Além de bebidas baixas em carboidratos, como:

Com essas regras em mente, você pode tranquilamente montar o seu cardápio cetogênico para emagrecer.

Abaixo, vamos te mostrar alguns exemplos de pratos comuns que você pode consumir sem medo na sua dieta cetogênica.

Resumindo: Basta usar os alimentos permitidos (como os da lista acima) para montar diversos cardápios e pratos saborosos e saudáveis para sua dieta cetogênica.

Dieta Cetogênica: Exemplos de pratos

Vamos ver alguns exemplos de pratos que você pode usar para montar o seu menu cetogênico.

Este primeiro prato é composto por um bife de carne de porco, macarrão de abobrinha (refogado com alho e azeite), e 2 ovos fritos. Um prato bem simples e fácil de fazer.

O prato acima é de uma vez que fui comer fora (num local chamado Cervejaria Trindade), e eu simplesmente pedi os 300g de entrecôte — veio um pequeno pimentão e um tomate cereja juntos. Foi super baixo em carboidratos, e fiquei bem saciado.

O prato acima foi postado pela nossa seguidora Fabi, durante os #31diasketo (um desafio de 31 dias de dieta cetogênica). Tem picanha, abobrinha em rodelas, e azeitona.

Uma super salada low-carb que comi fora de casa — com folhas variadas, cebola crua, pepino, peito de frango, tomate e bacon.

Também na linha das saladas, nossa seguidora fez este prato super prático — com abacate, tomate cereja, queijo, iogurte, e mirtilo. Zero trabalho, muito sabor.

Ah, as receitinhas! A receita acima é de escondidinho low-carb — no caso, o recheio é de carne seca com catupiry, coberto com purê low-carb de couve-flor. Tá com uma cara ótima — e emagrecer comendo pratos assim pode ser delicioso.

Relacionado: Conheça nosso livro físico para mais receitas para dieta low-carb e cetogênica.

Uma ótima opção de café da manhã ou de lanche para sua dieta cetogênica é o nosso famoso pão de queijo low-carb. E fica tão gostoso que nem parece “comida de dieta”.

Sendo que estes pratos são apenas alguns exemplos do que é possível.

Pois, no vídeo abaixo, mostramos mais de 72 opções de pratos e refeições cetogênicas para você emagrecer com muito prazer.

Resumindo: Os pratos acima são só a pontinha do iceberg — veja mais opções de pratos no vídeo elencado, e no programa Guia Dieta Cetogênica.

Dieta Cetogênica: Dicas Essenciais

Você já entendeu o que é a cetogênica, e já sabe o que pode comer nesse estilo alimentar.

Sendo assim, é hora de vermos algumas dicas fundamentais. 

Para que você não se perca no dia a dia da dieta cetogênica.

Dica Cetogênica #1 — Comer até a saciedade

“Comer até a saciedade”: o que isso significa?

Significa que não é para você passar fome na dieta cetogênica.

Você simplesmente não deve começar sua dieta cetogênica restringindo artificialmente (isto é, voluntariamente) a sua ingestão de alimentos.

Coma até ficar saciado(a) — ou seja, até a fome passar.

E, quando a fome surgir novamente, coma novamente.

Por que ressaltamos este ponto? Porque muitas pessoas estão acostumadas a fazer dietas malucas, de contar calorias, ou pontos… 

E acreditam que a cetogênica seja mais uma dessas dietas.

No entanto, neste primeiro momento você não vai contar as calorias.

Você vai simplesmente se alimentar de alimentos mais nutritivos.

E deixar que seu corpo regule as quantidades.

Isso significa que as calorias não importam? Não exatamente.

Significa apenas que, normalmente, você não precisa contar as calorias para emagrecer na dieta cetogênica.

Contar calorias e pesar cada grama de alimento ingerido não é algo natural — e nem é uma estratégia razoável para o longo prazo para a maioria das pessoas.

O fato é que nós podemos te ajudar a transformar o seu estilo de vida — e não é sustentável viver um estilo de vida em que você fica com fome o tempo todo.

Dica Cetogênica #2 — Não temer o sal

Você pode temperar os seus alimentos à vontade — com ervas, temperos, molhos… e sim, com sal.

Muita gente tem medo de comer sal — ouvimos dizer que ele causaria hipertensão, e que seria perigoso para a saúde.

Mas isso está bem longe da verdade.

Pois é fato que comer muito sal é perigoso — mas dificilmente você vai ingerir sal em excesso apenas temperando sua comida.

O sal (e o sódio) que realmente pode fazer mal é aquele presente na comida processada (industrializada).

E não no sal que você ingere ao temperar seu prato.

Por isso, vale a pena desapegar da ideia de que o sal faz mal. Porque ter medo dele é apenas uma distração — que vai te impedir de focar sua atenção e seus esforços no que realmente importa

Se você come comida pouco processada (como veremos na dica #3), não precisa ter medo dele.

Além disso, o sal pode inclusive te ajudar a passar pelo período de adaptação chamado de “gripe keto” ou “gripe low-carb”.

Por isso, não tenha medo do sal como ingrediente. Basta temperar sua comida normalmente, e evitar os alimentos processados.

Dica Cetogênica #3 — Comer comida de verdade

A dieta cetogênica é baixa em carboidratos — e pode dar certo com várias abordagens bem diferentes.

Por exemplo, já tivemos alunos e clientes com abordagens e realidades bem distintas entre si, inclusive as seguintes.

Dieta cetogênica vegetariana: Pessoas que não comem carne, peixes, frango, porco — fazendo efetivamente uma dieta cetogênica ovolactovegetariana.

Dieta cetogênica carnívora: Pessoas que comem apenas produtos de origem animal, na chamada dieta carnívora.

Dieta cetogênica para quem ama cozinhar: Pessoas que usam e abusam das receitas, inovando na cozinha e encantando a família a cada refeição.

Dieta cetogênica para quem odeia cozinhar: Pessoas que não gostam (ou não têm tempo) de cozinhar, comendo fora todo dia, em restaurantes, ou pedindo comida.

Dieta cetogênica com suplementos alimentares: Pessoas que gostam de usar suplementos — de vitaminas, proteínas, e muito mais.

Dieta cetogênica sem nenhum suplemento alimentar: Pessoas que não querem usar suplemento na dieta cetogênica.

Dieta cetogênica para quem treina: Com mais refeições (e muito mais calorias) do que a de uma pessoa comum.

Dieta cetogênica para quem é sedentário: Apesar dos inúmeros benefícios dos exercícios, muita gente emagrece com a cetogênica sem fazê-los.

Dieta cetogênica cara, de alto custo: Baseada em alimentos como salmão, picanha, e aspargos. Muita coisa orgânica, selvagem, fair trade, e muito mais.

Dieta cetogênica barata, econômica: Baseada em carne de segunda, órgãos e vísceras, ovo… e vegetais e frutas da estação, comprados no fim da feira.

Sendo que apenas um fator une todos os casos de sucesso nas estratégias acima.

O fato de estarem fazendo uma dieta cetogênica baseada em comida de verdade.

(Mesmo no caso de quem usa suplementos, eles não são a base da alimentação.)

E o que seria essa tal comida de verdade? 

É basicamente comida pouco processada, mais próxima de como a encontramos na natureza.

Por exemplo, 

  • peito de frango ou coxa de frango… em vez de nuggets de frango;
  • morango… em vez de geléia de morango;
  • uva… em vez de suco de uvas; e mesmo
  • azeitona… em vez de azeite.

Em todos esses casos, é muito mais difícil exagerar no primeiro item (coxa de frango, morango, uvas) do que no segundo (nuggets de frango, geléia de morango, e suco de uva).

Note que não há nada de inerentemente errado com o azeite de oliva — ele pode ser usado para temperar, e mesmo para cozinhar

Estamos apenas ressaltando que é muito mais fácil exagerar no azeite do que nas azeitonas.

Por isso, vale a pena focar nos alimentos pouco processados a maior parte do tempo.

Resumindo: 3 das melhores dicas para a dieta cetogênica incluem:

  1. comer até a saciedade (sem passar fome),
  2. temperar bem os pratos (sem temer o sal), e
  3. comer comida de verdade (evitando os ultraprocessados).

Dieta Cetogênica — Como Fazer Na Prática

Até agora, você já sabe o que é a dieta cetogênica.

Já sabe o que comer na dieta cetogênica.

E também sabe quais as 3 dicas fundamentais para ter sucesso.

Com tudo isso, você tem as bases para começar a dieta cetogênica.

Mas pode ser que você ainda queira saber mais sobre essa estratégia alimentar.

Sendo assim, saiba que existem duas maneiras principais de você tirar as dúvidas restantes, e começar a ter resultados e emagrecer com a dieta cetogênica.

A primeira delas é “fuçando e clicando” aqui no site Senhor Tanquinho.

Pois temos centenas de posts, receitas, e muito, muito mais.

Basta clicar no assunto do seu interesse para ler.

E, além de todos os links que deixamos para você ao longo deste texto, temos vários posts bem importantes para quem quer começar a cetogênica, como:

Complementando o site, temos também o nosso canal do YouTube.

Ele tem vídeos que podem te ajudar bastante, como o Guia Visual que deixei listado aqui acima, ou mesmo o vídeo abaixo (que mostra 7 alimentos que não parecem, que que podem sim na cetogênica).

Isso sem falar nas entrevistas e podcasts com especialistas, como:

Ou seja: é muito conteúdo, e disponibilizamos tudo isso gratuitamente para você.

É só “fuçar e clicar” para começar a sua jornada de aprendizado.

Agora, e se você não quiser apenas “fuçar e clicar”?

Porque eu entendo que isso pode demandar dezenas (talvez centenas) de horas de estudo.

E sei que o seu tempo é precioso — e que você quer resultados agora.

Quer começar a transformar sua vida o mais rápido possível. E não tem tempo a perder.

Se você se identifica com a frase acima, foi para você que criamos a segunda maneira: o Programa Guia Dieta Cetogênica.

O Guia Dieta Cetogênica é um programa passo a passo, que nós criamos com muito carinho para você.

Esse programa é o responsável direto por centenas e centenas de casos de emagrecimento.

E ao se inscrever nesse programa você ganha acesso a um programa estruturado para emagrecer, com direito a um desafio de 30 dias para começar a emagrecer em poucos dias.

E, ao se inscrever hoje, você também recebe diversos bônus na forma de materiais como:

  • cardápios-exemplo, 
  • resumos práticos das aulas,
  • infográficos exclusivos, 
  • grupo VIP de alunos que estão fazendo o programa, 
  • tirada de dúvidas diretamente com a gente (suporte totalmente prioritário),
  • aulas VIP com especialistas (que não estão disponíveis em nenhum outro lugar — com nutri, treinador, etc,

E muito, muito mais.

E você terá acesso a tudo isso para sempre: você se inscreve hoje no programa, e ganha acesso vitalício a todo o seu conteúdo (e a qualquer nova atualização que fizermos).

>>> Clique aqui para saber mais e garantir sua vaga

Afinal — é um estilo de vida. E estaremos ao seu lado para o longo prazo.

O Que É A Dieta Cetogênica: Conclusão E Palavras Finais

Esperamos que este artigo tenha te ajudado a entender melhor o que é a dieta cetogênica, e como começar a segui-la corretamente.

Com certeza essas orientações e dicas são um ótimo primeiro passo para que você comece a emagrecer com a cetogênica.

Sendo que também te mostramos duas formas de estudar e aprender mais sobre esse estilo alimentar:

  1. fuçar e clicar aqui no site, no YouTube, e nos nossos podcasts, e/ou
  2. se inscrever para o programa completo Guia Dieta Cetogênica.

Então pense, examine suas prioridades, e descubra em qual dos dois momentos você está.

Pode ser que você esteja no momento de apenas fuçar e clicar.

E não tem problema nenhum com isso — os links que separamos ao longo deste artigo vão te colocar no rumo certo e te ajudar bastante.

Ou pode ser que você já tenha esperado demais para mudar sua alimentação — e  que gostaria de acelerar seus resultados.

Nesse caso, saiba que você será muito bem-vindo(a) a nossa comunidade do Guia Dieta Cetogênica, e  que será um prazer te acompanhar por lá.

Qualquer que seja o seu momento, saiba que você tem nas suas mãos a alternativa de seguir uma vida mais saudável — começando hoje.

O mais importante não é comprar o programa — você é livre para aceitar ou recusar esse convite.

O mais importante é você fazer hoje uma mudança em prol da sua saúde e qualidade de vida.

Estamos juntos nessa!

Forte abraço,
— Guilherme e Roney, do Senhor Tanquinho.

Receba atualizações dos comentários
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments